X
X

Diário da Região

13/12/2017 - 11h37min

TENSÃO

‘Eu só queria atendimento médico para minha mulher’

TENSÃO

SERGIO ISSO Porta arrebentada separa sala de espera de consultórios da UPA
Porta arrebentada separa sala de espera de consultórios da UPA

O mototaxista de 54 anos preso na madrugada de terça-feira após um ataque de fúria na UPA Norte, em Rio Preto, só conseguiu ser liberado na noite de quarta-feira, quase 24 horas depois, graças a habeas corpus obtido por um advogado que se comoveu com a história.

O homem foi trancado na cadeia porque, irado diante da dificuldade em conseguir encaminhamento hospitalar para a mulher, com crise de hipertensão, ele quebrou a chutes uma pia e uma porta.

O caos no serviço da UPA Norte, que sofreu redução no número de plantonistas e corte em horas extras de funcionários nesta semana, provou ontem outro caso de descontrole emocional por parte de pacientes. Irritado com a demora para chegar até um médico, outro mototaxista chutou e danificou a porta que dá acesso ao corredor dos consultórios. Detido pela Guarda Municipal e levado à Central de Flagrantes, ele só conseguiu voltar para casa mediante pagamento de fiança no valor de R$ 1.000,00.

Ontem, a Secretaria de Saúde de Rio Preto informou que abriu procedimento a fim de investigar o atendimento prestado pela UPA Norte em ambos os casos.

‘Pior experiência’

"Em 54 anos de vida, essa foi a pior experiência que eu tive", disse M.A.F., que nunca havia sido preso na vida, sobre o dia que passou na cadeia. Diferentemente do caso de ontem, ele não teve direito a fiança por danificar um prédio público. Assim, acabou levado ao Centro de Detenção Provisória (CDP).

"Acho que não precisava disso. Eu só queria atendimento para a minha mulher. A médica precisava entender a situação e ter internado ela já na primeira vez que eu procurei a UPA", afirmou à reportagem do Diário da Região.

O mototaxista diz que explodiu em indignação porque era a terceira vez que levava a mulher à unidade. Na última tentativa de encaminhamento para o hospital, por volta da meia noite, ele pediu à médica plantonista para que a mulher fosse internada, o que demorou para ocorrer, motivando a revolta do mototaxista.

A mulher dele só foi internada duas horas depois, mas, enquanto isso, o mototaxista foi preso. Agentes da Guarda Municipal precisaram usar uma arma de choque para contê-lo. Ela permanece na Santa Casa e o estado de saúde é estável.

Sobre este caso, a Secretaria de Saúde informou, em nota, que a paciente foi prontamente atendida pela UPA, e que o atendimento respeitou o protocolo de urgência e emergência, "o que não justifica os danos praticados ao patrimônio", diz a nota. Com o habeas corpus, o mototaxista vai conseguir responder pelo crime em liberdade.

Segundo caso

No caso do segundo homem que se descontrolou na UPA Norte, o delegado de plantão, Marcelo Goulart da Silva, deu voz de prisão a ele, mas estipulou fiança de R$ 1 mil para que fosse solto. Ele pagou e responderá em liberdade por dano qualificado ao patrimônio público. A reportagem do Diário tentou falar com o homem, mas ele não foi localizado. (Colaborou Gabriel Vital)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso