X
X

Diário da Região

15/06/2016 - 00h00min

Painel de Ideias

Resistência

Painel de Ideias

NULL NULL
NULL

Mais um domingo e eu acordei radiante. O dia estava cinza, mas o tempo prometia abrir... A brisa era leve e a vida me prometia muito, afinal de contas, eu sou jovem. Só que as notícias me atingiram como um carro em alta velocidade atravessando o sinal vermelho, me pareceu egoísta sentir a brisa de um dia nublado e estar feliz por ser jovem quando outras vidas com as mesmas possibilidades que a minha são arrancadas do mundo.

Não sei como é perder alguém que amo muito e quando vi o desespero de uma jovem moça como eu que tinha acabado de perder o companheiro que tanto amava, fui incapaz de lhe dizer qualquer palavra de consolo, não só pela falta de intimidade, mas pela incompreensão do tamanho daquela dor. Seu herói havia sido arrancado do mundo. E o que restava? Um domingo sem sentido nenhum... Para ela, para os familiares, para os amigos, para todos nós jovens, nada fazia sentido.

Quando apreenderemos a respeitar o outro? No trânsito, no caminho, na vida? Até quando não haverá o mínimo para confortar os corações daqueles que ficam, a justiça? Sair às ruas se tornou um risco.

O trânsito é caótico, as pessoas não respeitam as regras e a lei deixa a desejar na maioria dos acidentes. Vem chegando um tempo em que a nossa única alternativa é fugir. Fugir para dentro de caixas de metal, esperando correr menos riscos em meio à selva de pedra.

Quando andar de bicicleta se torna algo perigoso é porque algo está muito errado. Isso é tudo que aprendemos quando começamos a viver, isso é tudo o que não esquecemos. A bicicleta é o veículo das crianças, dos estudantes, da classe trabalhadora, daqueles que se preocupam com seu corpo, mente e com o planeta.

Fico paralisada quando penso naquele domingo, quando imagino cada instante e cada alma que envolveu aquela tragédia, quando eu penso que poderia sim ainda ver aquele moço por aí, como tantas vezes já havia visto, com a sua bike, exercendo mais do que a sua paixão pelo ciclismo... Resistindo.

As principais vias estão cheias de carros, buzinas, fumaça. É incrível que ser civilizado signifique estar motorizado, estressado, desatento, imprudente. Pouca gente se arrisca a uma caminhada, quase ninguém se atreve a se locomover por meio de um veículo sustentável e saudável. Isso fica para os corajosos.

É preciso ser destemido para dirigir na contramão do mundo, para sentir o vento no rosto, para driblar a falta de educação que toma o trânsito e a cidade. Só heróis andam de bicicleta.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso