Diário da Região

10/08/2012 - 00h50min

 

Planejando vida!

 

Néia Rosseto Calouros do curso de biologia são recebidos com festa no Ibilce
Calouros do curso de biologia são recebidos com festa no Ibilce

Planejamento da carreira profissional. Este dogma é intocável para os que desejam ter sucesso no que fazem; como também nas dicas de gurus motivacionais em suas palestras, visando direcionar os que têm sede de conquista e reconhecimento. O planejamento vai ao encontro das necessidades que temos. Sem ele, vivemos como um barco à deriva em mar revolto. Não sabemos como agir no dia de amanhã e nem imaginamos qual será nosso destino na carreira que escolhemos. Realmente, planejar-se é primordial para alcançar metas de vida. Porém, é importante refletir que nenhum planejamento da carreira sairá a contento se não estivermos bem conosco mesmo. Sermos pessoas focadas, determinadas, persistentes e planejadas é meio caminho andado para conquistar a credibilidade e resultado na vida profissional. O outro restante do caminho a ser percorrido dependerá da nossa condição emocional, baseada em como anda nosso planejamento da vida pessoal. Há aspectos particulares de nossa existência que afetam diretamente nossa trajetória na profissão. Nossas atitudes frente ao casamento, relacionamentos amorosos, família, amigos, lazer, acabam por refletir positiva ou negativamente em nossas carreiras. Embora aconteçam fora dos escritórios e empresas, é no ambiente do trabalho que são refletidas as consequências de nossos atos pessoais. É balela a crença de que ao entrarmos no serviço temos que nos desligar totalmente dos problemas que nos afligem particularmente. Até temos que nos desligar, mas quem disse que conseguimos? Sem equilíbrio na vida pessoal é quase certo que a vida profissional irá tornar-se um desastre.


Portanto, antes de planejar-se profissionalmente, planeje-se pessoalmente. Equilibrado, vivendo bem com seus familiares e amigos, terá mais capacidade de planejar seu lado profissional. Atingirá um bom desempenho porque voltou os olhos para dentro de si mesmo, equilibrou-se psicologicamente e assim conseguirá traçar a maneira de atingir as expectativas que tem na profissão. Planeje como fazer seu casamento ser mais empolgante. Já faz 5, 10, 15 anos? Não faz mal. Criatividade e boa-vontade podem fazer maravilhas neste setor. Senão, é certo que haverá desmotivação de ambas as partes. A rotina tomará conta do casal. O fracasso da relação é iminente. Mas se houver interesse de ambos em um objetivo comum, o resultado será uma harmonia para sua vida a dois. Planeje a educação dos filhos, já que este é o melhor caminho para garantir um futuro promissor para eles. Não é apenas colocar na melhor escola, oferecer os melhores cursos. É compreender as tendências das crianças e jovens, estimulando-os no que têm de melhor. E isso garantirá menos dor de cabeça em desatinos joviais, revoltas e falta de diálogo, porque seus filhos estarão fazendo o que têm de aptidão e gosto em praticar. Assim como planejar a estrutura financeira, não gastando mais do que se ganha, evitará que haja surpresas desagradáveis com os juros bancários que vier a utilizar. Com isso, terá menos contas e noites mal dormidas, abrindo espaço para mais criatividade profissional. E enfim, planeje suas horas de lazer. Dessa forma, poderá aproveitá-las melhor com seu parceiro (a), filhos, amigos, ou com você mesmo, em momentos que lhe deem prazer e alívio. Goze do descanso merecido e reflita sobre a vida. Este ócio é produtivo, como diz Domenico de Masi. Planejando-se pessoalmente facilitará o destaque na área profissional que muitos almejam, planejam, trabalham horas a fio, mas a conquista não vem. O ingrediente que falta possivelmente é este: o equilíbrio entre o que nos dá dinheiro e o que nos faz sorrir! “Não basta saber, é preciso também aplicar; não basta querer, é preciso também agir.” (Goethe)


CARLOS FETT Consultor empresarial (ca.fett@hotmail.com); Rio Preto


Quer ler o jornal na íntegra? Acesse aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso