X
X

Diário da Região

19/07/2016 - 00h00min

COLUNA DO DIÁRIO

Câmara vira campo minado para Valdomiro

COLUNA DO DIÁRIO

Johnny Torres 24/1/2015 O prefeito Valdomiro Lopes ao lado do vereador Paulo Pauléra, um dos que já debandaram.
O prefeito Valdomiro Lopes ao lado do vereador Paulo Pauléra, um dos que já debandaram.

A campanha nem começou e o prefeito Valdomiro Lopes (PSB) perdeu um aliado na Câmara de Rio Preto. O vereador Maurin Ribeiro (PCdoB), que fechou aliança nesta segunda, 18, com o pré-candidato a prefeito pelo PT, João Paulo Rillo, diz que não tem mais qualquer compromisso com o prefeito no Legislativo.

Outros dois vereadores, Paulo Pauléra (PP) e Karina Caroline (PRB), também voltam diferentes do recesso parlamentar de julho. Embora digam que permanecem no bloco governista, eles vão disputar a eleição em outro grupo rival ao de Valdomiro, no caso com a turma do deputado federal Edinho Araújo, pré-candidato a prefeito pelo PMDB.

Dos 17 vereadores, quatro já eram de oposição. Com Maurin, cinco. Dependendo do calor da campanha, esse número pode chegar a sete ou oito, uma vez que o partido de Pauléra tem outro vereador (Gerson Furquim) - isso sem contar aqueles que não decidiram quem vão apoiar, como Carlão dos Santos (SD) e Jorge Menezes (PTB).

Desde já, Valdomiro está sujeito a pedidos de CPIs (nos quais são necessárias apenas seis assinaturas) e perdeu a garantia em projetos cujo quórum mínimo é de 2/3 (12 vereadores).

Em 2008, Edinho, na mesma situação de Valdomiro hoje, levou uma invertida na Câmara, que rejeitou as contas dele de 2004. Precisava 12 votos para derrubar o parecer do TCE. Teve 11.

Karina Caroline dá uma pista de como vai ser a relação a partir de agora ao dizer que o apoio vai depender mais de Valdomiro do que dela. “Até o momento não houve desgaste. Sou muito bem-atendida. Tenho compromisso com o governo até 31 de dezembro”, afirma.

Lida ao inverso, a frase significa que a situação pode mudar rapidamente se ela sentir o cheiro de retaliação a seus pedidos.

 

Edinho assedia partido de Mané

Não será surpresa se o ex-prefeito Manoel Antunes acabar no palanque do desafeto Edinho Araújo, pré-candidato a prefeito pelo PMDB. Oficialmente, o presidente nacional do PRP, Ovasco Resende, afirma que ainda não abriu mão de ter Mané como candidato na majoritária. Para o cacique da sigla, a candidatura própria garantiria ao PRP maior possibilidade de eleger um representante na Câmara. Mas outra possibilidade bem real é convencer o ex-prefeito a disputar cadeira no Legislativo e apoiar um dos candidatos a prefeito. Por isso, o PT, e também o PMDB de Edinho, negociam com a cúpula do PRP.

 

CURTAS

Quer atestado - O secretário de Agricultura, Luis Guilherme Garcia, informou ao Ministério Público que não poderia ir a depoimento marcado para esta segunda-feira, 18, por motivos de saúde. Garcia será ouvido no inquérito que apura se há irregularidades no gasto da Expo de 2015 em Rio Preto. Nova data será marcada. O promotor Sérgio Clementino aguarda a apresentação do atestado médico.

 

curtas

 

 

 

Substituição - O pastor evangélico Ademir Aparecido Massa (PHS), 47 anos, assumiu nesta segunda-feira, 18, a vaga do vereador Luiz Roberto “Maionese” Nogueira Jr, morto em acidente de trânsito na quinta, 14. Massa é casado e mecânico de refrigeração. Ele foi candidato em 2012 pela coligação PR, DEM, PV, partido pelo qual disputou a eleição, ficando na suplência. 

 

 

 

Não é lugar - O TRE-SP julgou que o PT descumpriu as regras estabelecidas para a propaganda partidária gratuita no primeiro semestre deste ano ao usar parte do tempo a que tem direito na TV para fazer “defesa política” do ex-presidente Lula. Por esse motivo, a Corte decretou a perda de 12,5 minutos do tempo a que a agremiação teria direito nos próximos semestres na TV.

Magoei - Chegou até o ouvido do presidente da Câmara, Fábio Marcondes (PR), que o braço direito de Edinho Araújo (PMDB), Zeca Moreira, o teria xingado por barrar o evento que marcaria o lançamento da pré-candidatura do peemedebista no prédio do Legislativo. Marcondes, que é o presidente do PR, não quis nem comentar o assunto. 

 

coluna2

 

 

É difícil acreditar que foi a partir desta reunião que o PSD de Rio Preto decidiu apoiar a pré-candidatura de Edinho Araújo (PMDB). A palavra final passou pelas mãos do ex-deputado federal Eleuses Paiva e do cacique da sigla, Gilberto Kassab

 

 

 

 

NOTAS

notas

Mera coincidência - Paulo Pauléra (PP) foi a São Paulo nesta segunda, 18, prestigiar a posse do secretário estadual de Meio Ambiente, Ricardo Salles (à esq. de Pauléra na foto), no Palácio dos Bandeirantes. O partido do vereador rio-pretense, que sinalizou que ia de Celso Russomano, pré-candidato do PRB a prefeito da Capital, virou na direção oposta e fechou com João Doria, pré-candidato do PSDB ao mesmo cargo. Salles é do PP e o seu novo chefe, o governador Geraldo Alckmin, é do PSDB. 

 

 

Bancando o oráculo - O deputado Vaz de Lima, que insiste não estar fechada a aliança Orlando Bolçone prefeito/Ivani Vaz de Lima vice, e que bate o pé que ele ou a mulher podem ser cabeça da chapa, compara a eleição de Rio Preto com a de São Paulo. O tucano diz ter levantamento apontando que Russomano, hoje 1º nas pesquisas, deve repetir 2012 e nem chegar ao 2º turno, que novamente seria disputado entre PT e PSDB. “Não pode ficar só nos números. É preciso saber ler as pesquisas.”

Só uma foto - Embora tenha aparecido na foto com Edinho no oba-oba de sexta-feira, 15, o vereador Carlos dos Santos (SD) diz que ainda não fechou com o peemedebista.

 

NA REDE

Quem fala demais... - O deputado federal Fausto Pinato (PP), de Fernandópolis, já está apanhando nas redes sociais pela entrevista que deu à jornalista Mariana Godoy na sexta, 15, na Rede TV!. Pinato chegou a ser alertado no ar pela própria entrevistadora que seria acusado de racismo. Ele disse que muitas vezes o eleitor é culpado pela corrupção ao pedir favor aos políticos, “principalmente no Norte e no Nordeste, onde o nível educacional é mais baixo”. 

 

na rede

 

Eleição sem trolagem - Para que ninguém se faça de desentendido, o TSE está fazendo propaganda para alertar contra o “troll eleitoral”: a contratação de pessoas para ofender a honra ou denegrir a imagem de candidato, partido ou coligação na internet. O tribunal informa que se trata de crime cuja pena é de detenção de até quatro anos e multa que pode chegar a R$ 50 mil. O rigor da lei vale tanto para o contratante como para o contratado.

 

 

 

Palavras do ministro - Pré-candidato a prefeito de Rio Preto pelo PMDB, o deputado federal Edinho Araújo recebeu um vídeo de apoio do ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Marcos Pereira (foto), presidente licenciado do PRB. “Aliado de primeira hora de Edinho”, lembra o ministro ao falar do próprio partido.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso