Veja lista com preços de 120 produtos de 12 supermercados em Rio PretoÍcone de fechar Fechar

ECONOMIZE

Veja lista com preços de 120 produtos de 12 supermercados em Rio Preto

Itens básicos registraram aumento nos últimos 15 dias


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

No intervalo dos últimos 15 dias, alguns itens da cesta básica registraram alta de preços nos principais supermercados de Rio Preto. Dependendo do produto, o reajuste chegou a 46%. Segundo especialistas, a explicação é o aumento nas vendas depois do início da quarentena, devido à pandemia de coronavírus. Entre os locais consultados, os itens que apresentaram maior reajuste foram o feijão, o arroz e o leite.

A Associação Paulista de Supermercados (Apas) explica que os supermercados não definem os preços dos produtos. De acordo com a entidade, os estabelecimentos repassam o custo dos produtos adquiridos pelos fornecedores. Ainda de acordo com a Apas, casos de reajustes abusivos estão sendo acompanhados.

Apesar de o movimento nos supermercados paulistas ter caído 2,9% no mês de março, as vendas online apresentaram crescimento de 107% na semana de 23 a 29 do mesmo mês.

Para o economista e professor universitário Ary Ramos, o aumento no valor de alguns produtos reflete o momento econômico pelo qual o País atravessa, com a alta do câmbio, mas também pode ser explicado pela lei da oferta e procura. "As pessoas estão ficando mais tempo em casa e estão consumindo mais. Algumas estão comprando em maior quantidade para fazer estoque. Isso acaba afetando a cadeira produtiva", explica o especialista.

Ainda segundo o profissional, diversos estabelecimentos estão conseguindo segurar os preços dos produtos e evitando repassar o reajuste ao consumidor. Mas a expectativa é de que os preços passem a apresentar aumento nos próximos meses.

"O Brasil e o mundo estão vivendo uma situação bastante atípica. Isso está gerando, de uma forma ou de outra, algum desequilíbrio de preço. É uma questão sazonal, é algo que está acontecendo porque a própria cadeia produtiva está tendo dificuldades de se adaptar".

Os principais aumentos foram observados nos preços do feijão (46%), do leite (42%) e do arroz (12%). Na pesquisa de preços feita no dia 17 de março - 15 dias atrás -, o pacote de um quilo do feijão da marca Tio Nobre era vendido por R$ 5,60 em um dos supermercados. No dia 1º, o mesmo produto era encontrado por R$ 8,20 na mesma empresa. O mesmo item apresentou aumento em outros seis estabelecimentos.

Para a cabeleira Alexandra de Miranda Mortagua, o segredo é pesquisar e comprar apenas o necessário. Ela conta que tem evitado frequentar locais com muita gente depois do início da quarentena, seguindo as orientações dos poderes públicos. "A gente sai de casa e vai ao mercado para pegar apenas o que está faltando, sem fazer estoque. Assim, sobra para todo mundo. Mas antes de vir, me preveni bastante, temos que ficar mais atentos para evitar a contaminação", conta.

Ela destaca que ir ao supermercado deixou de ser um dia normal. "Agora, quanto menos pessoas no mesmo local, quanto menor o número de gente aglomerada, melhor", afirma.

Pesquisa

A pesquisa desta sexta-feira, 3, traz os preços de 120 produtos cotados em 12 supermercados. A variação total foi de R$ 357,51.

Tabela de preços de cesta básicaClique aqui

Tabela de preços de produtos de supermercados e atacarejosClique aqui

Novos aplicativos para smartphones são lançados todos os dias oferecendo diversos tipos de serviço. No início são gratuitos, mas depois o usuário precisa pagar um determinado valor para ter vantagens maiores no app. O consultor financeiro Flávio Neves diz que o consumidor deve ficar atento e avaliar antes se realmente precisa do serviço ofertado pelo aplicativo. "Primeiro faça uma pesquisa. Pergunte para quem já usa, leia os comentários dos usuários".

Outra dica é ter cuidado com o cancelamento para não pagar multa. "Se mesmo após pesquisas você não está seguro e tem um prazo de carência de 12 meses, por exemplo, isso pode ser um sinal para você não adquirir o serviço". Colocar na ponta do lápis os custos e comparar com os benefícios é o passo mais importante antes da aquisição.