X
X

Diário da Região

11/09/2016 - 00h00min

Cartas do Leitor

Eleições

Cartas do Leitor

Com o enfraquecimento do PT (esquerda), está havendo avanço da extrema-direita, que tem uma agenda voltada para a área de costumes, “ódio total aos direitos humanos”. Que em “tese” pode levar a contaminação da direita liberal pela extrema-direita. A preocupação que se coloca envolve, inexoravelmente, questões dos direitos das minorias, como os homossexuais, que está se distinguindo do restante por um ódio totalitário aos direitos humanos.

Existem em nosso país preconceitos contundentes entre a direita e esquerda, o que torna o diálogo político ainda mais difícil. Veja o que ocorreu com a presidência destituída. A direita defende uma sociedade mais competitiva, com pouquíssima interferência do Estado. De outra banda, a esquerda quer programas sociais mais intensos, com maior presença do estado e a redução das desigualdades. Para a direita, especificamente a liberdade de empreender (política econômica).

Esta falta de diálogo entre os grupos extremistas da direita e esquerda que se intitulam democráticas defensoras da liberdade e dos direitos humanos. Por outro lado, a extrema-direita e extrema-esquerda, são contrárias a esses princípios.

A era Lula e Dilma e o PT foi extirpada pela maioria do povo e com isso abre-se uma enorme possibilidade de a extrema-direita eleger presidente do Brasil.

A prova disto é ascensão de Jair Bolsonaro de extrema-direita (pré-candidato à presidência) de posição nacionalista e conservadora, critica o comunismo e à esquerda. Defende a ditadura militar e considera a tortura uma prática legítima.

É o que está acontecendo nos EEUU com a provável vitória de Trump, segundo pesquisa da CCM lidera com 46,2% dos votos. Na Áustria, as pesquisas de intenção de votos prevê uma vitória do candidato que defende a anti-imigração.

Luiz Carlos Bigs Martin,

Rio Preto.

Reformas

Estamos vendo mais uma vez, que a troca de governantes não muda em nada seus velhos conceitos e atitudes. Mais uma vez, estão querendo “jogar” em cima do povo, a irresponsabilidade e incompetência em gerir o dinheiro público, bem como o ônus por suas roubalheiras largamente divulgada todos os dias em nossa mídia.

Digo isso, pois entendo que antes das reformas previdenciária e trabalhista, o governo deveria se preocupar em fazer as reformas administrativa, política e tributária. Um dos primeiros atos de um governo honesto, seria exterminar de vez o “cabide de emprego”, que onera e esvazia os cofres públicos, em favor de pessoas que nada fazem de produtivo para o nosso país.

Para se ter uma ideia, em 2014 existia no Brasil cerca de 766 mil pessoas “mamando” nos cargos em comissão, o que consumiu de nossos cofres, aproximadamente 32 bilhões de reais no ano. A título de comparação, no mesmo ano, nos EUA, com 320 milhões de habitantes, e na Alemanha com 81 milhões, os cargos em comissão eram: 7 mil e 300, respectivamente. Perceberam a diferença? Só no governo federal, sem considerar o legislativo, existiam cerca de 100 mil desses cargos.

Na Assembleia Legislativa de São Paulo, onde já existem 800 funcionários concursados, temos 2.943 “elementos” ocupando cargo em comissão, ou seja, mais de três vezes os concursados. Todos nós sabemos que a maior parte desses cargos servem apenas para abrigar a base de interesse dos partidos políticos e de seus membros. Aprofundando-se mais, veremos que a grande maioria deles simplesmente não tem função social nem política alguma, servindo apenas como moeda de troca.

Portanto senhores(as), de que adianta pintarmos a cara de ver e amarelo, sairmos às ruas para pedir troca de governo, se não fazemos nada para impedir os mesmos velhos costumes? Infelizmente não temos nenhuma liderança séria e verdadeiramente comprometida com o país, mas tão somente aqueles que usam certos movimentos e instituições, para se promoverem e posteriormente obterem vantagens pessoais, e para isso até associando-se com a escória política, sem nenhum escrúpulo ou sentimento de culpa.

Se ficarmos calados e inertes, logo veremos aqueles que lideraram os “palanques” das manifestações, aumentando as estatísticas do “emprego fácil e lucrativo”. Após as eleições, veremos os resultados. Que Deus nos proteja.

José Luis Catelam,  Rio Preto

 

Bode

Na minha juventude, há mais de 150 anos, havia na cidade aquelas figuras populares, conhecidas de todos. Entre elas um coitado, pobre, mas trabalhava. Vou chamá-lo de Zé. Era o bode expiatório. Desaparecia uma galinha, o Zé era o culpado. A torneira quebrava, era o Zé.

O guarda sabia que não era o Zé, mas para mostrar serviço o prendia. “Vamo, Zé, ocê tem razão mas vai preso assim mesmo”; 150 anos depois eu vejo a mesma coisa: acusam o Lula de tudo e não provam nada. “Ele sabia! Ele roubou! Ele tem apartamento! Ele tem chácara!”

Qualquer pessoa pode ter apartamento e chácara. Não é proibido. É, tem razão, mas vai preso assim mesmo. Eu conheço a razão, o motivo: 2018. É aí que mora o perigo para eles.

João Marani, Rio Preto.

 

Crime

Na sexta, 2, a Policia Civil prendeu algumas pessoas durante uma operação denominada “Peter Pan”, visando combater o armazenamento e a divulgação de material de pornografia infantil, entre os presos estava um professor de informática aqui da minha cidade. Fiquei perplexo, nunca imaginei que em nossa pacata e bela cidade tivesse alguém com tamanha crueldade. Para mim isso também é estupro e deveria ser responsabilizado com o maior rigor da lei.

Quando fiz minha primeira comunhão, meu primeiro contato com texto bíblico dizia: “Deixai vir a mim as criancinhas”. Por que será que o mestre Jesus disse isso, qual fundamento Ele tinha nesse momento? Eu acredito que não há lugar mais seguro para uma criança do que estar guardado e protegido por Ele, junto dele é o melhor refugio.

Ele deixou a polícia e a justiça para preservar, proteger e garantir a integridade física das crianças. Parabenizo todos os policiais envolvidos na elucidação e prisão dos criminosos. Um dia uma senhora fez uma pergunta para uma amiga: se um homem abusasse da sua filha o que você faria? Ela responde: eu mataria a pessoa; depois ela perguntou: e se seu filho abusasse de uma criança o que você faria? Gaguejos, soluços e silêncio. Afinal quando é com nossa família queremos misericórdia.

Na verdade não estou aqui para julgar ou condenar e sim para dizer que nossa sociedade e o mundo em geral esta cheio de pecados e maldades e que fazemos parte da mudança que queremos. Que a imagem bonita de uma cidade interiorana, cuja beleza reflete em seus moradores, não seja abalada por um filho que se desviou do caminho do bem.

Audinei Lopes Bonfanti, Bálsamo.

 

Cartas

As correspondências enviadas para esta seção devem ter o nome legível do autor, RG, foto, profissão, idade e endereço e telefone para confirmação prévia. Para dar oportunidade a um maior número de leitores, as cartas poderão ser resumidas. Os originais não serão devolvidos. As cartas podem ser enviadas da seguinte forma:

1) Pelo correio, endereçadas à avenida Feliciano Salles Cunha, 1.515 - CEP 15035-000, São José do Rio Preto-SP
2) Entregues pessoalmente no endereço acima
3) Por fax - (0xx17) 2139-2090
4) Por e-mail, no seguinte endereço eletrônico: leitores@diariodaregiao.com.br

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso