X
X

Diário da Região

14/12/2017 - 20h05min

RESIDÊNCIA MÉDICA

Novos médicos preferem dermatologia

RESIDÊNCIA MÉDICA

Milena Grigoleti Os médicos Amadeu, Ana, Vitória, Milena e Alexandra: todos residentes de dermatologia
Os médicos Amadeu, Ana, Vitória, Milena e Alexandra: todos residentes de dermatologia

As áreas menos procuradas pelos aspirantes à residência da Fundação Faculdade Regional de Medicina de Rio Preto (Funfarme) são hepatologia, transplante de rim e psicoterapia. Hepatologia tinha duas vagas e as outras duas especialidades uma cada. Todas ficaram vazias. No processo seletivo, essas especialidades não tiveram nem inscritos.

Nesta quinta-feira, dia 2, aconteceu a cerimônia de boas-vindas aos 270 médicos e 185 aprimorandos, aperfeiçoandos e residentes multiprofissionais das áreas de enfermagem, psicologia, fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, assistência social, farmácia e nutrição. O processo seletivo de residência médica de 2017 teve 2.420 inscritos. As áreas mais disputadas pelos jovens médicos são dermatologia, com 25 candidatos por vaga, e neurocirurgia, com 24,5 médicos para cada posto.

Para o nefrologista Mário Abbud Filho, professor da Famerp que atua no setor de transplante renal do Hospital se Base, a baixa procura por vagas na área se deve à falta de interesse pela especialidade. “Que exige dedicação, conhecimento, interesse e persistência. Isso demanda treino e estudo que são trocados pela necessidade de ganhar dinheiro rápido sem muito desgaste”, considera.

O hepatologista Renato Silva vê com preocupação a baixa procura. Em transplante de fígado, houve um candidato interessado para duas vagas. Ele acredita que isso se deve à complexidade da especialidade e à expectativa de retorno financeiro. “O governo deveria incentivar essas áreas mais complexas. Na realidade, estamos vivendo mais e vamos precisar de intervenção mais complexa”, diz. Se continuar assim, faltarão profissionais. “Vai ter que buscar fora. Na nossa área, se faltar morre mesmo”, alerta.

Para Emerson Quintino de Lima, coordenador da Comissão de Residência Médica (Coreme), a procura por determinada especialidade tem relação com as condições de trabalho após a formação profissional. “Além disso, a vocação durante a graduação move o médico na escolha pela área de atuação.” Os profissionais atuarão no Hospital de Base, Hospital da Criança e Maternidade, Ambulatório, Instituto do Câncer, Instituto Lucy Montoro e Centro Integrado de Pesquisa.

Maioria é de fora

Dos 270 médicos residentes que chegaram nesta quinta-feira, 90% são de fora de Rio Preto. Caso de Danilo Osmar Rosales Borges, de 29 anos, natural de Santa Cruz de la Sierra. Ele fez faculdade na Bolívia e depois de fazer o exame Revalidachegou a Catanduva para a residência em clínica médica. Agora está em Rio Preto para se especializar em nefrologia.

Kezia Luchtenberg, 29 anos, é de Ji-Paraná, em Rondônia. Formada em Londrina, veio para Rio Preto se especializar em anestesiologia. Já Rogerio Hercules, 30 anos, veio de Uberaba para fazer residência em cirurgia do trauma. Milena Marchini, 28 anos, é residente de dermatologia. Ela pretende voltar para Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. “Vir, aprender e voltar para produzir lá o que a gente aprender aqui.”

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso