X
X

Diário da Região

01/01/2016 - 00h00min

Painel de Ideias

Doutor

Painel de Ideias

NULL NULL
NULL

Um jornalista, daqui de Rio Preto, notou que, ao atendê-lo, eu dispenso o “Dr.”, quando me refiro a mim mesmo. De maneira gentil, ele quis saber o motivo. Respondi. Não apenas porque nunca me importei com isso, mas também porque aprendi lendo que o respeito maior dispensado a alguém está exatamente em se dirigir ao próximo pelo seu nome. Foi a lição que retirei desta passagem de uma das cartas do escritor Umberto Eco ao cardeal Carlo Maria Martini:

“Querido Carlo Maria Martini: Confio em que não me considere desrespeitoso se dirigir a você chamando-o por seu nome e sobrenomes, e sem referência aos hábitos que viu. Entenda-o como um ato de comemoração e de prudência. De comemoração, porque sempre me chamou a atenção o modo no qual os franceses, quando entrevistam um escritor, artista ou personalidade política, evitam usar apelidos reduzidos como professor, eminência ou ministro, a diferença do que fazemos na Itália. Há pessoas cujo capital intelectual lhes vem dado pelo nome com o que assinam as próprias ideias. Deste modo, quando os franceses se dirigem a alguém cujo maior título é o próprio nome, fazem-no assim: Dites-moi, Jacques Maritain; dites-moi, Claude LéviStrauss. É o reconhecimento de uma autoridade que continuaria sendo tal, embora o sujeito não tivesse chegado a embaixador ou a acadêmico da França”.

Já escrevi que agradeço a Deus pela minha profissão, pelo que ela me trouxe de conhecimento da vida, do ser humano, dos dramas e das vitórias daqueles que caíram e se levantaram. Crianças e especialmente adolescentes. Em Fernandópolis, onde trabalhei quase 10 anos, o respeito que recebi de crianças e adolescentes, mais espontâneos, vinha pela forma como me chamavam nas escolas ou nas madrugadas que os atendia no conselho tutelar: Pelarin ou Evandro. E assim também a profissão me forjou.

Certa vez, num clube de serviço em Fernandópolis, numa reunião com jovens, uma menina protestou contra o toque de recolher. Apresentei a ela o seguinte fato e indagação: se o seu irmão mais novo, que começa a aprender a andar, insiste em se dirigir a uma escada, onde pode cair e se machucar, o que você faz? Você tenta convencê-lo que ele pode se ferir, seriamente. Mas ainda na tenra idade, ele não reúne condições de entendimento para as consequências da hipótese e continua a rumar para os degraus. Então, não resta a você outra atitude, a não ser segurá-lo, dar-lhe um “toque”, tirando-o do caminho de uma possível queda. O nome da menina, Mariana. Eu me lembro.

E é assim que nós, da Justiça, respeitamos nossos jovens. Não como um número de um processo. Não com um moralismo tosco de correção. Não com um sentimentalismo barato, de dó, inerme e ineficaz. Mas reconhecendo-os pelo nome, com respeito, colocando a lei em movimento para a sua proteção.

Pedrinho, Carlos, Jean, Sofia, Natália. E muitos outros cujos nomes estão comigo. Feliz 2016! Que Deus esteja com vocês.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso