Diário da Região

18/12/2007 - 01h00min

?Anjo torto?

"Quando nasci um anjo torto desses que vivem na sombra disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida".(estrofe do Poema de Sete Faces). Carlos Drummond de Andrade

Já se foram 20 anos da morte física do maior poeta modernista brasileiro. Nasceu em trinta e um de outubro de 1902, na cidade de Itabira do Mato Dentro, nas Minas Gerais, Carlos Drummond de Andrade. Estudou no colégio interno Anchieta em Nova Friburgo, onde foi expulso por "insubordinação mental", não se sabe até hoje o que isso significa, e por esse motivo, guardou o modo de andar com os braços colados às pernas e a cabeça baixa, ficando tímido pelo resto de sua vida. Cursou Farmácia em Belo Horizonte, mas não seguiu carreira, lecionou Geografia, mas gostava era de escrever. Participou do Jornal Falado do Salão Vivacqua, de saraus e, em 1924, enviou carta a Manuel Bandeira, manifestando sua admiração pelo poeta e no mesmo ano conheceu Mário de Andrade, Oswald de Andrade e Tarsila do Amaral. Em 1925, casou-se com dona Dolores Dutra de Moraes, nasceu seu filho Carlos Flávio, que faleceu no mesmo dia. Em 1928 publicou, na Revista de Antropofagia da Escola Modernista de São Paulo, o poema "No Meio do Caminho'', que se tornou um verdadeiro escândalo literário. Nesse mesmo ano nasceu sua filha Maria Julieta. Filha única e sua grande paixão. Maria Julieta seria sua eterna musa. "Um verso meu, iluminando o meu nada", escreveria no poema A Mesa, dedicado à sua filha.

Comunista e agnóstico, Drummond como era conhecido, escrevia e usava suas palavras para destruir o capitalismo. Mesmo agnóstico, conseguiria clamar aos céus uma ajuda, uma súplica aos irmãos necessitados, principalmente nordestinos; numa prece bem brasileira: "meu Deus,/só me lembro de vós para pedir,/mas de qualquer modo sempre é uma lembrança./Desculpai vosso filho que se veste/de humildade e esperança/e vos suplica: Olhai para o Nordeste/onde há fome,Senhor, e desespero/rodando nas estradas/entre esqueletos de animais''. Nessa poesia ele escreve, depois de sair do cargo de chefe de gabinete de Gustavo Capanema, por não concordar com a ditadura do Estado Novo de Getúlio Vargas, e mostra à sociedade brasileira que, onde falta Estado, a única solução é apelar para os céus. Em 1982, ao completar 80 anos, foram realizadas várias exposições comemorativas na Biblioteca Nacional e Casa de Rui Barbosa, no Rio de Janeiro. Recebeu o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. No ano seguinte declinaria do troféu Juca Pato, um dos mais importantes prêmios da literatura brasileira. Com o samba enredo "O Reino das Palavras ", a Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira o homenageou em 1987, tornando-se campeã do carnaval carioca. Por esse episódio, o poeta disse: "essa é uma das maiores homenagens que recebi; pois veio da classe operária, que entendeu meus versos onde sempre a defendi da opressão perversa do capitalismo selvagem''. Editado em dezenas de línguas, Drummond foi um dos maiores poetas do mundo. Foi-se o homem. Ficou sua obra. Vamos lê-la. Ou relê-la.

LUIZ ANTONIO SIMÕES
Professor e escritor; Rio Preto (las58@bol.com.br)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso