X
X

Diário da Região

13/08/2016 - 00h00min

Combustível

Etanol já está na casa de R$ 2,50 em Rio Preto - Diário da Região - E pensar que o litro na usina sai a R$ 1,76 o litro, em média, para o distribuidor e no posto vendem a R$ 2,50 o litro.

Um lucro de 42% na bomba no posto, por litro, fora o frete.

Outra hipótese: mesmo que o litro do etanol na usina saia a R$ 1,80, o que hoje não acontece. Se o litro na bomba está a R$ 2,50, a margem de lucro seria de 38,9% mais barato, por litro, fora o frete!

Digam-me: que outro produto dá margem de retorno tão alta, ainda mais se considerar que estamos falando de resultado por litro? Friso: a margem de resultado é por litro!

Sem dúvida, pagamos caro demais para que lucrem tanto assim.

Antonio Celso Tomaigho, Rio Preto

 

Pokémon

O fenômeno Pokémon Go - Diario da Região - Discordo em pontos. Não estamos aprendendo nome de "monstrinhos", mas sim aprendendo a sair da zona de conforto de nossas casas, sair do mundinho fechado que criamos de uma interação forçada por aplicativos de mensagens que aumentam a distância entre as pessoas e criando laços com a nossa própria cidade.

Estou jogando desde o lançamento, já percorri aproximadamente 27 km na minha cidade, as pokéstops ficam em pontos específicos (turísticos, culturais e de utilidade pública), nos levando assim a realmente descobrir o que temos ao nosso redor.

Vejo muitas pessoas interagindo nos locais públicos em função do pokémon, de modo que o jogo nos ensina a criar relações interpessoais difundindo culturas locais.

Portanto dizer que Pokémon Go não passa algum aprendizado é pensar dentro de uma zona de desconforto, pois o jogo está proporcionando benefícios inimagináveis para uma população, tirando-a de frente de seus computadores e colocando nas ruas para se divertir.

Tulio Bernardo, Rio Preto

 

Cotas

Negro vai ter que confirmar sua cor para garantir cota - Diario da Região - O governo poderia investir na melhoria da qualidade da Educação Pública, pois, isto feito, brancos e negros teriam acesso ao privilégio, independentemente da hierarquia social.

Cá entre nós, a impressão que fica é que querem privatizar totalmente a educação, bem como a saúde e segurança pública.

No Brasil, a prática difere da teoria, ou seja, nossos governantes enquanto candidatos demonstram expertise sobre qualquer área, mas depois de eleitos na prática parece que apreciam as dificuldades. E a vida segue...

Jorge G. Hipólito, Rio Preto

 

Futuro promissor

Em meio a tantas questões que envolvem nosso cenário político-social, eis que rompe no asfalto árido uma flor. Tímida, quase imperceptível, ela graceja as primeiras nuances verde-amarelas, regozijando em nós a esperança.

Sim, em meio a tantos solos desiguais, incertos, e até mesmo caóticos, ela torna-se pulsante novamente em nossas frontes.

O que num primeiro momento a Olimpíada sediada em solo tupiniquim causou desconforto, críticas, revoltas, hoje veio a escancarar o que de mais necessário e emergencial o nosso país precisava: confiança, fé, possibilidade.

As riquezas inimagináveis que nossa pátria mãe mostrou aos quatro cantos do planeta não só desmistificaram a imagem nossa lá fora, como também fizeram com que enxergássemos a nossa limitação a este contingente magnífico que abraça culturas, povos, crenças.

O Brasil foi, é e sempre será muito além das crises econômicas, das instabilidades governamentais, das violências nas ruas e nos morros. Nós somos filhos do acolhimento, do trabalho, da dignidade, da luta. Se refletirmos atenciosamente a este maravilhoso momento esportivo, poderemos expandir nossos horizontes, e mais, nossas verticalidades, rumo ao futuro que tanto almejamos.

Lívia Luizi Kfoure, Rio Preto

 

Marianos

A (CME) Congregação Mariana de Estudantes da Vila Maceno, de Rio Preto, promove no dia 21 de agosto, domingo, uma confraternização para lembrar os 46 anos de existência do movimento.

Foi criada em dezembro de 1960 por um grupo de jovens cristãos pertencentes à Legião de Maria e com o apoio do monsenhor Victor Rodrigues de Assis. Nesta época, o bispo diocesano era dom Lafaeytte Libânio e num barracão destinado a quermesses aconteceu a primeira reunião. O CME foi o primeiro movimento religioso na comunidade da Maceno a acolher jovens estudantes.

O evento com muita música, show de mágica e sorteio de brindes terá início a partir das 10h, e será realizado na rua Três, 333, chácara Estância Suíça, com missa celebrada pelo padre Jarbas Brandini Dutra, da igreja da Redentora.

Harley Pacola, Rio Preto

 

Banespa

Quando o Banespa existia era governador Mário Covas e o presidente era FHC, na época das privatizações. Então os dois anjinhos resolveram que o Banespa seria a próxima vítima.

Como fazer? Aí tiveram a ideia que logo colocaram em prática: plantaram na imprensa que o banco estava quebrado, precisava ser vendido ou liquidado.

Tiveram todo apoio da imprensa, que informava a todo momento a situação grave em que o banco se encontrava, apenas não contavam o motivo.

Acontece que o governo esvaziava o caixa do banco para cobrir a folha de pagamento do funcionalismo público, mais de 1 milhão de servidores. Isso foi um amigo fofoqueiro que me contou.

A população pedia, implorava ao governador que não entregasse o banco. Lembro-me que ele respondeu: "sou governador do Estado, não do Banespa."

Não se preocupou nem um pouquinho com os 30 mil funcionários que seriam, como foram, demitidos.

Quem ganhou? O Santander. Quem perdeu? O Estado de São Paulo, o Brasil. Agora que estão voltando, vão vender a Caixa, o Banco do Brasil, a Petrobras, etc. Vão ficar ricos, ficha limpa, e o Brasil mais pobre.

João Marani, Rio Preto

 

Cartas

As correspondências enviadas para esta seção devem ter o nome legível do autor, RG, foto, profissão, idade e endereço e telefone para confirmação prévia. Para dar oportunidade a um maior número de leitores, as cartas poderão ser resumidas. Os originais não serão devolvidos. As cartas podem ser enviadas da seguinte forma:

1) Pelo correio, endereçadas à avenida Feliciano Salles Cunha, 1.515 - CEP 15035-000, São José do Rio Preto-SP
2) Entregues pessoalmente no endereço acima
3) Por fax - (0xx17) 2139-2090
4) Por e-mail, no seguinte endereço eletrônico: leitores@diariodaregiao.com.br

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso