X
X

Diário da Região

12/07/2016 - 11h23min

Cerveja sem frescura

Por que insistir em regras rigorosas para o consumo de cerveja?

Cerveja sem frescura

Arquivo pessoal Segundo a legislação municipal, food trucks só podem servir bebidas em copos de plástico. Isso é motivo para dispensar um chope gelado e bem feito?
Segundo a legislação municipal, food trucks só podem servir bebidas em copos de plástico. Isso é motivo para dispensar um chope gelado e bem feito?

Diga o nome de uma bebida que simbolize momentos de alegria. Provavelmente sua resposta foi “cerveja”. Se ela representa as festas, as reuniões com pessoas queridas e momentos felizes, então  por que tanta gente insiste em seguir sempre regras rigorosas para o consumo ou para falar dela, tornando-a uma bebida “engessada”?

 

Não podemos (e nem devemos) desconsiderar a história por trás dessa bebida, bem como dados e informações comprovados cientificamente e culturalmente e, por isso, temos alguns pontos a apresentar para que possamos refletir juntos:

 

  • Fato: o consumo da cerveja no copo certo tornará sua degustação mais prazerosa e permitirá que seja aproveitado da melhor forma o que ela tem de mais importante a lhe oferecer (aroma, sabor, refrescância, etc). Reflexão: e se não tivermos o copo certo na hora que quisermos beber a cerveja? Deixaremos de tomá-la?

  • Fato: harmonizações de cerveja e alimentos devem ser realizadas de acordo com as regras básicas de semelhança e contraste (leia nosso texto sobre harmonizações) e, caso contrário, trata-se somente de consumo da cerveja e do alimento. Reflexão: não poderemos, então, ser felizes com uma cerveja do estilo que escolhermos e uma porção de batata frita ou de amendoim caso não harmonize de acordo com as regras?

  • Fato: cervejas comerciais (aquelas famosas) também são cervejas, e representam mais de 90% do consumo brasileiro. Reflexão: podemos criticar e nos sentir superiores com relação àquelas pessoas que gostam das cervejas comerciais (e vice-versa)?

  • Fato: o milho não é vilão. Existem excelentes cervejas artesanais que utilizam milho (ou high maltose, um açúcar derivado deste cereal) em sua receita. Reflexão: deixaremos de ir a alguns lugares só porque as cervejas que serão servidas são comerciais e que usam milho na fabricação?

  • Fato: temos muitos estilos e rótulos de cerveja disponíveis no mercado e os nomes são sempre em outro idioma, por isso, é complicado termos sempre a pronúncia impecável. Reflexão: por que não podemos chamar uma cerveja do estilo IPA (lemos “ai pi ei” em inglês) de IPA (ipa mesmo)? Temos que saber todos os idiomas para pedir que o garçom nos sirva uma cerveja?

 

Devemos ter em mente que a cerveja deve nos proporcionar prazer ao degustá-la e que somos nós que ditamos as regras. É claro que existem ocasiões que exigem requinte e formalidade e que isso deve ser respeitado (nós jamais ministraríamos uma aula de serviço de cerveja ou faríamos uma degustação guiada em um copo de plástico, por exemplo), mas nunca devemos nos esquecer que somos donos do momento… e da cerveja!


Simplesmente aprecie, mas com moderação. Essa é a única regra que não podemos ignorar.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso