X
X

Diário da Região

31/07/2016 - 00h00min

artigo

Corrupção

artigo

Pierre Duarte / Arquivo Nos Estados Unidos há um movimento mais forte para introduzir a espiritualidade nas faculdades de medicina. No Brasil começamos a caminhar nesse sentido - Domingo Braile, cardiologista
Nos Estados Unidos há um movimento mais forte para introduzir a espiritualidade nas faculdades de medicina. No Brasil começamos a caminhar nesse sentido - Domingo Braile, cardiologista

O assunto está em todas as mídias, e a cada momento, surgem novas evidências mostrando estarmos vivendo sob o domínio deste mal, que se alastra como um câncer no seio da sociedade, levando a nação a rápida destruição, infringindo grande sofrimento aos cidadãos, enquanto seus agentes com infame hipocrisia, continuam negando seus atos nefastos, sem o mínimo de pudor.

Fui convidado a fazer uma palestra sobre o tema, aceitando o desafio, como uma oportunidade de expressar minha repulsa por tão torpe comportamento. Optei por analisar suas consequências para os sistemas de saúde, educação, segurança, desemprego, inflação e carestia.

Os corruptos revelam-se como pessoas sem caráter, indignas de viver em uma sociedade equilibrada, ferindo-nos frontalmente, ao desorganizar a estrutura do tecido social.

A palavra corrupção, vem do Latim, “corruptus” significando: “Ato de quebrar aos pedaços, ou seja, decompor e deteriorar algo”. Sua sinonímia não é melhor, pois, entende-se como putrefação, degradação, apodrecimento, podridão.

O corrupto, e também os corruptores são seres abjetos, desprezíveis, amorais, que pouco se importam com o sofrimento que infundem em inocentes, privando-os do saber, da integridade física, da prevenção e tratamento das doenças, do desejado emprego, enfim... roubando-lhes até a vida, fazendo-os morrer de fome!

Teriam eles consciência do universo de infortúnio que geram, ao amealhar indevidas fortunas, sem qualquer mérito? Acredito que não!

Relembro aqui as palavras de Mahatma Gandhi, (1869-1948), líder pacifista indiano:

Política sem princípios

Prazer sem compromisso

Riqueza sem trabalho

Sabedoria sem caráter

Negócios sem moral

Ciência sem humanidade

Oração sem caridade

Nestas colocações estão claros os fundamentos da Ética, que se seguidos fossem, o mundo seria melhor e as pessoas muito mais felizes.

A única “vacina” de que dispomos contra a corrupção, este mal altamente prejudicial ao equilíbrio: moral, social e econômico das nações, é a Ética.

Ética como foi definida por Aristóteles, em seu livro “Ética a Nicônamos”, no qual fica evidente, que sem ela é impossível ser feliz.

Portanto podemos concluir tristemente que: “Quanto maior é a corrupção em um país, menor a felicidade de sua população”.

A felicidade é fator indispensável para a almejada harmonia comunitária e a necessária produtividade individual, responsável pela prosperidade das nações.

Só um trabalhador feliz é capaz de ser produtivo, fazendo do seu labor uma alavanca capaz de criar um círculo virtuoso de progresso, substancial para mudar o “status” de um país.

Deveríamos aprender esta lição a respeito dos malefícios da corrupção, motivo de diminuição da confiança na economia e consequente corte nos investimentos e na geração de empregos. Reafirmo minha convicção de que “não existe felicidade sem ética, e não existe ética onde há corrupção”

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso