Diário da Região

20/05/2005 - 02h38min

Flagrante

Ex-candidato a vereador é preso com ecstasy

Flagrante

Arquivo O ecstasy é uma droga sintética produzida em laboratórios da Europa
O ecstasy é uma droga sintética produzida em laboratórios da Europa
O publicitário de Rio Preto Marivaldo Ferreira Chaves, 25 anos, foi preso em flagrante na noite de anteontem com 4,3 mil comprimidos de ecstasy no aeroporto internacional de Cumbica, em Guarulhos. Chaves, que foi candidato a vereador pelo Partido da Frente Liberal (PFL) na última eleição municipal em Rio Preto, foi detido por policiais federais por volta das 21 horas, quando desembarcava de um vôo procedente de Amsterdã, Holanda. Chaves estava acompanhado de Maura da Silva Marques Penha, 39, moradora de Palmeira D?Oeste, região de Araçatuba. Os agentes federais desconfiaram do comportamento do casal e realizaram uma revista minuciosa.

Os comprimidos da droga estavam distribuídos em cinco pacotes escondidos na cueca e nas meias do publicitário. Além das pílulas, foram apreendidos 10 gramas de haxixe, 15 gramas de skunk (derivado de maconha mais forte) e 30,7 mil euros (cerca de R$ 97,9 mil). As demais drogas e o dinheiro estavam nas roupas íntimas da mulher. O casal foi indiciado pelo delegado federal Marcelo Ivo por tráfico internacional de drogas e encaminhado à Superintendência da Polícia Federal, na Lapa, zona oeste de São Paulo. De acordo com a PF a droga seria trazida para Rio Preto e distribuída na região. O casal deverá ficar nos próximos dias na carceragem da PF e depois será transferido para cadeias do Estado de São Paulo, ainda não definidas. Os policias apuraram também que esta foi a sexta viagem do publicitário à Holanda.

Em Rio Preto, Chaves tinha uma empresa responsável pela organização de eventos, voltados ao público jovem. O publicitário foi visto pela última vez em Rio Preto, na semana passada, pelos corredores da Câmara de Vereadores. A assessoria de imprensa do diretório do PFL em Rio Preto informou que Chaves ainda está filiado ao partido. Segundo a assessoria, a comissão de ética do partido em Rio Preto vai se reunir hoje para decidir a situação dele no PFL. Chaves conseguiu 1.199 votos na eleição do ano passado e ficou com a 47ª posição entre os 258 candidatos a vereadores vereadores em Rio Preto. Em sua declaração ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ex-candidato informou que seu gasto para a campanha ficou na ordem de R$ 40 mil.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso