X
X

Diário da Região

27/11/2015 - 00h00min

Painel de Ideias

O julgamento do radar

Painel de Ideias

NULL NULL
NULL

Sentado no banco dos réus, ele olhava assustado toda a movimentação. Nunca imaginou que chegaria àquela situação. Um julgamento! O oficial leu a acusação: “o Sr. Radar está sendo acusado de, em apenas um mês, ter multado 6.000 motoristas”.

Um murmurinho percorreu o público.

- Onde já se viu, multar tanta gente! – dizia um.

- Um absurdo! - Concordava outro.

“Mas eu apenas multei quem cometeu infração”, pensou consigo o Radar.

- O que o senhor tem a dizer em sua defesa? – perguntou o Juiz.

- Eu apenas estava fazendo meu trabalho - disse o réu. Cada veículo que passava em excesso de velocidade, eu fotografava.

- Você é um faminto! – gritou um senhor mais exaltado. Vamos fazer uma lei para que você não fique escondido.

- Silêncio! Silêncio no Tribunal! – ordenou o Juiz, batendo o martelo. – É verdade que você estava escondido?

- Não – respondeu o radar. Eu estava na calçada. Além disso, a obrigação do motorista é respeitar o limite de velocidade todo o tempo, não apenas na frente do radar.

- Tragam as testemunhas de defesa – ordenou o Juiz.

Entraram duas placas de trânsito idênticas.

- Nós sinalizamos a via. Indicamos que o limite de velocidade sobre o viaduto é de 40 km/h – disseram as placas.

- Mas são só duas? Perguntou o juiz.

- Não! Somos seis naquele trecho. Em ambos os lados da rua.

O Radar suspirou aliviado. Afinal, não é possível que algum motorista pudesse alegar não ter visto as placas.

Porém, logo alguém gritou:

- Eu nunca vi nenhuma placa.

O Radar reconheceu o motorista. Costumava passar por ali em alta velocidade. Uma vez quase atropelou uma senhora.

Olhando para o público, lembrou-se de outros rostos. Um jovem que gostava de dobrar a esquina correndo. Uma moça que passava todos os dias falando ao celular. Outra que quase nunca usava o cinto de segurança, não gostava de amassar a roupa.

Recordou-se então o Radar que trabalhava em uma cidade com os maiores índices de acidentes de trânsito do Estado. Mais que a Capital. São dezenas de mortes todos os anos. Milhares de feridos.

- Como podem se preocupar tanto com as multas e não ficarem chocados com tantas mortes? – Pensou consigo – Era como se um avião caísse todos os anos na cidade. E ninguém liga.

Olhou então para o Corpo de Jurados. Viu que ali também estavam motoristas que costumavam dirigir em excesso de velocidade, que não respeitavam as leis de trânsito.

Pobre Radar. Sentiu que suas chances seriam pequenas.

O júri reuniu-se na Sala Secreta. Saiu o veredicto:

- Culpado! O Radar deve ser condenado. Cometeu o crime de mexer no bolso dos motoristas.

A plateia explodiu em alegria. Agora poderiam dirigir à vontade. Ninguém mais precisaria se preocupar. Não haveria mais o radar a espreitar-lhes os abusos.

E o réu, no seu canto, apenas lamentava:

- Eu bem que poderia ter sido uma máquina fotográfica. Só tiraria fotos de paisagens.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso