X
X

Diário da Região

13/12/2017 - 10h31min

Confusão e morte

Rapaz leva tiro, morre e hospital é acusado de omissão de socorro

Confusão e morte

Reprodução/Google Maps Boate Espaço All, na avenida Tancredo Neves, em Rio Preto
Boate Espaço All, na avenida Tancredo Neves, em Rio Preto

Atualizada às 20:20h

Um homem de 23 anos morreu após ser baleado em Rio Preto, em frente à boate Espaço All, que promovia baile funk. O crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira. Segundo ocorrência policial, Sérgio Júnior de Souza foi atingido com dois tiros, um no braço direito e outro na nuca, e foi deixado por amigos na calçada do Hospital Austa. Para a polícia, funcionários do hospital disseram que ele foi deixado por pessoas que estavam em um Gol prata, que logo em seguida fugiu do local. O número da placa foi repassado para a PM. 

Em depoimento na Central de Flagrantes, a mãe do rapaz disse que ele estava jurado de morte. O irmão dele, Edvandro Luis Peres, 27 anos, afirma que Sérgio havia se envolvido em brigas “por causa de mulher” e por isso estaria sendo ameaçado. A delegada que estava de plantão no momento da ocorrência, Junia Cristina Macedo, registrou um boletim de ocorrência acusando o Hospital Austa de omissão de socorro. Quando a vítima foi deixada no local, os funcionários do hospital teriam acionado o Samu e a Polícia Militar para atender o rapaz, segundo versão da delegada. 

 

Arte - Tiro na boate - 21112015 Clique na imagem para ampliar

A enfermeira-chefe do Hospital teria dito à polícia que não fez o atendimento ao rapaz por medo. A polícia não encontrou no Hospital Austa documentação que registre o atendimento e os procedimentos adotados por médicos e enfermeiros. Sérgio continuou na calçada, no mesmo local que foi deixado. Edvandro, irmão da vítima, diz que Sérgio foi levado até o Hospital Austa no carro de um casal de amigos. O rapaz não teria ficado no pronto-socorro, porque não tem carteira de habilitação para dirigir e ficou com medo de ser preso.

“Quando esse rapaz me avisou que meu irmão estava internado, corri para o Austa. Ao checar no hospital, os funcionários me informaram que meu irmão estava na calçada. Fiquei revoltado e perguntei por que não atenderam meu irmão”
Edvandro afirma que a família quer processar o hospital por omissão de socorro. Por meio de nota, o Hospital Austa informou que nenhum funcionário telefonou para o Samu e que a equipe da emergência socorreu o homem na calçada, constatou a morte e telefonou para a Polícia Militar. Ainda segundo o hospital, a vítima não foi levada para a emergência porque a polícia chegou ao local logo após ser constatada a morte pela equipe médica. A Prefeitura não informou quem teria ligado para chamar o Samu. A polícia ainda não identificou o autor dos tiros.

Três levam tiros no

Outras três pessoas, dois homens e uma mulher, foram baleadas na noite de quinta-feira, dia 19, no Jardim Antunes, em Rio Preto. Eles foram socorridos na UPA Norte e encaminhados para o Hospital de Base e a Santa Casa. Segundo informações do boletim de ocorrência policial, as três vítimas estavam na esquina entre as ruas Elias Ismael e Adelina Alário Buzini.

A moça, que é namorada de um dos rapazes, disse que eles foram surpreendidos com a chegada repentina de um Gol, de cor prata. O motorista desceu do carro, começou a discutir com o grupo, atirou e fugiu do local. Os três baleados foram socorridos por uma pessoa que passava de carro pelo local. Os rapazes tiveram de ser transferidos para o Hospital de Base e a moça foi encaminhada para a Santa Casa. Ela foi liberada depois dos primeiros atendimentos. Os policiais militares estiveram no local e conseguiram encontrar uma bala deflagrada. 

Morre eletricista atingido 

O eletricista Claudemir Ferreira de Oliveira, de 35 anos, morreu nesta depois de sofrer um acidente no condomínio Quinta do Golfe, na quinta-feira, dia 19. Claudemir foi atingido por um poste de concreto caiu sobre ele. Um colega de trabalho, Almir Bispo, 38 anos, testemunhou o acidente. “Foi tudo muito rápido. Nem deu tempo de avisá-lo.”

Em nota, o Quinta do Golfe disse que lamenta a ocorrência e esclarece que o acidente aconteceu no canteiro de obras da empresa Incomel Eletricidade. Já a Incomel, empresa responsável pela rede de distribuição de energia do condomínio, informa que está prestando toda a assistência necessária. 

 

 

 

>> Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso