X
X

Diário da Região

21/10/2016 - 00h00min

Cartas dos Leitor

Médicos

Cartas dos Leitor

Dia 18, foi comemorado o Dia do Médico, e quero homenageá-los. Para o paciente, o médico é um ser especial, diferente, separado, poderoso naquilo que faz, não pode sentir canseira, nem desânimo , nem sono e nem pode ficar doente, porque precisa cuidar de doentes.

É aquela pessoa que não pode errar, não pode confundir, não pode deixar dúvidas. O paciente espera tudo dele como se fosse o Salvador da Pátria.

Quem está num leito de hospital não se satisfaz só com a entrada do enfermeiro no quarto, ele quer ver o médico. Para ele, o médico está só abaixo de Deus.

Ele cura feridas, alivia o sofrimento, traz a pessoa de volta à vida cotidiana. É por isso que as pessoas dizem: “Abaixo de Deus, o Dr. Fulano me curou”.

E o que dizer do médico anestesista que tira a gente de órbita e depois nos traz de volta? Quanta inteligência saber praticar tudo isso! Igualmente o médico que conhece não só o nosso corpo, mas especialmente os problemas da cabeça deste corpo.

Que bom que os médicos existem. Seja qual for a especialidade, que eles possam estar sempre firme no desempenho de suas funções.

Que Deus esteja sempre ao lado deles amparando, guiando, orientando, dando cada vez mais sabedoria e inteligência, para que possam livrar as pessoas das dores humanas.

Neiva Toloi Mazete, Rio Preto

 

Vereadores

Sobre a reportagem "Carimbo de vereador aumenta chance de conseguir emprego" publicado no caderno Política de 19/10, é só mais uma faceta do autoritarismo do sr. Valdomiro Lopes, e que os vereadores têm que obedecer.

Se eu fosse depender de vereador para sobreviver estaria ferrada, a não ser que fosse funcionária fantasma ou então vendesse meu voto a qualquer outro vereador reeleito, que possa também ter comprado votos e o Ministério Público ainda não descobriu.

Conheço esta história de precisar procurar vereador para ter algum pedido atendido. Em 2014, os moradores do Residencial Ana Célia solicitaram a instalação de uma academia ao ar livre para o bairro.

Entrei em contato com a Secretaria de Serviços Gerais e fui informada que as academias eram fornecidas por empresas e que eu teria que fazer um abaixo-assinado e entregar a qualquer vereador, para que o prefeito autorizasse.

No dia 3/11/2014, entreguei nas mãos do sr. Paulo Pauléra um abaixo-assinado contendo 100 assinaturas e até hoje não fomos atendidos. Sr. Paulera, já que demorou quase 2 anos para nos atender, me aguarde em seu gabinete, pois vou buscar meu abaixo-assinado e apresentá-lo ao novo prefeito, porque este eu confio que vai nos atender.

Mirian L. R. Marim, Rio Preto

 

PT

Nenhum tipo de corrupção pode ser tolerado. Não interessa o partido, o político, o funcionário público, os executivos de empresas, o governo municipal, estadual ou federal: todos os corruptos merecem cadeia.

Creio que a grande maioria dos brasileiros concorda com essa afirmação, claro, exceção de uma minoria de fanáticos que ainda defende os maiores corruptos do PT, cujos líderes estão na prisão e outros já são réus.

A crise dentro do PT hoje é tão grande que suas correntes internas estão em guerra: umas querem refundar o PT, mudar o nome do partido, outras querem pular para outros partidos, o Lula não quer ser presidente do partido, enfim, o PT está perdido sem rumo. O único ponto com o qual eles concordam unanimemente é que a situação do PT é por culpa da mídia, da “zelite”, dos conservadores, etc.

Claro que a corrupção e a redução a pó nacionalmente do lulopetismo nas eleições municipais confirmam que uma arrasadora maioria dos brasileiros concluiu que o Brasil acabava com o PT ou o PT acabaria com o Brasil.

Acabaria mesmo não fosse o salvador impeachment que expulsou esses dirigentes que queriam implantar o projeto de poder a qualquer custo. Se deram muito mal. Felizmente.

José Ruiz Talhari, Rio Preto

 

Padre Donizeti

Mais uma vez, a justiça dos homens em comunhão com a sociedade e a mídia está fazendo injustiça com um ser humano.

Só para lembrar, nessa semana o STF com uma canetada colocou na rua milhares de detentos de alta periculosidade, apenas por falta de vaga na penitenciária de Tremembé.

O mesmo STF, em outra canetada, livrou um dos políticos mais famosos do Brasil, condenado por um colegiado de instância máxima como chefe do mensalão.

Sabemos que muitos indivíduos que cometeram diversos tipos de crimes saíram pela porta da frente das delegacias, pagando apenas fianças; ou quando condenados, prestam alguns dias de serviço à comunidade para amenizar seus delitos.

A própria sociedade criou as drogas, o cigarro e a bebida alcoólica. Padre Donizeti foi vítima de uma dessas invenções, se envolvendo em acidentes de trânsito, e num acidente em José Bonifácio em que a maior vítima foi ele mesmo, ferindo-se gravemente.

Quem conheceu o padre Donizeti desde criança sabe que sempre foi uma pessoa de bom coração e estendeu suas mãos para centenas de pessoas que procuravam sua ajuda.

Talvez por inspiração de São Francisco de Assis, renunciou a todos os bens herdados de sua família para se dedicar apenas em pregar o evangelho de Jesus.

Foi ordenado padre em Ibirá em 17 de outubro de 1981, e por ironia do destino no dia 17 de outubro de 2016 foi procurado até dentro da igreja e depois levado com um mandado de prisão. Passando por vários vexames durante esse processo, que não ajudaram em nada na sua recuperação e autoestima.

Sua família que sempre esteve ao seu lado nunca internou-o em clínica de idosos como foi ventilado pela mídia e sim em clínica de recuperação.

Logo a justiça divina vai tirar esse ser humano dessa situação, vamos torcer por ele.

Vanderlei Dias, Rio Preto

 

Cartas

As correspondências enviadas para esta seção devem ter o nome legível do autor, RG, foto, profissão, idade e endereço e telefone para confirmação prévia. Para dar oportunidade a um maior número de leitores, as cartas poderão ser resumidas. Os originais não serão devolvidos. As cartas podem ser enviadas da seguinte forma:

1) Pelo correio, endereçadas à avenida Feliciano Salles Cunha, 1.515 - CEP 15035-000, São José do Rio Preto-SP
2) Entregues pessoalmente no endereço acima
3) Por fax - (0xx17) 2139-2090
4) Por e-mail, no seguinte endereço eletrônico: [email protected]

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso