Diário da Região

    • -
    • máx min
27/02/2015 - 10h46min

Rio Preto

Estudante é agredido violentamente por colega; assista vídeo

Rio Preto

Reprodução/Vídeo Whatsapp Agressor teria chegado pelas costas da vítima
Agressor teria chegado pelas costas da vítima

Um estudante de 15 anos foi violentamente agredido por um colega de classe da Escola Estadual José Felicio Miziara, em Rio Preto.


Segundo a mãe da vítima, S.A.D., 34 anos, o filho levou um soco de um colega durante o intervalo, no pátio da Escola Estadual José Felicio Miziara, na segunda-feira, 23. "Ele foi brincar com o menino, porque o colega estava com um tênis novo, mas assim que abaixou o rosto para olhar o tênis, levou um soco", conta.


Após a saída dos alunos, o mesmo agressor teria chegado pelas costas da vítima, o acertado com uma voadora e começado a pisotear sua cabeça. Essa segunda agressão teria acontecido do outro lado da rua da escola, em frente ao Senai.


Parte da ação foi filmada por estudantes e enviada a um grupo da escola no aplicativo de celular WhatsApp. Apesar de ser possível perceber que várias pessoas testemunharam a agressão, apenas outro estudante tomou a iniciativa de separar a briga. "Ele (adolescente que ajudou a vítima) ficou com tanto medo das ameaças que pediu transferência da escola no dia seguinte", conta S.A.D., em choque com o acontecido.


Segundo ela, a denúncia demorou a ser registrada porque o filho tentou esconder que tinha apanhado. "Ele disse que estava com alergia, por isso o nariz inchado. Como nós dois temos alergia e nosso nariz incha, não desconfiei. Quando descobrimos, ele disse que não queria contar por vergonha, disse que não queria que soubéssemos que ele apanhou como um cachorro caído no chão", afirma a mãe, chorando.


Ela e o marido afirmam ter procurado a direção da escola e registrado queixa, entretanto dizem que o aluno agressor sofreu punição de um dia de suspensão. Um coordenador da escola, Márcio Oliani, disse que não houve briga dentro da escola. "Até onde sabemos, a briga foi só do lado de fora", afirmou. A família, no entanto, diz ter notificado a direção sobre a primeira agressão, ainda no pátio.


O diretor da escola não foi encontrado para confirmar a suspensão do agressor ou comentar o caso. Por telefone, às 11h55, outro coordenador informou que qualquer informação sobre o caso será passada apenas pelo diretor, que só deverá retornar à escola à noite.


Veja abaixo imagens registradas com um celular


Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso