Diário da Região

25/12/2005 - 00h15min

Natal de Jesus

É dia em que os cristãos celebram o Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo. Não nascimento como aniversário de Jesus, mas como mistério de um Deus que se fez humano. Não temos nenhum registro de nascimento daquela época para comprovar, e a festa de Natal só começou a existir no Ocidente mais ou menos a partir do ano 336. Antes era celebrado no dia 6 de janeiro. Também não significa que Jesus nasceu nesse dia. Por que, então, o 25 de dezembro? É que nessa data festejava-se em Roma a festa do Nascimento do Sol Invencível, em latim, Natalis Solis Invicti. O sol acabava de passar pelo ponto mais afastado do Equador, quando então as noites são mais longas (solstício de inverno; no hemisfério norte acontece em 22 ou 23 de dezembro). Solstício de inverno significa época em que o sol passa por sua maior declinação austral. As noites mais curtas e os dias mais longos davam a impressão de que o sol "renascia". A partir do dia 25, os dias seriam mais longos e a noites mais curtas. O sol não morria nunca para os romanos, ele era invencível; a noite e as trevas não acabavam com ele. Daí o nome da festa: Nascimento do Sol Invencível. O sol representava uma divindade na crença dos romanos. Por outro lado, 25 de dezembro, estabelece uma relação entre o simbolismo bíblico luz-trevas e Cristo, vitorioso absoluto da noite do pecado. Portanto, os cristãos, viram logo um paralelo: o sol é o princípio de vida natural e Cristo da vida sobrenatural.

Como esta festa pode estar na origem do Natal cristão? Há duas suposições. Talvez se tenha criado uma festa cristã no dia da festa pagã, querendo combater o paganismo, isto é, na medida em os cristãos foram influenciando no Império Romano, foram combatendo esta festa pagã. Afinal o único Sol, a única Luz invencível é Jesus Cristo. Daí que trocaram a festa do sol pela festa do nascimento de Jesus. Ou pode ser que os cristãos, usando a inteligência, aceitaram a festa como tal, cristianizando-a. Podemos afirmar que de qualquer modo houve uma aproximação entre a festa pagã que celebrava a vitória da luz sobre as trevas, do dia sobre a noite, e o simbolismo bíblico de Cristo como Luz do mundo. A comemoração do Natal em lugar da festa pagã do sol ganhou muita aceitação na época porque era um meio excelente de combater uma heresia da época que negava que Jesus fosse realmente Deus. Eram os arianos. Para eles Jesus não era igual ao Deus, isto é, da mesma substância do Pai. Viver a espiritualidade do Natal significa reconciliar-se totalmente com nossa realidade humana, pessoal e social. Reconhecer Jesus "deitado na manjedoura" nos chama a reencontrar o nosso jeito de ser, nossas fragilidades e problemas, unindo a Ele o mais profundo da nossa condição humana. A Igreja em sua liturgia recorda todo realismo do mistério da Encarnação terrestre do Verbo. "O Verbo se fez carne e habitou entre nós" (Jo 1,14). O Filho de Deus não se disfarça em homem, mas, permanecendo Deus, é também real e concretamente homem; e se manifesta na realidade humana. Tão humano assim só Deus.
Feliz Natal.

PE. BENEDITO MAZETI
Pároco das paróquias Nossa Senhora do Líbano e São Benedito, Rio Preto

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso