X
X

Diário da Região

13/07/2016 - 00h00min

ARTIGO

Nosso Universo misterioso

ARTIGO

NULL NULL
NULL

Acabei de ler um livro, pequeno no tamanho mas imenso no sentido, que deveria ser indicado em colégios e faculdades para professores e alunos de todo o país, conforme minha modesta opinião. Trata-se da obra “Sete lições de física”, do cientista italiano Carlo Rovelli, que nos facilita adentrar os mistérios do Universo, descrevendo a estrutura do espaço e do tempo, que envolve o infinitamente grande (macrocosmo) e o imensamente pequeno (microcosmo).

Numa linguagem clara, exemplificando com fatos de nossa experiência cotidiana, o autor explica a teoria geral da relatividade de Albert Einstein, a mecânica quântica (do latim “quantum”, quantidades subatômicas), formulada por Max Planck e outros cientistas da primeira metade do séc. 20, ondas gravitacionais, buracos negros e demais achados da física moderna.

A teoria da Relatividade Geral, junto com a Física Quântica, apresenta uma nova visão do mundo, bem diferente, não só da concepção bíblica do universo criado em sete dias, sendo a Terra o centro do cosmo, o sol girando ao seu redor, mas também da Lei da Gravitação Universal, proposta por Isaac Newton, no contexto do heliocentrismo renascentista. O cientista inglês não conseguira explicar como uma força, que ele chamou de gravidade, pudesse atrair corpos, uns em direção a outros, sem que houvesse nada no meio, no vazio. Filósofos antigos já diziam “nihil ex nihilo” (nada vem do nada) e se tornara famosa a máxima do químico francês Lavoisier: “nada se cria, nada se destrói, tudo se transforma”.

Chegou, então, a genialidade de Einstein para demonstrar cientificamente que não há vazio, mas apenas o vácuo, algo que existe mas não se vê, pois nada pode estar solto. Todos os elementos da natureza, terrestres e celestes, materiais e espirituais, do universo que conhecemos e de outros possíveis, estão intrinsecamente imersos em ondas gravitacionais, que formam campos eletromagnéticos que se atraem e se chocam, rodando continua e vertiginosamente, produzindo energia. Equações matemáticas descrevem como o espaço se curva em torno de uma estrela, a luz deixa de viajar em linha reta, o tempo passa mais depressa no alto e mais devagar embaixo, como prova a constatação do gêmeo crescido à beira-mar ser um pouco mais jovem do irmão que viveu nas montanhas.

O ser humano, que se der ao trabalho de pensar, começa a perceber que anda de cabeça para baixo, preso pelos pés à terra ou à água de um minúsculo planeta do sistema solar, feito uma bolinha de gude, rodando a uma incrível velocidade ao redor de si próprio e do seu astro conectado a uma dos bilhões de galáxias. A descoberta da circularidade dos elementos da natureza nos leva à perda da antiga concepção da existência do alto e do baixo, de um mundo “sobre” natural ou transcendente. Como afirma Rovelli, “Somos feitos dos mesmos átomos e dos mesmos sinais de luz trocados entre os pinheiros nas montanhas e as estrelas nas galáxias” (pág. 74). Originariamente, somos poeiras de estrelas e, como elas, morremos tanto individual quanto coletivamente. Ou, melhor, penso eu, não morreremos, mas nos transformaremos em outra coisa. Tudo está imerso na eternidade, sem começo e sem fim!

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso