X
X

Diário da Região

25/08/2015 - 00h12min

Cartas do leitor

Delação premiada

Cartas do leitor

'Quando os ímpios se multiplicam, multiplicam as transgressões, mas os justos verão a sua queda' (Provérbio tirado da Bíblia). Resolvi apelar para o livro sagrado para que me dê um pouco de esperança quanto ao descalabro desse governo e seus governantes, que vêm enganando o povo de todas as maneiras. Roubam, mentem e desmentem, e ainda por cima recebem como prêmio a tal vergonhosa delação. É o fim do mundo... prêmio por ter roubado e admitir o roubo consegue pena reduzida. Ao invés de delação premiada, deveriam receber a sentença de morte, pois mau exemplo que eles estão dando aos jovens e crianças é o pior de todos os maus exemplos. Vamos parar de premiar esses ladrões de casaca, cueca, meias, malas, etc. e enviá-los logo para o inferno. Acredito que se existir inferno, os que já lá estão não os aceitarão e mandarão para o espaço sideral. No inferno, a concorrência seria desleal!

Cidinha Cury, Rio Preto

 

Chega!

Que Brasil é este? Parece uma locomotiva desgovernada, e o governo não consegue frear. As diretrizes do governo são os trilhos por onde a locomotiva deve trafegar. Quais são as diretrizes deste governo? Se não fosse o juiz Sérgio Moro, a Polícia Federal e Ministério Público Federal do Paraná travarem uma luta incansável, nada do que estamos vendo ser apurado seria trazido ao conhecimento do povo brasileiro. O povo paga um preço muito alto com a falta de educação, saúde, moradia, alimentação e de uma vida digna. Enquanto trafega, o trem do governo vai deixando cair nos trilhos alguns grãos, que são as chamadas "bolsa isso, bolsa aquilo". Parecem esmolas. O Brasil merece muito mais, este país é uma grande locomotiva sim, e pode transportar a carga mais preciosa, os brasileiros de todos os cantos do território, para uma vida mais justa e mais humana.

Adão C. Morais, Rio Preto

 

Pólio

Desde 1985, o Rotary Internacional do qual fazem parte os Rotarys do mundo inclusive os de Rio Preto, lançou a Campanha Pólio Plus, com o objetivo de imunizar as crianças do mundo todo. Para o sucesso deste ambicioso projeto tornaram-se parceiros a OMS (Organização Mundial da Saúde), o Centro Norte-Americano de Controle e Prevenção de Doenças, a Unicef e por fim o grande parceiro Bill Gates, através de sua fundação. O presidente do Rotary Internacional Ravi Ravindran colocou como meta o ano de 2018 para atingir este objetivo. Apesar de as Secretarias de Saúde não terem conhecimento destes fatos, talvez por própria culpa da divulgação do Rotary, é bom que a comunidade saiba da contribuição da Fundação Rotária, que aplica parte da verba para o Projeto Pólio Plus. Somos os parceiros que as autoridades não conhecem, e como diz o slogan deste ano "Somos um presente para o mundo".

Sandra B. Mussi, Rio Preto

 

Protesto

Desde há muito não param os protestos pelo Brasil, com um único objetivo, o impeachment da presidente Dilma Rousseff e provavelmente estando neste contexto a própria equipe de seu governo. Além do que já foi apurado pela Lava Jato, surgem dúvidas de irregularidade sobre os carros luxuosos de um ex-presidente da República, agraciado com um impeachment em 1992. Não se sabe, entretanto, até aonde pode chegar esta emaranhada situação no País, comprometendo sua imagem a cada dia, tendo em vista as apurações de fatos ainda não totalmente elucidados pelos envolvidos na Lava Jato. É certo que o pivô é a Petrobras, orgulho do Brasil, porém sofreu alguns atalhos, a nosso ver para favorecimento de aliados do governo Lula, para evitar possíveis conflitos desses aliados e eventuais choques com adversários políticos. Agora, com a nova administração é possível que a imagem da estatal venha a ser conduzida de uma forma digna, para o engrandecimento do Brasil. Achamos válida a manifestação no último dia 16, desde que mudanças radicais sejam colocadas em prática o mais urgente possível.

Alessio Canonice, Ibirá

 

Impeachment

Impeachment.... solução? Doce ilusão. Em sã consciência, quem acredita que trocando o governo as coisas vão melhorar? Irá conseguir governar honestamente num sistema corrompido desde sempre? Presidente não governa só e deputados são eleitos individualmente por uma porcentagem ínfima dos eleitores, não tendo como responsabilizá-los. Na verdade, se houve erro foi com a conivência deles, mas a culpa sempre fica para o presidente. Nesse sistema, trocá-los sempre será de seis por meia duzia.  Para mudar as coisas, teremos que nos politizar mais para entender como funciona o nosso sistema. O Brasil é como se fosse uma grande empresa, que contrata funcionários, no caso políticos, para administrá-lo. Como numa empresa, não é só elegê-los e deixar por conta - é preciso dar as ordens e conferir os resultados. Para o caso temos que eleger partidos e não candidatos individualmente, e torná-los nossos gerentes.  Caso não cumpram suas filosofias e promessas de campanha, demitiremos aquele gerente (partido) nas próximas eleições.  A arma da empresa é a demissão, e a nossa é o voto. É muito mais fácil dar as ordens aos gerentes que, no nosso caso seriam os partidos, que se cumprirem bem seus papéis, mais fortes ficarão perante os eleitores e seria o fim dos partidinhos de aluguel, e aí sim, impeachment se necessário for.

Cesar Maluf, Rio Preto 

 

Cartas: 

As correspondências enviadas para esta seção devem ter o nome legível do autor, RG, foto, profissão, idade e endereço e telefone para confirmação prévia. Para dar oportunidade a um maior número de leitores, as cartas poderão ser resumidas. Os originais não serão devolvidos. As cartas podem ser enviadas da seguinte forma:

1) Pelo correio, endereçadas à avenida Feliciano Salles Cunha, 1.515 - CEP 15035-000, São José do Rio Preto-SP
2) Entregues pessoalmente no endereço acima
3) Por fax - (0xx17) 2139-2090
4) Por e-mail, no seguinte endereço eletrônico: [email protected]

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso