X
X

Diário da Região

26/07/2016 - 00h00min

COLUNA DO DIÁRIO

Base sinaliza que Carlão vai enfrentar processo

COLUNA DO DIÁRIO

Mara Sousa Jorge Menezes (PTB) e Celso Peixão (PSB) disseram que vão votar a favor do pedido
Jorge Menezes (PTB) e Celso Peixão (PSB) disseram que vão votar a favor do pedido

Depois da manobra de quinta-feira, 21, quando a Câmara de Rio Preto deixou de votar o pedido de abertura do processo de cassação do vereador Carlão dos Santos (SD), a Casa deve votar o assunto na sessão desta terça, 26.

A tendência é que o pedido seja aprovado. Três vereadores da base aliada ao prefeito Valdomiro Lopes (PSB) no Legislativo anteciparam nesta segunda-feira, 25, que são favoráveis ao pedido.

“Já falei para o Carlão que vou votar a favor do pedido para que ele apresente sua defesa à comissão e mostre a verdade”, afirmou Jorge Menezes (PTB). Paulo Pauléra (PP) lançou mão do mesmo argumento, que abrir a comissão é dar chance para o colega se defender. “Vai ser bom para ele. Terá prazo para se defender e provar que é inocente”, acrescenta Celso Peixão, vereador do partido do prefeito.

A assessoria do presidente da Câmara, Fábio Marcondes (PR), autor da manobra que tirou o projeto da pauta na quinta, afirmou que desta vez o pedido vai ser votado.

O pedido contra Carlão partiu do PSOL e PSTU após reportagem do Diário revelar, em 28 de junho, que o vereador recebera quase R$ 40 mil em contratos com a Emcop, empresa que pertence à Prefeitura. A Lei Orgânica do Município proíbe ao vereador manter contratos com o município.

O Ministério Público já abriu inquérito sobre o caso e mandou ofício para a Câmara solicitando informações sobre quais providências serão tomadas pelo Legislativo.

Nos bastidores, no entanto, a especulação é de que a decisão dos vereadores da base pode ser uma forma de pressionar Carlão a deixar Edinho e apoiar o candidato de Valdomiro a prefeito.

Outro motivo seria o desgaste político de protelar ou votar contra o pedido em período pré-eleitoral.

Geraldo Vinholi é alvo de nova ação 

O Ministério Público entrou com nova ação contra o prefeito de Catanduva, Geraldo Vinholi (PSDB) na qual o acusa de usar 
o site do município para fazer propaganda institucional em período proibido pela legislação eleitoral. “A Lei Eleitoral veda a mera publicidade institucional da Administração Pública nos três meses que antecede as eleições, justamente para evitar o uso da máquina pública em benefício de uma determinada administração ou candidatura, em detrimento das demais, ocasionando desequilíbrio na disputa eleitoral”, diz o promotor de Justiça André Luiz Nogueira da Cunha na ação. Vinholi, que é acusado de ato 
de improbidade, já retirou a propaganda do site do município.

 

CURTAS

Com data - O vereador Renato Pupo (PSD) apresentou projeto para obrigar a TV Câmara de Rio Preto a colocar a data das notícias exibidas. Pupo explica a proposta: “Pode ocorrer de a notícia ser reprisada, e o telespectador estar vendo notícias atrasadas”. De fato, a TV Câmara tem o hábito de veicular seus programas repetidas vezes.

curtas

 

 

Na Saúde - Com a formalização da aliança do PSD e o PMDB, o ex-deputado Eleuses Paiva (foto) é novamente cotado para assumir a Secretaria Municipal de Saúde em caso de vitória de Edinho Araújo. Quanto ao vice na chapa do peemedebista a aposta é que será alguém do PV. Entre as opções, estão os empresários Mauricio Bellodi e Olavo Tarraf.

 

 

 

 

Poder de polícia - Guardas municipais de Araçatuba não podem mais fazer atividades próprias de polícia. Isso significa que os agentes não podem investigar, fazer diligências para apurar crimes ou abordar e revistar pessoas. A decisão da Justiça atende a um pedido do Ministério Público. O município pode recorrer da decisão. 

Só em agosto - A convenção do PSL do sindicalista Daniel Caldeira, que deveria ter ocorrido no domingo, foi adiada para segunda-feira, 1º de agosto. Segundo ele, deve ser mantida a decisão de se coligar com o SD do vereador Carlão dos Santos e o PROS, sigla do grupo de legendas que anunciaram apoio ao PMDB na majoritária. 

 

NOTAS

Apetite de elefante - Um presidente de partido em torno da aliança que apoia a pré-candidatura de Edinho Araújo a prefeito Rio Preto pelo PMDB disse que o presidente da Câmara, Fábio Marcondes (PR), pediu seis secretarias para fechar com o grupo. Ele nega.

Já era - Falando em Edinho, ele confidenciou, entre visita a um camarote e outro no Rodeo Country Bulls, que já estaria conformado em perder Paulo Pauléra (PP) e Jorge Menezes (PTB) para o grupo do prefeito Valdomiro Lopes (PSB). “O jogo do outro lado é pesado. Já estou preparado para isso”, afirmou.

na rede

 

 

 

Com a galera - Valdomiro também levou seu pré-candidato a prefeito predileto, o deputado estadual Orlando Bolçone (foto), para dar um rolê no Country Bulls. Preferiram os camarotes numerados, onde se concentrava a moçada mais jovem.

 

 

 

 

Vaz’n’roll - O deputado Vaz de Lima (PSDB) também circulou pela cidade no fim de semana. Na sexta à noite, por exemplo, foi ao lançamento do Planeta Rock.

 

coluna 2

 

 

Vereador Carlão dos Santos discursa durante convenção do SD neste domingo, 24, na Câmara de Rio Preto. Os ex-vereadores Nilson Silva e Manoel Conceição também fazem parte da chapa, assim como Daniel Caldeira, cujo partido, o PSL, pretende se coligar com o partido de Carlão

 

 

NA REDE

Anúncio no “zapzap” - Um gaiato se oferece no WhatsApp para fazer bico na campanha: “Alugo vidro traseiro de meu carro para adesivo de candidato de qualquer partido. R$ 400 até as eleições (sem garantia). R$ 800 até as eleições (com garantia. Não será arrancado antes). Acréscimo de 50% para candidato Ficha Suja...” e assim vai a gozação.

Vende-se música - Músicos já usam o Facebook, a sério, para produzir jingle de campanha a pré-candidatos a prefeito e a vereador. Os preços variam de R$ 300 a R$ 1.500.

Erraram de Eduardo - Bombou nas redes sociais nesta segunda-feira, 25, o vídeo do ex-senador petista Eduardo Suplicy sendo carregado por policiais militares ao se opor à reintegração de posse de uma ocupação de sem-teto em terreno da Prefeitura de São Paulo. Um dos memes é que prenderam o “Eduardo” errado, em referência a Eduardo Cunha.

na rede

 

 

Ligeiro - Depois de a Coluna informar na sexta, 22, que a comandante da Polícia Militar, coronel Helena dos Santos Reis, estuda a possibilidade de apoiar um nome na eleição deste ano em Rio Preto, Edinho Araújo, pré-candidato a prefeito pelo PMDB, já foi visitá-la (foto). “Recebi sugestões que solicitei para o comando da PM local sobre segurança pública da cidade”, escreveu Edinho nas redes sociais.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso