Pai é investigado por tentar abandonar recém-nascidoÍcone de fechar Fechar
    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Um homem de 30 anos foi detido na tarde desta segunda-feira, 6, após tentar abandonar o próprio filho recém-nascido na sede da Companhia da Polícia Militar de Jales. O suspeito chegou a inventar a história de que o bebê tinha sido encontrado em uma sacola no meio da rua, mas foi desmascarado.

Segundo informações da Polícia Civil, pai e mãe da criança são de Aparecida d'Oeste. No sábado, 4, a gestante teve a criança na maternidade da Santa Casa de Jales.

De acordo com a polícia, o pai admitiu que tentou entregar o filho para a PM para que a criança fosse encaminhada para o sistema de adoção, mas não queria se envolver legalmente.

Inicialmente, o caso seria registrado como abandono de incapaz e o pai constaria no boletim de ocorrência como testemunha.

Durante o depoimento, o pai da criança caiu em contradição e acabou admitindo que tinha inventado a história de criança abandonada.

O bebê foi entregue aos cuidados do Conselho Tutelar de Jales, que encaminhou o bebê para um abrigo temporário em uma entidade da cidade.

O pai da criança será investigado por falsa comunicação de crime. A mãe não foi ouvida ainda pela polícia, porque está em recuperação médica. Mas, segundo o pai contou à polícia, sabia do abandono.

O caso será analisado pela Vara da Infância e da Juventude da cidade. Os pais da criança serão submetidos a avaliação social e psicológica para checar se ambos têm condições de criar o filho. Na hipótese de serem reprovados na avaliação, o bebê poderá ser entregue aos cuidados de parentes mais próximos ou colocado na lista nacional de adoção.