Diário da Região

25/11/2011 - 01h50min

Ancine

Cinemas da região recebem R$ 62 mil para melhoria das salas

Ancine

Guilherme Baffi Eldorado, em Rio Preto (foto), é um dos cinemas da rede MMC premiados pelo PAR: sala receberá R$ 26 mil
Eldorado, em Rio Preto (foto), é um dos cinemas da rede MMC premiados pelo PAR: sala receberá R$ 26 mil

A partir do próximo ano, quatro salas de cinema da região de Rio Preto poderão ganhar melhorias. Os espaços com chance de ser beneficiados são o Cine Eldorado, em Rio Preto; Cine Capitólio, em Olímpia; e as salas República e Bandeirantes, de Catanduva. Isso porque a empresa M.M. Chainça, a rede MMC, que administra os locais (e outros cinemas no Estado e no Mato Grosso do Sul), foi beneficiada por edital da Agência Nacional de Cinema (Ancine).


O grupo foi contemplado pelo Prêmio Adicional de Renda (PAR) 2011, cujo objetivo é estimular o diálogo da cinematografia nacional com o público. Dentre os critérios utilizados para escolhar quais empresas inscritas serão contempladas, o PAR leva em conta o número de dias de exibição de obras cinematográficas de longa-metragem brasileiras e número de títulos apresentados.


A verba ofertada pelo PAR para o Cine Eldorado é de R$ 26.524. Para o Cine Capitólio, o valor é de R$ 10.772,02. Já para Catanduva, o total é de R$ 25.338,54. No caso das empresas exibidoras, o PAR determina que a verba seja empregada na melhoria das salas de cinema na forma, por exemplo, de automação de bilheterias, melhoria dos espaços existentes, abertura de novas salas ou aquisição de equipamentos digitais.


O diretor de marketing da rede MMC, Christian Gilberto Trombetta, explica que a empresa ainda estuda a forma como irá aplicar o dinheiro e quais são as principais necessidades de cada espaço. Para Trombetta, as salas da rede são uma alternativa aos grandes espaços de exibição. “Tentamos agradar a vários públicos e propomos filmes que, muitas vezes, não passam em salas de shoppings.” De acordo com Trombetta, esse é o primeiro PAR da rede MMC e também a primeira vez que o grupo se inscreveu no edital.


Trâmite


Segundo a assessoria de imprensa da Ancine, após a celebração do termo de apoio financeiro com as empresas exibidoras e a publicação no Diário Oficial da União, a verba do PAR é repassada para uma conta corrente bloqueada. Depois disso, a empresa contemplada deve encaminhar à Ancine uma proposta de destinação de recursos, que será submetida à aprovação. Se for aceita, aí os recursos são liberados. Na lista de exibidoras de filmes contempladas pelo PAR 2011 estão 47 complexos de uma sala e outros 39 de duas salas.


Clique e confira os trailers e toda a programação de cinema em Rio Preto e região


Quer ler o jornal na íntegra? Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso