Diário da Região

02/07/2016 - 00h00min

artigo

Um retrato centenário

artigo

NULL NULL
NULL

A Portrait of the Artist as a Young Man (Retrato do artista quando jovem, na tradução de Bernardina da Silveira Pinheiro), do irlandês James Joyce (1882-1941), completa cem anos de publicação em 2016. Esse é o primeiro romance publicado por Joyce que, anos mais tarde, entraria para a história da literatura mundial como um dos romancistas mais importantes e influentes do século XX com a publicação de Ulysses (1922) e Finnegans Wake (1939).

Como afirma Derek Attridge, a influência de Joyce é tão extensiva e difusa que “poucos romancistas posteriores (...) escaparam do abalo provocado por [ELE], mesmo quando tentaram evitar procedimentos e paradigmas joyceanos.”

O Retrato conta a história de Stephen Dedalus, desde a sua infância até os primeiros anos da sua vida adulta. Aspirante a artista e esteta, ele progressivamente se revela um jovem muito orgulhoso e ressentido. Dedalus vive em profundo desacordo com a sua realidade, em larga medida projetada pela própria consciência aguda que ele tem acerca do potencial criador da palavra. O herói de Joyce falha nas suas poucas tentativas de estabelecer uma relação legítima e sincera com a sociedade dublinense. Ao longo do romance, Dedalus sistematicamente rejeita Dublin, ao mesmo tempo em que ele percebe que não pode escapar completamente dela.

Dedalus passa o romance tentando se livrar das amarras da Dublin moralista e conservadora que ele finalmente abandona. Todavia, o ápice dessa rejeição só revela, no limite, um Dedalus incapaz de “forjar a consciência não criada de sua raça”. A ironia de Joyce é corrosiva nesse ponto, pois expõe a fragilidade da empreitada de Dedalus e o atraso moral da Dublin do início do século XX ao mesmo. Assim, a narrativa do Retrato captura não só soberba juvenil de seu protagonista, mas também o iminente fracasso de sua ambição estética e as condições materiais que preparam a queda do jovem artista.

O Retrato é uma reescritura de Stephen Hero (Stephen Herói, na tradução de José Roberto O'Shea), romance autobiográfico que Joyce tentou destruir. Os manuscritos que sobreviveram foram publicados postumamente em 1944 e, posteriormente, trechos inéditos desse romance foram descobertos e incorporados às suas várias reedições. Embora esteticamente bastante diferentes, existem aspectos importantes do Retrato que podem ser desdobrados a partir do cotejo com a sua versão preliminar.

O principal deles é que, em Stephen Hero, Stephen Daedalus acaba formulando teoricamente a noção de epifania. Essa é uma ideia sempre presente nos contos e romances posteriores de Joyce, mas que nunca é conceitualmente elaborada por seus personagens. A obra de Joyce é repleta dessas revelações súbitas que despertam seus personagens para um conhecimento quase imediato de si mesmos e da sua realidade. Ao mesmo tempo, o caráter repentino dessas revelações não permite que esses personagens racionalizem plenamente suas experiências individuais.

No Retrato, a epifania joyceana é uma forma de conhecimento imediato e não mediado que se apresenta a Dedalus e se esquiva do desdobramento explicativo pela linguagem. Esse é um dos traços definidores desse romance, porque as epifanias do seu protagonista sempre contém uma dimensão cruel e situacionalmente irônica.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso