Diário da Região

18/11/2006 - 01h05min

A ?ditadura? da beleza

Não é novidade que vivemos a "Era do Ser". Ansiamos "ser" para vislumbrar o "ter". Nunca se desejou tanto alcançar posição e status social. O prestígio nunca foi tão perseguido e o reconhecimento público tão almejado. Na ditadura da estética, as jovens se produzem para expor no álbum do orkut, fotos daquilo que elas gostariam de ser, enquanto balzaquianas procuram fórmulas para que o corpo não obedeça naturalmente a lei da gravidade. Nessa ditadura, é "chic" ter sorriso sustentado por botox, seios avantajados artificialmente e piercing na barriguinha lipo-aspirada. Quando vivíamos em cavernas o ideal de beleza eram mulheres bem gordas. Nas pinturas dos séculos passados o ideal eram mulheres cheias. Que digam as musas de Pierre Auguste Renoir. Porém, na sociedade contemporânea, aceitar-se como se é tornou-se repudiante e a juventude cronológica passou a ser deificada pelos que a olham pelo retrovisor da vida. Nesse contexto, em que ser esbelto é obrigação, pesa na consciência de milhões de adolescentes e jovens, a frustração de não possuir um corpo perfeito, mesmo que este esteja perfeitamente saudável. É a ditadura da imagem. Exemplo disso, a morte da modelo Ana Carolina Macan, de 21 anos, que ficou famosa não pelos desfiles e contratos milionários, mas sim, pelo fim trágico de sua vida, conseqüência de anorexia nervosa.

Quem passa pelas gôndolas dos supermercados pode constatar a quantidade de alimentos "light", "diet" e similares. Um adulto com 70 kg precisa de cerca de duas mil calorias diárias. Ao mesmo tempo, somos bombardeados com número zero. Zero caloria! Menos de uma caloria! Menos, Leve, Suave! Abaixo de zero! Compre! Seja Saudável! A obsessão pelo escultural tem se tornado funesta meta para o narcisista ser humano do século XXI, que parece valorar a forma em detrimento do conteúdo. A ditadura da beleza, para não dizer "magreza", não se limita somente ao mercado da moda: advogados, secretárias, jornalistas; se gordinhos, estão fora, ou com um ponto a menos nas relações pessoais e/ou profissionais. Talvez isso explique a incidência de academias por toda parte, além de propagandas de medicamentos que prometem evaporar gordura como se fosse água. E se não bastasse, sites norte-americanos divulgam a anorexia como "estilo de vida" e não como complexa doença que envolve fatores fisiológicos, psicológicos e sociais. Aceitar-se não significa acomodar-se, mas sim, espantar o sedentarismo para almejar saúde e satisfação com o que se tem, e não pensar na possibilidade de se tornar Gianechini ou Gisele da noite para o dia. Aliás, você conhece alguém que veste a roupa que as modelos vendem além delas mesmas? A sabedoria popular é santa quando diz que saco vazio não pára em pé. E, que me perdoem as magérrimas, mas como expressa a harmônica canção de Roberto Carlos, "quem foi que disse que tem que ser magra pra ser formosa?"

MARIO WELBER
Assessor da Presidência e mestre de cerimônias da Câmara Municipal.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso