X
X

Diário da Região

03/08/2016 - 00h00min

COLUNA DO DIÁRIO

Clima no grupo do prefeito é de tensão total

COLUNA DO DIÁRIO

Guilherme Baffi 28/6/2016 A adesão tardia do vereador Paulo Pauléra (PP) é motivo de desagregação no PSDB e PSB
A adesão tardia do vereador Paulo Pauléra (PP) é motivo de desagregação no PSDB e PSB

É grande a apreensão não só no PSDB como também no PSB. Os caciques dos dois partidos demonstram que só vão resolver na véspera ou então no dia mesmo da convenção, sexta-feira, 5, como serão as costuras nas chapas majoritária e proporcionais.

No primeiro caso, embora o deputado estadual Vaz de Lima, chefe tucano em Rio Preto, insista em fazer mistério, até mesmo seus correligionários afirmam que o candidato a prefeito será o também deputado estadual Orlando Bolçone (PSB) com a mulher de Vaz, Ivani Vaz de Lima, de vice. Nos bastidores, dizem que a relutância é mais da parte dela do que dele, mas que os dois não têm saída.

Nesta terça-feira, 2, a eminência parda do governo do prefeito Valdomiro Lopes, Alex Carvalho, foi mais um a dizer que a chapa é mesmo Bolçone/Ivani. E que ele, Alex, vai coordenar a campanha do deputado.

Mais complicado neste momento são os acertos na proporcional. O nome do problema é Paulo e o sobrenome, Pauléra. “São os caciques que mandam, não tem nada de errado. Não é vereador que vai decidir neste momento”, afirmou ele.

Assim como Jorge Menezes (PTB), ninguém quer dividir chapa com o vereador do PP. Só que o partido do vereador, o terceiro com mais tempo de TV, é fundamental para Bolçone. Ele será encaixado, na última hora no PSDB ou até mesmo no PSB. No caso deste último partido, será um duro revés para os pré-candidatos a vereador. Em vez de Menezes, que conseguiram barrar, terão na coligação um vereador que teve mais votos que o petebista, o próprio Pauléra, e outros dois fortes candidatos, Gerson Furquim e Walter Farath. “Sou apenas um soldado. Quando o coronel manda lá em cima, a gente fica quieto”, resigna-se José Carlos Marinho, do PSB.

 

CPI do Celular é trunfo de governo

O presidente da Câmara de Rio Preto, Fábio Marcondes (PR), afirmou que já encaminhou aos gabinetes dos vereadores pedido para que os líderes dos partidos indiquem nomes de interessados em participar da chamada CPI do Celular, proposta pelo vereador José Carlos Marinho (PSB), e que virou trunfo do governo do prefeito Valdomiro Lopes (PSB) para impedir que novas investigações sejam abertas até o final do seu mandato. Atualmente, apenas duas investigações podem tramitar na Casa ao mesmo tempo. Uma delas é a CPI do Rombo, que se arrasta à espera do início dos trabalhos. Marcondes assiste à situação de camarote. 

 

CURTAS

Em aberto - Até a meia-noite de sexta-feira, 5, prazo limite para a realização de convenções partidárias, muita água vai rolar. Em atas de convenções já realizadas, como a do PR, de Fábio Marcondes, e do SD, de Carlão dos Santos, os partidos deixam em aberto quem irá apoiar na coligação majoritária. Mudanças de última hora não estão descartadas. 

 

curtas 03082016

 

 

É golpe - Líder do PSDB na Assembleia, Carlão Pignatari (foto), deu queixa à polícia nesta terça, 2, contra estelionatário que procurou candidatos na região falando em nome dele. Segundo Carlão, o picareta diz que o deputado está disposto a doar R$ 2.500 em combustível para a campanha, mas que antes precisa de um depósito de R$ 420 para fazer o transporte do produto. 

 

 

 

À mineira - O grupo de Valdomiro Lopes (PSB), embora faça mistério sobre a candidatura de Orlando Bolçone - dada como certo por 99,8% dos aliados do prefeito - , não anda tão parado como dizem por aí. O próprio Valdomiro tem feito tratativas em São Paulo com o marqueteiro Woile Guimarães, que já atuou na campanha dele em 2012, e também a de caciques do PSDB.

Até Porsche - João Doria (PSDB) foi o primeiro a fazer o registro da candidatura a prefeito em São Paulo. O vice será Bruno Covas, também tucano. Doria declarou à Justiça Eleitoral possuir bens que somam R$ 179,6 milhões. A lista tem até um Porsche e imóvel em bairro nobre de Sampa, avaliado em R$ 12 milhões.

 

COLUNA2 03082016

 

 

Chamou a atenção de colegas na Câmara de Rio Preto o traje usado durante a sessão desta terça, 2, pelo vereador Márcio Larranhaga (PSC). Paletó, camiseta polo e tênis, um tanto informal para os padrões da Casa. “Tem coisas mais importantes do que meu tênis”, desabafou Larranhaga ao comentar o assunto. Ele promete apresentar projeto para acabar com a obrigatoriedade do uso de paletó e gravata durante as sessões.

 

 

 

 

NOTAS

Cheiro de... - Uma bomba está prestes a explodir em Rio Preto envolvendo o transporte coletivo. Diretores e advogados da Logitrans, empresa contratada pela Prefeitura para elaborar licitação do serviço, foram presos em megaoperação no Paraná. As acusações são de fraudes em concorrências do gênero em cidades do Paraná e Distrito Federal e de São Paulo.

...nitroglicerina - Farto material que envolve até troca de e-mails de servidores da Prefeitura daqui e representantes da empresa está nas mãos do Ministério Público, que vai pedir informações sobre o caso ao Gaeco do Paraná. Em tempo, a Prefeitura de Rio Preto tem contrato até hoje com a Logitrans de “consultoria” de trânsito, que já soma R$ 1,3 milhão. Segundo apuração do Gaeco, dois grupos teriam se beneficiado nos esquemas da Logitrans, um deles, a Viação Sorriso, que participou da licitação em Rio Preto e perdeu. O outro é o grupo Constantino, do qual faz parte a Expresso Itamarati, atual responsável pelo transporte junto com a Circular Santa Luzia. 

NOTAS 03082016

 

 

 

 

‘Vote em ninguém’ - O PSTU marcou convenção nesta quinta, 4. Segundo Fabiano de Jesus (foto), presidente do partido em Rio Preto, a legenda vai lançar apenas um candidato a vereador e defender voto nulo para prefeito.

 

 

 

 

 

NA REDE

narede 03082016

 

 

Virou piada - Embora seja de um partido alinhado ao prefeito Valdomiro Lopes (PSB) na Câmara de Rio Preto, Alessandra Trigo (PSDB) foi capaz de uma tirada de fazer inveja à oposição. A vereadora fez indicação a Valdomiro para que troque o nome da avenida Bady Bassitt para avenida dos Murundus, “que melhor traduz o desprezo à memória e o estado em que é mantida”. Entre as acepções possíveis para o uso da palavra estão “um monte de coisas misturadas”, “morro de terra areia” ou “erosão”. As obras intermináveis na avenida talvez seja um pouco de tudo isso.

 

 

Em família - O deputado federal Fausto Pinato (PP) também usa as redes sociais para divulgar convenção nesta quarta, 3, em Fernandópolis, seu reduto eleitoral. O partido integra uma coligação de dez partidos, que deve oficializar a candidatura de André Pessuto (DEM) para prefeito e Gustavo Pinato (PPS), irmão do deputado, de vice. 

No verão passado - Além da reportagem em Carta Capital sobre transações suspeitas na Secretaria dos Portos, ganha a rede imagens do candidato do PMDB a prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo, ao lado de Temer e Dilma, em que ele pede voto para a petista.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso