Diário da Região

11/02/2005 - 09h13min

No palco

Agende-se para atrações do Teatro Municipal

No palco

Divulgação Natália Timberg, Carla Marins e Rita Elmor vêm a Rio Preto em abril
Natália Timberg, Carla Marins e Rita Elmor vêm a Rio Preto em abril
Na entressafra do Janeiro Brasileiro da Comédia no início do ano e o Festival Internacional de Teatro que só acontece em julho, a pauta do Teatro Municipal volta em boa parte a abrigar, pelos próximos quatro meses, espetáculos trazidos por produtores locais, em que prevalecem no elenco atores consagrados ou já bastante conhecidos do público. Como fevereiro é o mês das férias e da manutenção do Municipal, é apenas em março que a agitação recomeça. A primeira peça de destaque no mês que vem é ?Uma Comédia para Dois?, da dupla de humoristas goiana Nilton Pinto e Tom Carvalho, que se apresenta nos dias 5 e 6. Também em março, está agendada para os dias 19 e 20 a reestréia de ?Veneza?, dirigida por Miguel Falabella. O espetáculo também fará uma excursão pela região, nos dias 16 em Fernandópolis, 17 em Araçatuba e 18 em Catanduva.

A peça havia entrado em cartaz há dois anos e reunia em seu elenco nomes como Arlete Salles, Laura Cardoso, Juliana Baroni e Tuca Andrada. Como parte dos atores migrou para os folhetins da Globo, a montagem foi interrompida - para reestrear agora, com nova produção e novo elenco (Adriana Lessa, André Gonçalves, Milla Christie entre outros). No começo de abril, precisamente nos dias 2 e 3, está marcada a vinda de ?Melaine Klein?, peça com Natália Timberg, Carla Marins e Rita Elmor no elenco. Escrito por Nicholas Wright em 1988, o espetáculo apresenta o confronto de três psicanalistas: Melaine Klein (Natália), sua filha Melitta Schimideberg (Carla) e sua discípula e admiradora Paula Heimann (Rita). A direção é de Eduardo Tolentino de Araújo.

Para o público que acompanha os espetáculos de temática espiritualista que todos os anos vêm a Rio Preto, a opção, ainda para abril, é ?Francisco, o Cavaleiro de Assis?, da Cia. do Caminho, do Rio, que já trouxe à cidade peças como ?O Cândido Chico Xavier?. ?Francisco? será apresentado no ?Humberto Sinibaldi Neto? nos dias 16 e 17. Nos dias 7 e 8 de maio, o público rio-pretense poderá conferir a peça que consumiu dois anos do veterano Pedro Paulo Rangel em busca de patrocínio. ?Sopa de Letras?, protagonizado pelo ator, propõe uma vasta leitura sobre a música brasileira, do início do século 20 aos dias atuais, que resultou num recital de poemas composto somente por letras de canções. Outro grande destaque na programação do Municipal neste primeiro semestre é ?Primeira Pessoa?, com Eva Wilma. A peça deve vir a Rio Preto nos dias 4 e 5 de junho. No espetáculo, escrito por Edla van Steen com direção de William Pereira, Eva revive no palco as personagens mais marcantes de seus 50 anos de carreira.

Também em junho, mês em que já se começa a respirar os ares ansiosos do FIT com a realização do Aldeia FIT, há o retorno de um grupo de sucesso garantido na cidade: a Cia. Os Melhores do Mundo. Depois de ?Sexo, a Comédia?, ?Misticismo? e ?Tormentas da Paixão?, sempre com sessões lotadas e algumas delas com direito a sessões extras, o grupo mostra em junho uma de suas montagens mais recentes, ?Notícias Populares?, sátira ao jornal de mesmo nome e de escopo sensacionalista que existiu em São Paulo. Saber se há atores reconhecíveis pelo público é um dos critérios básicos adotados por alguns produtores antes de contratar uma peça para este período de entressafra. ?Se não estiver na mídia, não lota?, confirma o produtor Sidnei Santana. ?Infelizmente, as pessoas ainda vão ao teatro para ver o ator e nem sempre o ator famoso é referência de um bom espetáculo?.

Ele lembra do episódio da peça ?A Leve?, que trazia grandes nomes em seu bojo, como Letícia Spiller, Floriano Peixoto e Virgínia Cavendish. Foram realizadas três sessões e antes do início da primeira já não havia mais ingresso à venda. Mas depois de uma hora de sessão, metade do teatro havia ido embora. Outra peça, ?Três Versões da Vida?, com Denise Fraga, também recebeu crítica pesada do público. A produtora Kátia Gracely diz que um dos critérios que adota para trazer um espetáculo a Rio Preto é tentar entender o gosto de seu público. ?Sempre trabalhamos em função do público, com grandes nomes sim,

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso