X
X

Diário da Região

03/08/2016 - 00h00min

CARTAS DO LEITOR

Eleições

CARTAS DO LEITOR

Após longa ausência, voltamos inspirados no pleito municipal que se avizinha, esclarecendo que não sou candidato e muito menos aspone de ninguém. O que motiva essa missiva é a atual conjuntura política eleitoral que está sendo costurada a qualquer “preço”, deixando muito claro misturas heterogêneas, com pouco trigo misturado a concentração máxima de “joio”.

Uma pena que mais uma vez a não renovação dos quadros partidários e dinheiro pra bancar campanhas milionárias deixam de fora do pleito muita gente boa e mais uma vez o embate prefeitural vai ser polarizado entre dois chapões.

De um lado, a chapa branca, que deve lançar como candidato. E de outro lado vem com força total o ex-prefeito, raposa velha na política. Façam suas apostas para o grande combate.

Carlos Marechal Carvalho, Rio Preto

Candidatos

Eu compararia as campanhas eleitorais aos eclipses, esses que de tempos em tempos ocorrem. Nalgumas vezes, o eclipse é lunar e noutra solar. O frustrante é que o eclipse dura pouco, mais ou menos assim: se o tempo estiver embaçado ou se você estiver distraído, pronto já passou.

Bem, saindo do imaginário para a realidade, entendamos que as propostas dos candidatos serão as mesmas, ou seja, eles sabem quais as carências do povo e, óbvio, esse povo quer ouvir propostas ou compromissos de que as carências serão resolvidas.

Ressaltemos: as ruas se esburacam ao longo da gestão e no quarto ano serão recapeadas. Sim, serão e mesmo que rapidamente, vez que o tempo urge, assim como a campanha para eleger o sucessor.

Filas na saúde: a solução estaria em abrir concurso com salários motivadores, em que os aprovados (médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem etc) teriam prazer em cumprir a escala por inteiro, isto é, pode ser de 6 ou 8 horas ininterruptas.

Servidores públicos: “servidores públicos voltem a ter orgulho do seu prefeito”. Como? Sugestão a todos os candidatos a prefeito: garantam aos servidores que, na hipótese de serem eleitos, no primeiro dia de governo enviarão projeto de lei ao Poder Legislativo autorizando aumento salarial de 20% (caráter de urgência).

E mais, criar lei estabelecendo que no município de Rio Preto será extinto o cargo de comissionado, bem como será reduzido o cargo de assessor. Objetivo: enxugar a máquina pública para assim ter condição de atender as prioridades.

Jorge G. Hipólito, Rio Preto

Atualidades

As Olimpíadas nos chamam para o cartão-postal do maravilhoso Rio, e defrontamos com o nosso cartão de crédito bufando de prestações. Excursões para os países europeus de nossos sonhos se tornam conflitos, quando vemos que os espaços turísticos são territórios desejados por ávidos turistas e por necessitados refugiados, e que tudo pode virar pesadelo quando um homem explode como bomba em nome de seu deus.

Nas cidades brasileiras assaltadas, desde o condomínio até as periferias, um mosquito não escolhe classes sociais, é contra todas. Mas onde a dicotomia se instala e reina absoluta é nos presídios brasileiros, em que a confusa clientela de marginais de pouca ou muita cultura, tem como denominador comum a falta de ética e cidadania, imaginem todos roubam!

Todos podem sair e circular, ameaçando os incautos que estão fora da cadeia, usam tornozeleiras eletrônicas e logo aparecerão as de grifes. A cesta básica do trabalhador, se tiver feijão, que maravilha! Os políticos que elegemos como defensores de nossos ideais, castram os nossos sonhos, tirando até porcentagens dos consignados dos aposentados . “Temer ou não temer”, eis a questão, por isso é que vamos mais uma vez para as ruas, no dia 31 de julho, gritar palavras de ordem em desordem , mas com a certeza de que estamos mais certos , do que aqueles que dizem que “não tenho nada para declarar”.

Célia Augusta Bernardo, Rio Preto

Riopretoprev

Lamentável a atitude dos vereadores da base, começando pelo presidente da Casa, Fábio Marcondes. A falta de respeito com o funcionalismo público de Rio Preto. A CEI está parada, acreditem desde 31 de abril, estamos no dia 2 de agosto, com a possibilidade de ser passada para trás. A CEI da Telefonia, autoria de José Carlos Marinho – líder do governo Valdomiro? (Não sabia que Rio Preto sofria disso).

Só quero deixar algumas perguntas? Qual é a do Fábio Marcondes? O que ele ganha atrapalhando o andamento da CEI? (Já bastam o Marinho e o Gerson Furquim).

Por que tanto medo dos vereadores da base em fiscalizar o Executivo? (quem não deve não teme, já dizia meu avô). Quem perde é o cidadão de bem que aguarda há 5 meses para ter ou saber do seu dinheiro. Desejo que nas próximas eleições não veremos esses vereadores na Casa do Povo.

Eduardo de Paula Campos Pereira, Rio Preto

Bem-estar

Estamos numa cultura marcadamente mercantilista, em que as falsas ilusões e o bem-estar físico são a preocupação principal, e a riqueza sobrenatural vai ficando em segundo plano. A vigilância estética, nos últimos tempos, tem sido “a chave do momento”, inclusive sustentando a forte indústria dos cosméticos, engrossando o faturamento e as fileiras do mercado consumidor.

Entendemos que, em uma determinada comunidade, existem níveis diferentes de vigilância, porque “a quem muito foi dado, muito será pedido”. Quem recebeu pouco, será também cobrado pouco. As capacidades são diferentes e quem possui muito deve servir mais e tem maior possibilidade para isso. É gratificante poder fazer com nossas capacidades o bem comum.

Ao falar de vigilância cristã, não podemos desconhecer a importância da fé. Vigiamos porque acreditamos na possibilidade de fraternidade fundamentada no amor de Deus e numa eternidade feliz. Aí está o sentido da construção, da vigilância, de trabalhar todo dia, com esperança, porque o mundo não é o termo do caminho do ser humano. O apego ao mundo tira a liberdade das pessoas.

Dom Paulo Mendes Peixoto, arcebispo de Uberaba, ex-bispo de Rio Preto

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso