X
X

Diário da Região

10/09/2017 - 00h00min

PEDRO MARICATO

Um rio-pretense no palco alemão

PEDRO MARICATO

Divulgaçâo Pedro Maricato ingressou na dança aos 10 anos, nas aulas da Casa de Cultura, e hoje, aos 21, vive intensamente sua arte em solo alemão
Pedro Maricato ingressou na dança aos 10 anos, nas aulas da Casa de Cultura, e hoje, aos 21, vive intensamente sua arte em solo alemão

Aos 10 anos, Pedro Maricato descobriu o balé. Na Casa de Cultura Dinorath do Valle, o rio-pretense iniciou uma trajetória cheias de percalços e também muitas alegrias. Mas agora, ele terá que enfrentar um dos maiores obstáculos. O bailarino rio-pretense de 21 anos acaba de ingressar no Ballett am Rhein, a companhia de ballet da Deutsche Oper am Rhein, em Düsseldorf, uma das mais importantes da Alemanha, e terá que dominar o idioma alemão.

Formada por 45 bailarinos de varias nacionalidades, a companhia foi eleita no ano passado pela Tanz Magazine como o melhor grupo da Alemanha, pela quarta vez consecutiva. Maricato irá trabalhar com outros seis dançarinos brasileiros, além de um pianista prata da casa. A companhia, que tem a direção de Martin Schläpfer e Remus Sucheana, acumula trabalhos em duas cidades. “Dançamos em dois teatros: em Düsseldorf e em Duisburg”, explica Maricato.

O bailarino ingressou no Ballett am Rhein após participar de uma audição no início de 2016. Na ocasião, o diretor disse que tinha gostado do trabalho do rio-pretense, no entanto, a formação de dançarinos para a temporada 2016/2017 já estava completa. Em outubro de 2016, ele recebeu um e-mail que informava que havia uma vaga disponível para a a temporada 2017/2018. Após fazer uma aula com a companhia, observado pelo diretor do grupo, o dançarino assinou o contrato com o grupo.

O rio-pretense está morando na Alemanha desde o dia 28 de agosto deste ano e teve pouco tempo para se familiarizar com o país, que conta com inúmeras atrações turísticas como museus, feiras, gastronomia, centro histórico e prédios com arquitetura arrojada. Dois dias depois de descarregar as malas, ele já iniciou as aulas. No grupo, o rio-pretense irá explorar todas as áreas de dança, que vai do clássico ao contemporâneo.

Antes de embarcar para a Alemanha, Maricato atuou por sete meses em uma companhia de balé em Toulouse, na França. Com o grupo pequeno, o dançarino fez turnês em várias cidades francesas, em Dubai, e também em países como Espanha e Romênia. Em 2014, ele embarcou para Basiléia, na Suíça, onde atuou no Ballettschulle Theater Basel, escola que promove o intercâmbio de alunos da Suíça, França, Alemanha, Itália, dos Estados Unidos, da Austrália e até do Japão, incentivando os bailarinos a desenvolverem seu potencial.

Na Sauíça, Maricato foi contemplado com uma bolsa de estudos integral. “Estudei no país por dois anos. Comecei em agosto de 2014 e me formei em julho de 2016. Foi uma ótima experiência. Tive uma ótima formação, tanto na dança quanto como pessoa. Tive muitos professores e muitas oportunidades de dançar.”

Antes de morar na Suíça, o bailarino viveu em São Paulo. Na capital, ele atuou no Pavilhão D Centro de Artes, de São Paulo, que é um espaço dedicado ao ensino criterioso, amplo e atual da dança. No local, onde também foi contemplado com uma bolsa de estudos, ele foi dirigido pelo coreógrafo Ricardo Scheir. Em Rio Preto, a primeira professora foi a dançarina Carolina Campos. Por aqui, Maricato também integrou a Cia. Movimento, onde teve orientação das professoras Camila Bortoleto e Viviane Hernandes.

Maricato, que completa 22 anos em novembro, conta que seus planos para este restante de 2017 é estudar e aproveitar todas as oportunidades no universo na dança. “Faz apenas uma semana que comecei a trabalhar aqui e por enquanto posso dizer que nunca estive mais satisfeito com a minha carreira que acabou de começar. Creio que ainda tenho muito a aprender. E se um dia eu perceber que não tem mais desafio, que estou me acomodando, então posso ir para uma outra companhia para aprender mais.”

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso