X
X

Diário da Região

Blogs
Do outro lado


Novembro, janeiro, fevereiro...
quarta-feira, 23/12/15, às 18:32, por
Compartilhe

Estar vivo no mês de dezembro com seus 31 intermináveis dias, de maneira geral, tornou-se uma tarefa árdua nos últimos tempos, ou “para os fortes”, como se diz por aí. 

Trânsito caótico demais, filas longas demais, confraternizações além da conta, muito barulho, consumo levado às alturas, listas de compras gigantes. 

Em se tratando de Rio Preto, especialmente neste dezembro, a população lida com alguns fatores que não estão na relação acima, mas que também tornam a rotina mais complicada, como buracos, ou crateras, no asfalto, e inundações em importantes avenidas. 

Para marcar uma singela cerveja entre amigos, é preciso consultar a previsão do tempo. Do contrário, corre-se o risco de, na melhor das hipóteses, ficar preso dentro do carro até a água baixar e poder, finalmente, cruzar a cidade. 

Essa semana, houve um dia com previsão de chuva de granizo, vejam só... Resultado: o compromisso foi suspenso. A previsão, porém, falhou. Parece que os ventos levaram a chuva embora antes dela cair. 

Mas foi em dezembro do ano passado que um encontro com um grupo de amigas em um boteco comprovou o quanto coisas simples podem ser mais difíceis de se realizar durante este mês fatídico. 

Era a última cerveja do ano e, para marcá-la, foi preciso muito comprometimento de todas as partes. Dificuldade de adequar agendas, dificuldade de encontrar um bar em funcionamento normal, e por aí vai.

Ao final da saga, depois do bolinho de bacalhau, do pastelzinho, da asinha de frango, das lembranças, risadas e várias rodadas de chopp, firmamos um contrato: aquele encontro se repetiria em todos os meses de 2015. Dezembro também? Hum, talvez... É que dezembro dá trabalho demais. 

Agora, faço uma nova proposta às minhas amigas que estavam na mesa do bar naquele dezembro de 2014, Ayla, Liza, Luciana e Michelle. Que 2016 seja pautado pelos encontros planejados de última hora, os inesperados, os que tinham tudo para não acontecer. Por menos compromissos em 2016!

“Dezembro dá trabalho demais”. Tenho alguns amigos que compartilham desse mesmo sentimento, ou aflição, que me toma nessa época do ano. Dá trabalho até para esquecê-lo. 

E se tirássemos esse mês do calendário? De novembro, pularíamos para janeiro, e a vida seguiria seu curso. 

 

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso