X
X

Diário da Região

10/09/2016 - 00h00min

artigo

Dia da prevenção do suicídio

artigo

NULL NULL
NULL

Estamos às vésperas de comemorar em Outubro o “Domingo Rosa” para que toda a comunidade lembre sobre a necessária prevenção do câncer de mama, assim como em Novembro estaremos nos conscientizando sobre a prevenção do câncer de próstata. Pois bem, escrevo isso para lembrar a todos que no próximo dia 11, domingo, o mundo todo está convidado a lembrar sobre a prevenção de um dos cânceres da psiquiatria, o suicídio.

Em 2014 escrevi um artigo, neste mesmo Diário (Notas sobre o suicídio) quando eu dizia o que agora repito: beira ao incrível número de um milhão de mortes por suicídio, por ano, em todo o mundo. Um número tão alto assim nos parece muito significativo para que possa ser menosprezado, principalmente por aqueles que têm em família, risco potencial.

Conheço familiares de suicidas e reconheço neles o amargo sentimento de impotência e culpa por não ter evitado tal catástrofe, embora saibamos que isto nem sempre é possível. Muitas vezes, no entanto, a possibilidade de captarmos sinais do risco de suicídio é grande, se estivermos atentos aos mesmos. Certa vez, uma adolescente bastante problemática, depois de uma discussão acalorada com os pais, deixou um bilhete em que lhes pedia perdão por ter sido uma má filha, que iria ‘embora” para não mais ser um estorvo em suas vidas.

Os pais não decodificaram aquela escrita e julgaram simplesmente que, no arroubo da adolescência, a menina pensava em sair de casa. Não interpretaram o “ir embora” se não ao pé da letra concretamente e, felizmente, após cortar os pulsos, foi socorrida a tempo e colocada depois em tratamentos psiquiátrico e psicológico.

Suicídio é um gesto de desespero além do desespero, mais comum entre jovens e idosos. Naturalmente, a depressão é a maior causa disso, justamente aquela que conceituamos como Depressão com D maiúsculo, que muitas vezes tem raízes genéticas, um fator importante para o alerta das famílias. Ninguém mata filho ou esposa e se mata em seguida, apenas por questões financeiras, mas embora as dificuldades do cotidiano existam, por si só elas nem sempre são suficientes para o gesto extremo.

Os que têm no seio da família, pacientes diagnosticados com Depressão ou qualquer transtorno psicótico (como o Bi-polar e o Paranóide) devem estar atentos, quando percebem uma mudança de rotina dos mesmos: colocar finanças em dia, organizar documentos para o inventário, repetir sobre o cansaço da vida, e outros possíveis sinais que a ideia do suicídio está cada vez mais presente em sua mente.

Imagino que Judas, que segundo o Evangelho traiu Jesus por dinheiro e se enforcou depois sob o peso da culpa, era um depressivo. Levanto tal hipótese para suspeitar que, quando um depressivo pensa em suicídio ou o realiza, ele o faz sob o peso da culpa. É bom, pois, maior atenção ao mesmo, quando aumentam suas ruminações de que está sendo um peso para todos.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso