X
X

Diário da Região

22/05/2016 - 16h49min

Beleza está além dos números

Pare de odiar seu corpo

Beleza está além dos números

google Não fique refém dos números, a beleza é um conjunto maior
Não fique refém dos números, a beleza é um conjunto maior

É fato que a beleza traz vantagens em nossa sociedade, operando em quase todas as situações sociais.  Reagimos de forma favorável às pessoas fisicamente atraentes, desde a aquisição de emprego até a atribuição de bondade. Mas, na verdade, estamos todos obcecados com a nossa aparência, mais do que gostaríamos de admitir.

Dificilmente nos achamos belos ou suficientemente atraentes. As estatísticas comprovam: um estudo em Harvard mostrou que dois terços das meninas adolescentes se consideravam muito gordas, mesmo com peso adequado, e que metade delas já eram infelizes com a sua aparência. Na Suécia ou Japão, a ditadura feminina para a beleza tem sido cruel em todas as partes do globo. Na idade adulta, 8 entre 10 já haviam passado por dietas e sentiam-se infelizes com o espelho. Estima-se que nossas jovens vêem mais imagens de mulheres excepcionalmente belas num dia, do que as suas mães viram durante sua adolescência inteira. Os meios de comunicação promovem ideais de beleza possíveis em menos de 5% da população feminina, apenas para computar peso e altura. Além disso, nossa cultura transformou a obesidade em um símbolo de falência, mas a oferta de gorduras e industrializados não pára de crescer. A imagem corporal que uma pessoa tem de si muitas vezes não corresponde ao que os outros enxergam nela. E uma imagem negativa pode ser causa de graves transtornos: introversão, falta de espontaneidade, bulimia e até anorexia. Com ideais irrealizáveis, as pessoas estão cada vez mais propensas a depressão, stress, culpa, vergonha, insegurança, falta de estima por si.

A confiança e auto estima ainda são afrodisíacos maiores do que a régua que nos define. O maior inimigo da atração física é não desejar se expor com liberdade. Esquecemos que critérios como charme, espontaneidade e autoconfiança são extremamente sedutores e interessantes. Que conhecimento e inteligencia são atraentes. Que felicidade e bondade mostram nossos dentes, acendem nossos neuronios e se refletem na pele e os olhos. Reforço aqui o slogan de uma campanha americana: Pare agora de odiar o seu corpo, não importa o seu peso. Você não é um número, não pode deixar sua felicidade refém dos centímetros. Busque a referência positiva em voce, não se limite ao que lhe falta. A melhor maneira de resolver a insatisfação com o espelho ainda é cuidar da parte emocional, apostando em hábitos saudáveis e buscando informação e ajuda. A mudança positiva tem como princípio algum carinho, que só pode ser despertado por um desejo de vida melhor a si mesmo.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso