X
X

Diário da Região

11/09/2015 - 00h00min

Painel de Ideias

Trabalho para menores

Painel de Ideias

NULL NULL
NULL

Semana passada, o Promotor de Justiça, Dr. André Luis de Souza, reuniu-se com empresários. A pauta: postos de trabalho para adolescentes. Algumas prioridades. Primeiro, aos meninos e meninas que estão nos abrigos, nos orfanatos. Depois, aos carentes, aos mais pobres, inscritos nos programas de aprendizagem. A boa notícia. Os empresários vão abrir vagas e colaborar com a justiça.

Esse programa de inclusão de menores no mercado de trabalho remunerado está só começando em Rio Preto. É uma nova frente que abrimos. A Vara da Infância e Juventude vai emitir autorizações judiciais de trabalho aos menores. Documentos formais, com a condição de matrícula dos menores nas escolas, com boas notas. Notas vermelhas ou falta às aulas, corta-se a autorização.

O trabalho é um dos melhores instrumentos de educação e de socioeducação. Faz bem. Ajuda o jovem a valorizar a vida, o progresso. Ativa o senso de responsabilidade. E não compromete o ensino. Ao contrário. Fortalece-o.

Um engraxate, em Fernandópolis, chamado Gedeão, trabalha na frente do restaurante Paladar. Há anos. Começou lá ainda garoto. Quando eu o conheci. Ele passou por uma história de vida pessoal e familiar difícil. Ele tem as mãos trêmulas. Sempre foi amável, respeitoso e um ótimo profissional naquilo que sabe fazer.

Ele tem uma casa. Alguns o ajudaram a construir. Mas a maior parte saiu do suor dele mesmo. Veio de uma caixa de madeira velha, batida. De uns paninhos sujos. Dos dedos lambuzados de graxa. Mas a casa está lá. Em pé. Eu conheci o seu lar. Posso-lhes dizer que é uma casa de um trabalhador, ampla e com móveis bons.

Não existe programa social melhor do que o trabalho remunerado. Quem trabalha não tem tempo para se lamentar; para se vitimizar ou procurar culpados pelo que pensa ser um infortúnio. Quem trabalha deseja ter a satisfação de sua conquista. Que é sua recompensa, sua alegria. A sua independência.

Com a disposição e o arrojo do Promotor de Justiça da Infância e da Juventude, tocaremos essa nova frente. Adolescentes trabalhando.

Um engraxate construiu uma casa a partir de sua caixa de madeira. É a prova de que, juntos com os empresários colaboradores da Justiça, podemos trilhar um caminho diferente para nossa juventude, longe das drogas. Uma juventude que vai construir, pelo trabalho, o nosso futuro.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso