X

Diário da Região

12/07/2015 - 00h00min

Cartas do leitor

Bolsonaro 1

Cartas do leitor

Lamentável a posição dos leitores contrários à visita do deputado Jair Bolsonaro. Vejamos: Por acaso, com um Congresso suspeito, alguém acha possível aprovar-se algum projeto que vá contra os objetivos desse governo, e que o PMDB também aprove? Não reconhecem a luta dele contra as tentativas de inclusão do comunismo no nosso País pelos partidos de esquerda? Estariam vocês satisfeitos com a atual administração do País?Possivelmente nem viveram na época da ditadura, e se viveram, em que os teria afetado a não ser que fossem guerrilheiros comunistas? Estariam por acaso satisfeitos com a corrupção no governo? Lembram- se que nenhum presidente militar nem seus filhos morreram ricos? E as tentativas de amarrar a imprensa, kit- gays, barrar a redução da maioridade penal, louvações a países comunistas como Cuba e Venezuela, mensalão, petrolão, isso é legal? Ora, façam-me o favor!

Antonio Carlos Mollon e Souza, Rio Preto

 

Bolsonaro 2

Estou à disposição para discutir com qualquer pessoa, pelo menos com um pouco de formação e não um Lula da vida, que o período do regime militar, e não ditadura como dizem, foi o melhor dos melhores tempos do Brasil, em que o País cresceu e foi respeitado. Falo isso porque vivi estes tempos como estudante e trabalhador. E Bolsonaro só deseja colocar novamente este País no eixo correto. Ou está certo com toda bandalheira que acontece no desgoverno nacional?

Fábio José Pereira, Rio Preto

 

Lixo

Cenas de enchentes com sacos de lixo boiando pelas ruas alagadas não são um fato isolado de irresponsabilidade de um sujeito qualquer e, sim, o fato de aqueles sacos estarem à beira das calçadas à espera do lixeiro. Choveu antes de o lixeiro passar. Quem sabe se a obrigatoriedade de lixeiras à frente de cada casa não minimizaria o problema? Ou uma alteração no sistema com lixeiras comunitárias, tipo contêineres - já existentes em algumas cidades como Santos, colocadas nas calçadas pelo poder público, com caminhões adaptados com catracas para o recolhimento? Evitaria sacos de lixos soltos pelas calçadas à mercê de cachorros e gatos, ou boiando nas enchentes entupindo bueiros, ou poluindo os mananciais.

Cesar Maluf, Rio Preto

 

Árvores

A cultura da poda da árvore se institucionalizou em Rio Preto, e exageram na dose. Muitos, para economizar podas futuras, cometem o crime da poda drástica. Assim, o proprietário poda apenas uma vez por ano e economiza! É o raciocínio mais lógico e burro que possa haver. O rio-pretense não quer ter árvores mais altas em sua calçada, mesmo as próprias para aquele calçamento. O cara faz a poda mesmo assim. Bem antes disso, nos anos 80, 90, a monocultura da árvore tomou a cidade. Primeiro, a moda da canelinha, depois oiti. Hoje existe um pouco mais variadas, mas as canelinhas e oitis são a maioria na cidade, sendo a mais queridinha a oiti, por ser de fácil manejo e a poda pode ser feita com muito esmero.

Antonio Celso Tomaigho, Rio Preto

 

Bancos

Esta lei aprovada pela Câmara (fechar os bancos às 17 horas) é uma decisão contrária aos interesses da maioria da população, que durante o expediente não tem tempo de ir aos bancos. Acho desnecessário segurança armada, pois se os criminosos decidirem roubar, executam as ações com ou sem segurança e em qualquer horário, infelizmente. Nas próximas eleições municipais, os vereadores deverão ficar atentos, pois a população está consciente dos representantes que mais atrapalham ou prejudicam. E este caso é mais um. E não serão reeleitos. Rio Preto andou pra trás neste caso. Nota zero com louvor para quem idealizou e para os que aprovaram.

Paschoal Pagliano Júnior, Rio Preto

 

Saúde pública

Não consigo entender o motivo pelo qual o Brasil tem uma saúde pública tão precária, tão deplorável. Como é que pode uma pessoa ter que esperar 475 dias para fazer uma cirurgia. Isso é calamitoso, uma verdadeira falta de respeito com o ser humano. Graves obstáculos ao atendimento adequado marcam o dia a dia de postos de saúde, ambulatórios e hospitais. Quanto mais carente a região e mais necessitada a população, pior é o quadro, evidenciado nas filas de espera por consultas, exames e cirurgias. É angustiante ver pacientes jogados em macas nos corredores dos hospitais e prontos-socorros. Com isso, põem-se em risco a saúde e o bem-estar dos pacientes. Enquanto isso, nosso dinheiro, via BNDES é desviado para ajudar países como Bolívia, Venezuela, Cuba e países africanos, visando unicamente favorecer essas empreiteiras corruptas que estão sendo processadas.  Que falta de coerência, que falta de responsabilidade dos nossos governantes e dos nossos políticos, que nada fazem para coibir esse tipo de falcatruas! Como explicar que a senhora Dilma Rousseff gastou R$ 9 bilhões em publicidade no seu primeiro mandato e a saúde pública encontra-se neste estado de agonia? Políticos, honrem seus votos! Está na hora de alguém fazer alguma coisa. O eleitor brasileiro agradece.

Luiz Fernando Carneiro, Rio Preto

 

Cartas: 

As correspondências enviadas para esta seção devem ter o nome legível do autor, RG, foto, profissão, idade e endereço e telefone para confirmação prévia. Para dar oportunidade a um maior número de leitores, as cartas poderão ser resumidas. Os originais não serão devolvidos. As cartas podem ser enviadas da seguinte forma:

1) Pelo correio, endereçadas à avenida Feliciano Salles Cunha, 1.515 - CEP 15035-000, São José do Rio Preto-SP
2) Entregues pessoalmente no endereço acima
3) Por fax - (0xx17) 2139-2090
4) Por e-mail, no seguinte endereço eletrônico: leitores@diariodaregiao.com.br

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso