X
X

Diário da Região

22/03/2016 - 00h00min

Painel de Ideias

Uma nação dividida que não sabe dialogar, diz Washington Paracatu

Painel de Ideias

NULL NULL
NULL

1. A palavra ética deriva do grego e representa um conjunto de valores morais e de princípios culturais que norteiam as ações de uma sociedade em um determinado contexto histórico. No Brasil atual, ética encontra-se bem afastada dos sentidos etimológico e filosófico: o brasileiro está tão aturdido pelos escândalos políticos e pela criminalidade exorbitante que já não mais se espanta com os delitos. Antes, e ainda pior, muitos gostariam de ser parte do crime, condenando a corrupção não pelo fato de ela existir, e sim pelo fato de não participar do esquema.

2. Do ponto de vista da presunção de legalidade, a escolha do ex-presidente Lula para ministro da Casa Civil da atual presidente Dilma Roussef está embasada em prerrogativas lícitas e comuns na política nacional. Prefeitos, governadores e a presidente escolhem ministros e assessores a fim de perpetuar planos de governo. Em tese, seriam os mais capacitados para o bom andamento da máquina pública. Em tese. No geral, a nomeação relaciona-se ao favorecimento de aliados, prática atualizada de nepotismo: como não é possível (em tese) a contratação de parentes, o governo infla a máquina com aliados. Dúvidas: Lula é necessário ao governo Dilma? Ela poderia (deveria?) escolhê-lo neste momento? Seria a nomeação uma manobra para a mudança de foro e para livrar Lula da alçada de Moro? Se inocente, por que Lula não responde ao processo com provas, sem uso de suas costas largas?

3. Do ponto de vista da presunção da legalidade, o vazamento de informações sem critérios embasados no ordenamento jurídico constitui uma afronta ao Estado democrático de direito. Em especial, o vazamento de conversas de Lula com seu advogado: um acinte ao sigilo e ao amplo direito de defesa. Nesse sentido, o juiz Moro teria praticado crime contra a privacidade do cidadão. As escutas revelam dados, fatos e afrontas verbais, e a população está enfurecida com o teor das conversas. No entanto, duas questões pertinentes: 1) Se as conversas privadas de todos fossem liberadas nos jornais, quem sobreviveria ao linchamento social? 2) É aceitável valer-se de meios espúrios para o alcance de fins louváveis? O caso Watergate (Estados Unidos) e a operação Mãos Limpas (Itália) representam um legado. Quem leu?

4. Por fim, o Facebook, o impeachment e a democracia. Pessoas de ideologia nebulosa e de conceitos vagos tergiversam e ofendem sem grande embasamento histórico, jurídico, humanitário. Sobram raiva e xingamentos para todos os lados. Triste uma nação que não sabe dialogar. A força física e a ofensa verbal representam o argumento de quem não sabe argumentar. No Brasil, todos são especialistas em futebol, em economia, em política e, agora, em direito. Mesmo formado em direito, evito julgamentos precipitados e pautados pela emoção. É triste ler tanta mentira e tanto escárnio oriundos de pessoas míopes ideologicamente que só fazem postar seu vômito preconceituoso. No caso Collor, muitas lideranças foram às ruas pedir a vontade do povo (impeachment). No caso Dilma, as mesmas lideranças julgam o processo de golpe. Fica difícil defender pessoas que mudam de conceitos feito um camaleão ideológico.

E você? O que deseja? Transparência e publicidade dos fatos ou privacidade? Impeachment ou continuidade do governo Dilma? Diálogo e respeito ou “cala-a-boca” e ofensa?

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso