X
X

Diário da Região

10/03/2016 - 00h00min

Artigo

Neoplasias malignas - política

Artigo

JOHNNY TORRES NULL
NULL

A oncologia estuda os variados tipos de cânceres, que, aliás, são muitos. Desde os epiteliomas, passando pelos sarcomas, pelos linfomas, pelos melanomas e por muitos outros.

Todos são designados pelo nome comum de câncer e são componentes do mundo oncológico.

No que se refere à política e aos seus desvios de finalidade aparece um câncer político administrativo maligno, capaz de gerar a miséria, o desconforto, a insegurança, a fome. O nome dele é corporativismo.

O corporativismo. Os melhores dicionários dizem: o corporativismo é uma doutrina, ou organização social, com base em entidades representativas dos interesses de categorias profissionais.

Quando enquistado na política prevalece a defesa dos interesses, ou privilégios de um setor organizado na sociedade, em detrimento do interesse público.

A classe político-profissional no Brasil é corporativista, como era o fascismo de Mussolini e o Estado Novo de Vargas, e muitas outras formas de governo são assoladas pelo corporativismo.

Ao que me informaram, ele aparece em muitos pontos da América Latina.

A única e dificílima forma de combatê-lo se mostra quase impossível: a educação e a conscientização política.

Um exemplo de corporativismo: um cidadão com o voto popular se elege, por exemplo, deputado federal.

Seu salário é absurdo em termos comparativos quando avaliado em relação ao salário mínimo. Ele pode nomear um número enorme de assessores, até 25. Seu salário é absurdo, já dissemos acima.

Uma pergunta: assessoria para quê?

Para servir de cabos eleitorais nas eleições, dizem as más línguas.

Em que pese o salário corporativista dele e dos assessores, ainda aparecem outros privilégios: auxílio-moradia, auxílio-viagem, auxílio-publicidade, plano de saúde (só falta auxílio manicure e pedicure).

De vez em quando alguns são cancelados, outros, acrescentados. Já houve auxílio para pagar carregador de malas nos aeroportos.

Quando alguém lhes indaga: “Não tem medo da polícia e do Judiciário?”

A resposta dada pelo dito cujo “patriota” é sempre a mesma:

“Olha aqui, a lei permite”, responde o “patriota”.

“Está tudo legal, está tudo registrado legalmente”. E está mesmo, na lei que ele criou para dela se beneficiar.

É aí que mora a neoplasia, o câncer político-administrativo que assola a nação brasileira.

Fazer leis corporativistas com a finalidade exclusiva de defender os interesses e ambição daqueles que as fazem.

Quando indagados: “Vocês não têm medo dos eleitores?”

A resposta é quase automática: “Os eleitores a gente deixa por conta dos marqueteiros”.

E dizem mais: “Quando você diz ao eleitor que o candidato X é um ladrão por um fenômeno que os psicologistas de massa ainda não souberam explicar, você já deu ao ladrão 50% dos votos necessários à sua eleição”.

Como melhorar ou corrigir em definitivo esse fenômeno psicossocial?

Pela educação política e administrativa que deve começar nas escolas e continuar até a universidade.

Estou sonhando?

Não sei. Mas sonhar é melhor do que se conformar com a miséria, com o desconforto, com a insegurança, que são as lamentáveis situações que o estado atual pode deixar como herança para as futuras gerações.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso