X
X

Diário da Região

29/04/2017 - 00h00min

Painel de Ideias

Como manter a fé nos dias de hoje

Painel de Ideias

Pierre Duarte NULL
NULL

Minha mãe sempre me diz que é preciso ter fé, que a fé move montanhas, que dias melhores virão e todo esse papo que as pessoas otimistas costumam ter na ponta da língua.

Eu, honestamente, não tenho a mínima certeza de que consigo me encaixar neste tipo de pessoa.

Sou bastante observadora e, apesar de toda a minha miopia (corrigida graças a uma bem-sucedida cirurgia), sempre enxerguei satisfatoriamente as coisas que estavam ao meu redor. Por isso, vejo com muito pesar o quanto pessoas sem caráter têm sucesso, alcançam posições elevadas e mantêm relacionamentos felizes (mesmo que seja apenas nas mídias sociais). Quantos humilham, pisam e furtam – de diferentes maneiras? O que outras pessoas têm de melhor? A inocência, a boa-fé, a lealdade, o bom coração e tudo o que se pode jogar no lixo para abutres, como eles, se nutrirem e seguirem acumulando mais e mais podridão em suas vidas.

Vivemos cercados de hipocrisia, de injustiças, de pessoas com o ego infinitamente maior do que o cérebro e o egoísmo infinitamente maior do que o coração.

Lidamos com todo tipo de pessoa - é verdade - mas contamos nos dedos aquelas que realmente têm bons princípios, valores respeitáveis e qualidades admiráveis. Cabem em uma mão os que merecem consideração porque tratam a todos como iguais. Os que nos fazem acreditar que nem tudo nesse mundo virou motivo de deboche para quem está em outra esfera.

Talvez seja verdade que o inferno é aqui. Se prestarmos atenção, veremos que temos provas dessa teoria diariamente.

Assistimos à atrocidades nos noticiários da TV. Lemos relatos que nos enchem de rancor nas páginas dos jornais.

Está difícil, muito difícil manter a fé nos dias de hoje. Aliás, está quase impossível acreditar que o bem tem mais que poder que o mal e que, a tal justiça realmente tarda, mas não falha.

Tudo porque foi-se o tempo em que os sentimentos do próximo tinham valor. Em que éramos tratados como humanos e não como máquinas. Tempo em que os bons, os esforçados tinham reconhecimento e não só a sensação de quem não fizeram mais do que a obrigação.

Ser um bom filho, um bom amigo, um bom profissional está cada vez mais complicado, principalmente porque pouca gente se importa com aquilo que Jesus pregou como a grande missão dos homens aqui na Terra: ‘amai-vos uns aos outros assim como eu vos amei’.

Infelizmente estamos mais acostumados a ver outra passagem da Bíblia, a que cita os lobos em pele de cordeiro.

Não que eu seja muito religiosa, nem estou aqui pra falar disso. Mas que têm muito “bonzinho” por aí tirando vantagem de quem não merece, isso não dá pra negar...

Talvez falte amor, talvez falte respeito, talvez falte sensibilidade (daquelas que só tem quem se emociona ao ouvir Chopin e Debussy).

Talvez falte muito mais do que eu possa imaginar e, talvez, seja essa nossa missão. Superar as adversidades sem deixar morrer aquilo que está entre nossos bens mais preciosos: a vontade de viver e vencer de forma íntegra e honesta.

É uma solução? Acho que não.

Na verdade, não é nem um conforto. Mas, pelo menos, é uma tentativa.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso