Diário da Região

20/07/2004 - 08h12min

A arte é pop

Festival de Teatro: praças e bairros viram palco

A arte é pop

Carlos Chimba Público se acomodou como pôde na praça Rui Barbosa para ver a peça
Público se acomodou como pôde na praça Rui Barbosa para ver a peça
Olhos atentos e caras e bocas, ora de surpresa, ora de espanto. Ruído do trânsito, risco iminente de chuva e carros de som. Com esta combinação, a Cia. Vate Katarse, de São Paulo, se apresentou ontem no Calçadão de Rio Preto, dando seqüência aos espetáculos de rua do Festival Internacional de Teatro (FIT 2004). Mais uma vez, os espetáculos de rua se firmam como boa opção para quem não tem convites para as apresentações em teatros e para aqueles que preferem apreciar o teatro ao ar livre, nas praças e bairros da cidade. Já dizia o ditado ?Se Maomé não vai até a montanha, a montanha vai até Maomé?. Está aí uma das facetas do FIT: levar a arte ao povo, com espetáculos de linguagem popular, que podem ser vistos por todas as idades, sem a restrição que o transporte e dinheiro para o ingresso podem colocar.

Ainda dá tempo de conferir a programação: de hoje até domingo acontecem mais nove apresentações de rua, na Praça Rui Barbosa, no Centro da Cidade, e em bairros como Caic, Cecap, Cidade Jardim, além do Bosque Municipal e do Recinto de Exposições. Ao todo, o espectador ainda tem 10 horas de apresentações gratuitas. A principal vantagem do espetáculo de rua é levar a arte a pessoas que usualmente não freqüentam o teatro e até aquelas que nunca participaram de um festival. ?Escolhemos peças que se unem à proposta do evento e sejam de fácil acesso à compreensão do grande público?, diz Renata Salvador, da coordenação do FIT. No domingo, por exemplo, os moradores de Talhado, distrito de Rio Preto, tiveram a oportunidade de ver, pela primeira vez, uma apresentação teatral, feita pela companhia Arte Tangível, de São Paulo. ?Precisamos oferecer às pessoas a oportunidade de apreciar a arte e levar o FIT para o bairro é uma maneira de estimular o gosto pelo teatro?, acredita Renata.

>> Confira fotos do Festival

Teatro para todos
O que se viu ontem de manhã na Praça Rui Barbosa foi uma pequena mostra do comportamento do público diante do teatro de rua. Mesmo sem iluminação especial, cenários mirabolantes ou efeitos especiais, os espetáculos atraem crianças, adolescentes, casais, idosos e, principalmente, curiosos (aqueles que param para dar uma espiadinha, mas se rendem à beleza do texto e da interpretação). ?A apresentação na rua dá oportunidade para todos conhecerem um pouco de arte e abrirem a cabeça?, opina o microempresário Antônio Manoel de Godoi, 63 anos. Ele diz que acompanha os espetáculos de rua há vários anos. ?Estava passando por aqui (Calçadão) e toda essa movimentação me chamou a atenção?, completa Godoi, morador do bairro Alto Rio Preto. Quem também se sentiu atraído pelo ?barulho? da Cia. Vate Katarse ontem foi o casal Odair José Nunes Pereira, 29, e Márcia Regina Pereira, 23. Com a pequena Maria Eduarda Araújo Pereira, eles viram pela primeira vez uma apresentação do FIT deste ano. ?Preferimos participar assim, em espaço aberto?, disseram.

O que vem por aí:


Hoje:
:: ?O Novo Circo dos Irmãos Brothers?, do grupo Irmãos Brothers (RJ), às 11 horas, na Praça Rui Barbosa

Amanhã:
:: ?Tem Francesa no Morro?, cia. As Graças (SP), às 16 horas, no Caic
:: ?O Novo Circo dos Irmãos Brothers?, do grupo Irmãos Brothers (RJ), às 16 horas, no bairro Cecap

Dia 22
:: ?Amor por Anexins?, da cia. Cirquinho do Revirado, Criciúma (SC), às 11 horas, na Praça Rui Barbosa
:: ?O Pintor?, grupo O Barracão, de Campinas, às 11 horas, no bairro Cidade Jardim

Dia 23
:: ?O Pintor?, grupo O Barracão, de Campinas, às 11 horas, na Praça Rui Barbosa

Dia 24
:: ?Bichos do Brasil?, grupo Pia Fraus Teatro (SP), às 11 horas, na Praça Rui Barbosa
:: ?Amor por Anexins?, da cia. Cirquinho do Revirado, Criciúma (SC), às 16 horas, no Bosque Municipal
:: ?Bichos do Brasil?, grupo

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso