Diário da Região

16/05/2007 - 01h00min

O teatro nas sombras

O Teatro é um elemento insubstituível para uma cidade e um país por registrar, difundir e refletir o imaginário de seu povo. A produção artística riopretense vive uma situação de estrangulamento que é resultado de uma política selvagem imposta à cultura e da concentração de poder nas mãos de poucos. Reafirmamos o compromisso ético com a função social de nosso ofício e de nossa arte. Cultura é prioridade do Estado por fundamentar o exercício crítico da cidadania na construção de uma sociedade democrática. Na contramão deste pensamento os dirigentes da Secretaria Municipal de Cultura reduzem a intervenção cultural privilegiando mercado e eventos. Ano a ano o artista rio-pretense vem sendo gradativamente excluído dos acontecimentos teatrais da cidade. O Aldeia FIT (outrora Mostra de Teatro Amador), que tinha como pensamento original garantir a todos o espaço de apresentação, fortalecer intercambio entre grupos e estimular o fazer teatral e o processo criativo, hoje caminha a passos de ganso para o formato autoritário e excludente do "pai" FIT (Festival Internacional de Teatro). A curadoria do Aldeia FIT deste ano cometeu um verdadeiro genocídio cultural, excluindo 14 dos 19 grupos inscritos a participarem do Aldeia FIT. Hoje, o artista rio-pretense ocupa menos de 1% do espaço cênico ofertado pelo FIT, ou seja, aqueles que dedicaram e dedicam suas vidas ao teatro na cidade valem menos que 1% para a Secretaria Municipal de Cultura. Ao artista rio-pretense restam ocupações como contra-regras e guias turísticos do evento. E ao povo, pagar a conta da festa, dos outros.

Chega-se a uma conclusão óbvia: os recursos da Secretaria e do FIT são mal distribuídos e geridos por uma política que privilegia o mercado, amigos e eventos promocionais. Essa política não trouxe quase nenhum benefício à produção local, não ampliou o acesso aos bens culturais, não formou público novo e principalmente não garantiu o fomento e produção continuada de Artes Cênicas local. Num movimento de solidariedade e união entre os grupos e artistas de teatro da cidade e região defendemos: -A criação de programas permanentes para as Artes Cênicas no município com recursos orçamentários geridos com critérios públicos e participativos. -A constituição do Conselho Municipal de Cultura deliberativo como espaço permanente de discussão e reflexão de uma política cultural ética e humana. -A implantação do módulo Rio Preto dentro da programação do FIT. -A participação de todos os grupos inscritos no Aldeia-FIT, sem restrição a artistas e grupos da região.
-A efetiva participação dos artistas de teatro por meio da Associart na curadoria e organização do Aldeia-FIT, bem como no FIT. Façamos de nossa Aldeia não um povoado de caciques, mas a união de seus integrantes por uma cultura para todos, tirando de uma vez por todas o teatro das sombras.

DRICA SANCHES
Atriz e diretora executiva da Associação dos Artistas, Técnicos e Produtores Teatrais (Associart) de Rio Preto.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso