X

Diário da Região

19/06/2015 - 01h11min

Cartas do leitor

Transplante 1

Cartas do leitor

Respeito que ninguém é obrigado a doar nada. E o amor de pai?('Pai se recusa a doar órgão, e Callister é salvo por um estranho, 18/6). Nós todos orando muito para que a recuperação do pequeno e esperançoso Callister seja estabelecida e o pai na dúvida, seja por medo de perder o trabalho, da incompreensão dos familiares que orientaram a não praticar essa gratidão (isso é laço familiar?), medo do risco da operação ou até mesmo a falta de amor, que acredito essa seja a maior causa.  Fico aqui pensando para onde caminha a humanidade. Resta pedir para Deus: recuperação do filho e o perdão ao pai. Ao pai, muita reflexão. Quem sabe ele visitando a Amicc ou outras entidades, ou a UTI de um hospital, terá uma pequena noção do amor dos pais que ali oram e lutam pela vida dos seus filhos. Como diz o ditado: Gratidão gera gratidão, lamúria gera lamúria. Na lei da vida nunca sabemos o dia de amanhã. Mas Deus sabe, sempre!

Éd Mendonça, Rio Preto

 


Transplante 2

Bonita e emocionante a reportagem do jornalista Marco Antonio dos Santos, publicada na edição de 18 de junho do Diário, sobre o menino Callister, de 10 anos, que apesar da recusa do pai conseguiu um doador para o transplante de fígado. Um milagre! Uma bênção que nos faz, cada vez mais, confiar nos desígnios de Deus.

Waldner Lui, Rio Preto

 

Dengue

Em resposta à carta do leitor Arif Cais (17/6) de junho, a Secretaria de Saúde de Rio Preto, por meio da Gerência de Vigilância Epidemiológica, esclarece: ao contrário do afirmado pelo leitor, o município não deixou de fazer exames sorológicos para diagnóstico de dengue, embora a Secretaria de Estado libere qualquer município paulista que atinja situação de epidemia da realização desses testes.  Rio Preto, mesmo em situação epidêmica de dengue, tem realizado os testes para diagnóstico da doença pontualmente, por meio do Laboratório Municipal de Sorologia. Ao Instituto Adolfo Lutz cabe, neste momento, a confirmação laboratorial apenas de casos graves ou óbitos. Quanto às estatísticas da doença, são atualizadas quinzenalmente, por meio do Portal da Saúde, em um boletim epidemiológico que traz tanto os casos confirmados de dengue, como os em investigação que aguardam resultado laboratorial. O boletim epidemiológico pode ser consultado por qualquer munícipe, no link https://gestao.saude.riopreto.sp.gov.br/transparencia/modules/TDMDownloads/viewcat.php?cid=41. Esclarecemos ainda que o município tem trabalhado de forma ininterrupta na parte preventiva com a ação das equipes que realizam vistorias em imóveis especiais, pontos estratégicos e áreas verdes, como no bloqueio e eliminação de criadouros e nebulização em áreas com casos positivos da doença. 

Andréia Francesli Negri Reis, Gerência de Vigilância Epidemiológica, Rio Preto

 

Mirassol

Na última terça-feira, 16, oficiais de Justica, em cumprimento à determinação da Justica Federal, foram a Mirassol para iniciar a demolição de casas próximas à linha férrea. É certo que a moradia é uma garantia constitucional de todos, mas há quem discorde de minha opinião que o mais apropriado é a retirada dos moradores destes locais, visto que a vida é o bem maior protegido pela Constituição. As casas próximas à linha ferrea são consideradas impróprias, pois o local é de grande risco. Por várias vezes, principalmente após o acidente em Rio Preto, a população alega que o melhor é a retirada dos trens de dentro do perímetro urbano. Não concordo. A linha férrea por muito tempo transportou pessoas entre grandes cidades, faz parte da história do País, quando éramos os principais produtores de café, servindo de meio de escoamento até os portos e além de ser um do meios de transportes mais seguros. De acordo com a Lei 10.257 de 2001, conhecida por Estatuto da Cidade, o município deve ter um plano diretor. Se houvesse a decência dos nossos governantes em fazer o plano diretor conforme exige a lei, certamente esses moradores estariam sossegados, e não sofrendo em perder seu único bem imóvel. Portanto, não é culpa da empresa que cuida da linha férrea nem tampouco do povo todo esse transtorno e, sim, do Poder Executivo e Legislativo de cada município, no caso o de Mirassol, de não ter um planejamento visando proteger aqueles que o colocaram no poder. 

Layla Maria Nogueira Carvalho, Mirassol

 

América

O homem constrói e o próprio homem destrói, foi o que aconteceu com o nosso querido América Futebol Clube. Quantas besteiras se cometeram! Um time que tantas glórias deu a nossa amada terra. Hoje fico triste em dizer que o América infelizmente não é nada, por incompetência, falta de amor ao clube e à nação americana e porque não ao povo de Rio Preto. Conseguiram acabar com uma história bonita construída por homens de bem que nada exigiam em troca, só ver o nome de Rio Preto conhecido no País através do glorioso América e conseguiram! Sem pensar em glamour e status. Hoje, bato palmas para esses homens fracos, imbecis, medíocres que não tiveram a hombridade e a humildade para enfrentar desafios sem pensar em status e sem ser mais um cartola no futebol. É triste não encontrar respostas com o que aconteceu com o América FC, e mais triste ainda não ver brotar a alegria no rosto e o grito na garganta do torcedor americano. 

Maria de Lourdes Perini Gonçalves, Rio Preto 

 

Cartas: 

As correspondências enviadas para esta seção devem ter o nome legível do autor, RG, foto, profissão, idade e endereço e telefone para confirmação prévia. Para dar oportunidade a um maior número de leitores, as cartas poderão ser resumidas. Os originais não serão devolvidos. As cartas podem ser enviadas da seguinte forma:

1) Pelo correio, endereçadas à avenida Feliciano Salles Cunha, 1.515 - CEP 15035-000, São José do Rio Preto-SP
2) Entregues pessoalmente no endereço acima
3) Por fax - (0xx17) 2139-2090
4) Por e-mail, no seguinte endereço eletrônico: leitores@diariodaregiao.com.br

 

 

>> Leia aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso