Diário da Região

20/01/2010 - 02h38min

Saúde

Rio Preto reforça força-tarefa contra dengue

Saúde

Sérgio Menezes O prefeito Valdomiro Lopes durante coletiva sobre a dengue
O prefeito Valdomiro Lopes durante coletiva sobre a dengue

Para tentar evitar uma provável epidemia de dengue nos próximos meses, a Prefeitura de Rio Preto deverá colocar mais 648 agentes nas ruas da cidade. O anúncio foi feito pelo prefeito Valdomiro Lopes ontem à tarde, depois da confirmação de 452 casos da doença nos primeiros 15 dias de 2010. Atualmente, a prefeitura dispõe de 393 agentes.


Do total de novos funcionários, 48 começam a trabalhar no sábado. Eles farão mutirões de limpeza em terrenos dos bairros Solo Sagrado e Eldorado, onde foi registrada a maior parte dos casos recentes.


Outro grupo, com 300 pessoas, deverá reforçar as ações de combate à dengue até o final do mês. A contratação desses agentes será realizada por meio do programa Frentes de Trabalho, desenvolvido pela Secretaria de Trabalho e Emprego. Antes de começar as visitas domiciliares para eliminar os criadouros, os novos funcionários serão treinados pela Vigilância Epidemiológica.


Também por meio das frentes de trabalho poderá ser convocada outra equipe de 300 pessoas. “Vou enviar para a Câmara, por prevenção, um projeto de lei para a ampliação do programa. Assim, se for preciso, aumentaremos ainda mais o número de agentes para evitar uma epidemia”, afirmou Valdomiro. Também ontem, o prefeito se reuniu com secretários muicipais e representantes da sociedade para discutir outras medidas de combate à dengue.


Chuvas


O aumento das chuvas e a falta de responsabilidade dos moradores foram apontados pelo prefeito Valdomiro como principais motivos para o surto de dengue registrado em 2010. “Nunca choveu tanto em janeiro como está chovendo agora. E isso favorece a proliferação do mosquito. E não há combate à dengue se não tiver participação da população. Se não acontecer um envolvimento forte por parte dos moradores, iremos caminhar para uma situação crítica.”


Além de Rio Preto, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, também correm risco de sofrer uma epidemia de dengue no primeiro semestre de 2010 outros oito municípios da região: Bady Bassitt, Catanduva, Fernandópolis, Indiaporã, Mirassol, Ouroeste, Tanabi e Votuporanga.


Diagnóstico rápido


Para diminuir o tempo de diagnóstico da dengue, o instituto Adolfo Lutz ficará aberto aos sábados e domingos até que os números da doença parem de crescer. Medida semelhante foi tomada no ano passado, durante o surto da gripe suína (H1N1).


Outra medida que irá ajudar nos trabalhos preventivos é a realização do teste rápido, conhecido como NS1, em todas as unidades de saúde da cidade. De acordo com o coordenador da Vigilância Epidemiológica de Rio Preto, Luciano Lourenção, o novo exame permite diagnóstico a partir dos primeiros sintomas da doença, enquanto o teste convencional só pode ser realiazado a partir do sexto dia de sintomas. “Com um diagnóstico mais ágil, podemos tratar melhor o paciente contaminado e fazer ações de bloqueio, como a nebulização, para evitar que outros moradores daquela área sejam picados pelo mosquito”, diz o coordenador.

   

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso