X

Diário da Região

24/07/2014 - 00h49min

 

Mobilização pela educação

 

O Ministério da Educação, ao criar em 2008 o plano de mobilização social pela educação onde convocou toda a sociedade para o trabalho voluntário, mobilizando as famílias e a comunidade para a melhoria da qualidade da educação brasileira, buscou através dos fundamentos aos direitos humanos, a cidadania, a ética, a solidariedade, a inclusão e a tolerância, trazer para a sociedade o conceito de que a educação tem de ser vista como um direito e um dever das famílias, tendo em vista que todas as famílias e responsáveis pelas crianças e jovens têm o direito de reivindicar por uma escola pública de qualidade. As famílias podem e devem cobrar providências, medidas e ações para que isso ocorra. Todas as famílias têm o dever de ajudar a escola em casa, criando disciplina e rotina de estudos. Todas as famílias têm o dever de se aproximar da escola com isso as escolas devem aceitar e incentivar essa aproximação. Neste sentido, o Plano de Mobilização vem para orientar e incentivar às comunidades e as lideranças sociais para a realização de um amplo debate com toda a comunidade escolar, sobre a importância da educação, despertando a consciência das pessoas sobre o compromisso social na afirmação do direito de todos os brasileiros à educação de qualidade e, do mesmo modo, a respeito do papel de cada um como protagonista deste processo.


Tão relevante quanto o diálogo é a criação de atividades para contribuir para a melhoria da qualidade da educação. Para isso é necessário realizar trabalhos voluntários que aproximem escola e comunidade, campanhas de conscientização e convites aos membros da comunidade para integração às ações voluntárias da mobilização. As boas práticas encontradas em escolas onde os alunos têm alcançado bons índices nas avaliações do MEC são caminhos para serem seguidos buscando a melhoria da qualidade do ensino. É importante haver um compromisso entre os entes federados para que se concretize e garanta a cada criança e jovem brasileiros melhores oportunidades ao longo da vida. Com uma orientação feita junto ao Plano de Desenvolvimento da Educação às escolas, é necessário chegar as comunidades para que se desenvolvam atividades de incentivo e orientação às lideranças e seus respectivos segmentos, além das famílias, no sentido de apoiar a implementação dessas normas nas unidades de ensino. A implementação do plano é feita por mobilizadores, identificados como lideranças em suas áreas de atuação, e que se comprometem em atuar como voluntários. O conhecimento do panorama da educação no Brasil; organização da educação no Brasil, devem estar no plano de trabalho para implantação deste projeto. Faça sua parte, juntos conseguiremos ter uma educação pública de qualidade.


LEANDRO ALVES DE OLIVEIRACoordenador Apeoesp Regional, de Catanduva


>> Leia aqui o Diário da Região Digital

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso