X
X

Diário da Região

10/09/2017 - 00h00min

RETRATOS DA HISTÓRIA

Anônimos povoam exposição do fotógrafo Vitão Natureza

RETRATOS DA HISTÓRIA

Victor Natureza/Divulgação Maria Edes de Jesus Nascimento, baiana casada com rio-pretense que é craque do acarajé e da tapioca, é uma das personagens da exposição. Ela foi trabalhar aos 40 anos por causa do filho que queria fazer faculdade
Maria Edes de Jesus Nascimento, baiana casada com rio-pretense que é craque do acarajé e da tapioca, é uma das personagens da exposição. Ela foi trabalhar aos 40 anos por causa do filho que queria fazer faculdade

A história tende a destacar pessoas de poder, mas normalmente se esquece de que sem a base formada por todos aqueles que ficam anônimos nada seria possível. Um político não chegaria ao poder sem aqueles que votaram nele. Um empresário não teria o sucesso profissional sem aqueles que trabalham para ele.

Esse é o conceito que movimenta a exposição Poéticas da Cidade: Capítulo 1 – Pessoas, Retratos da História, do fotógrafo Victor Augusto Ferreira da Silva, ou como é conhecido em Rio Preto, Vitão Natureza. O projeto, contemplado com o Prêmio Nelson Seixas 2017 na modalidade Fotografia (categoria Artes Visuais), será lançado nesta segunda-feira, 11, com a primeira parada da exposição no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) do Parque Nova Esperança, onde fica até o dia 20 deste mês.

Na conclusão da série Poéticas da Cidade, na qual Vitão está trabalhando há três anos, os anônimos são a história. Antes disso, o fotógrafo lançou o Capítulo Três – Concreto e Ferro e o Capítulo 2 – Natureza Urbana. A ideia era, com os mais variados pontos de vista e elementos, contar a história da cidade usando a fotografia.

“Especificamente o Capítulo Um, quis valorizar as pessoas que muitas vezes não são mostradas na história. Nos livros de história que estudamos na escola ou na faculdade, estão presidentes, grandes empresários, grandes figuras que seriam os principais personagens da história. Só que essas figuras precisaram daqueles que permanecem anônimos para chegar lá. Ou seja, as pessoas são muito importantes, independente do que fazem. Suas histórias são importantes e estão dentro da cidade”, conta.

O projeto veio da união de suas paixões. Vitão é formado em ciências sociais e trabalhou por nove anos dando aulas de sociologia e história. Quando se viu sem aulas, resolveu investir em seu hobby, a fotografia, como uma alternativa para continuar trabalhando e se sustentar. “Mas ficava inquieto para não deixar para trás tudo que estudei, para não esquecer as ciências sociais. Com esses projetos, encontrei uma forma, dentro da fotografia autoral e documental, de contar a história da cidade e resgatar a conversa das ciências sociais comigo mesmo”, explica.

Além desse desejo de unir os dois mundos, a série Poéticas também veio de encontro com a paixão de Vitão pela fotografia de rua, que mostra o universo urbano, a cidade e como ela se movimenta. “Mesmo que a fotografia seja estática, a gente conta uma história. Seja fotografando um mesmo lugar em épocas diferentes para mostrar as mudanças ou o contexto que cerca uma pessoa.”

 

Vitão Natureza - 10092017 Vitão Natureza venceu o Prêmio Nelson Seixas 2017

Personagens

A primeira etapa da exposição contará com 20 fotos e suas histórias. São pessoas que Vitão abordou na rua, entre conhecidos e desconhecidos. A única regra era encontrar boas histórias, independente de onde elas viessem. Histórias nunca vistas ou pouco difundidas e um pouco de gente que todo mundo vê pelas ruas de Rio Preto, mas não conhece o passado.

A intenção é reunir 160 pessoas até o a última parada da exposição, que será em dezembro, no Calçadão e no Mercadão. “Cada lugar que a exposição passar contará com 20 novos personagens. Só em dezembro, quando for para o Calçadão e o Mercadão, que não teremos lançamento de novos personagens. Nesses locais, será uma compilação do trabalho com as melhores histórias”, revela.

Até o momento, Vitão afirma ter mais ou menos 50 personagens já registrados e ele quer aproveitar o aspecto itinerante do projeto para conhecer novas histórias. “Não fui atrás de todos antes porque, com a exposição circulando pela cidade, terei a oportunidade de ir a bairros que não vou normalmente, então aproveitarei para caçar personagens por todos esses lugares.”

Mas não pense que esse é um trabalho fácil. A abordagem se mostrou um processo bem complicado por uma série de razões. “Muitos se incomodam com a imagem. Como pego esses personagens de surpresa, eles dizem que gostariam de estar mais bem vestidos, preparados, maquiados. Outros já não querem ser reconhecidos pelas mais variadas razões. Há, ainda, aqueles que se assustam com o fato de ter que contar sua história.”

Só que aqueles que topam compensam todo o trabalho, conta Vitão. “Dentro da pesquisa, encontrei muitas histórias fortes, de superação. Então, ia com cuidado para não coagir a pessoa a falar algo que não queria e também para protegê-la. É um trabalho difícil, elas não estão acostumadas com essa situação.”

Serviço

  • Poéticas da Cidade: Capítulo 1 - Pessoas, Retratos da História, de Vitão Natureza. De 11 a 20 de setembro, no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) do Parque Nova Esperança. Rua Robson Augusto Lopes de Diaveiro (projetada 17)

Programação completa

  • Céu das Artes/ Zona Norte, 11 a 20 de Setembro
  • Núcleo da Vila Azul/Zona Sul, 25 de Setembro a 4 de Outubro
  • Parque Ecológico/Zona Sul, 9 a 18 de Outubro
  • Núcleo Alvorada/Zona Norte, 23 de Outubro a 1 de Novembro
  • Solo Sagrado Pinheirinho/Zona Norte, 6 a 15 de Novembro
  • Eldorado Praça professora Izabel Nespolo Ubeda/Zona Norte, 20 a 29 de Novembro
  • São Deocleciano Praça Antônio Gorla/Zona Leste, 4 a 13 de Dezembro
  • Praça Dom José Marcondes/Centro, dias 16 e 22 de Dezembro
  • Praça Rui Barbosa/Centro, dia 30 de Dezembro

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso