Diário da Região

24/08/2011 - 00h47min

Pânico em centro social

Ladrão armado invade unidade da Cáritas e aterroriza funcionárias

Pânico em centro social

Arquivo Segundo o delegado Luís Alberto Bovolon, titular do 3º Distrito Policial, a maneira de agir indica que o ladrão é “experiente”
Segundo o delegado Luís Alberto Bovolon, titular do 3º Distrito Policial, a maneira de agir indica que o ladrão é “experiente”

Um ladrão armado com uma pistola automática invadiu a sede do Centro de Reeducação e Atendimento da Família (CRAF) da Vila Anchieta, em Rio Preto, e provocou dez minutos de terror a quatro funcionárias da unidade, no início da tarde de ontem. O criminoso roubou dinheiro, celulares, um notebook e até as alianças das mulheres. O prejuízo total é de R$ 4 mil.


O bandido, com idade aparente de 26 anos, abriu o portão frontal e surpreendeu os funcionários na recepção. “Ele mostrou a arma e disse que era um 157 (referência ao artigo do Código Penal para roubo). Perguntou onde estava o notebook e exigiu a entrega de tudo de valor”, disse a assistente social Tatiana Clementino, mulher do promotor de Justiça Sérgio Clementino.


As vítimas são profissionais responsáveis pelo atendimento de 70 agressores de mulheres - autores de violência doméstica - e uma auxiliar-geral. De acordo com Tatiana, um dos momentos de maior aflição foi quando o assaltante levou o grupo para o pavimento superior do sobrado. A todo momento ele fazia ameaças com a arma e exigia que as vítimas entregassem tudo que tinham nas bolsas e gavetas. Depois de esvaziar as carteiras das mulheres e juntar os pertences de valor, o ladrão deixou as vítimas trancadas no cômodo e fugiu. Antes de sair, porém, avisou para não avisarem a polícia de imediato. Caso contrário, disse que voltaria.


Suspeita


Um homem que rondava a sede do CRAF há vários dias é suspeito do roubo. A presença do desconhecido despertou a atenção de vizinhos. Segundo uma das vítimas, as características dele batem com a de um homem que procurou emprego no local, ontem pela manhã. Todas estas informações foram repassadas à polícia. Segundo o delegado Luís Alberto Bovolon, titular do 3º Distrito Policial, a maneira de agir indica que o ladrão é “experiente” pela ação em horário de pouca movimentação e citar termos jurídicos na conversa com as vítimas. Para evitar novos ataques, a direção vai instalar câmeras de monitoramento, portão eletrônico e contratar um vigilante.


Indignação


O roubo contra a entidade de combate à violência deixou indignado o padre Antônio Valdecir Desidério, da paróquia da Maceno e coordenador da Cáritas Diocesana - braço da Igreja Católica responsável por ações sociais. “É um paradoxo um local que luta contra a agressividade ser alvo da violência.” A unidade é mantida através de um convênio com a Secretaria Municipal dos Direitos e Políticas Para a Mulher, Pessoa com Deficiência, Raça e Etnia e Paróquia Menino Jesus de Praga.

   

Quer ler o jornal na íntegra? Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso