No roteiro, passeio com tubarões e comprinhasÍcone de fechar Fechar

México/Costa Mujeres

No roteiro, passeio com tubarões e comprinhas

Lugar também atrai com sua herança ligada aos maias


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

O território de Isla Mujeres foi oficialmente reconhecida em 1517, por um navegador atraído pela pirâmide maia que está, até hoje, encravada em sua ponta sul. Na costa da ilha, há uma grande quantidade de esculturas, todas representando uma mulher grávida. A explicação é que, no período pré-colombiano, Isla Mujeres era considerada sagrada para a deusa Ixchel, a quem os maias atribuíam fenômenos relacionados à gravidez e a curas medicinais. As figuras de pedra foram feitas à sua imagem e, quando vistas pelo primeiro forasteiro, acabaram por batizar o município. O local tem, hoje, cerca de 15 mil habitantes e um fluxo de visitantes cada vez maior.

Em Isla Mujeres, é possível encontrar uma grande quantidade de peixes em praticamente qualquer praia. Também há várias formações de coral acessíveis e bem conservadas. Para que isso seja mantido, algumas restrições são passadas aos visitantes, como, a proibição de usar protetores solares que não sejam biodegradáveis, para não comprometer a vida marinha. Os barqueiros dos passeios são, em grande maioria, moradores nativos de Isla Mujeres e podem oferecer uma visão da história local que certamente não estará presente em nenhum guia turístico.

A ilha tem menos de oito quilômetros de largura, mas quem não estiver disposto a fazer essa caminhada pode rodar o local em carrinhos de golfe, alugados por US$ 15. Vale dar uma esticada até a ponta sul para conhecer as ruínas do templo maia que motivaram a primeira visita dos europeus da ilha. Não bastasse ser um sítio arqueológico milenar, o local abriga um santuário de tartarugas. As águas transparentes são convidativas a uma tarde de snorkeling.

O ponto alto do passeio é o mergulho com tubarões-baleia, no qual se pode chegar perto dos animais, e ainda ter a experiência fotografada pelos barqueiros. Eles fazem parte das mais de 234 espécies de peixes identificados na área. É necessário fazer uma viagem de uma hora até atingir o alto-mar e, depois, pode-se observar vários profissionais de agências diferentes trabalhando em conjunto para encontrar o animal, que vai até lá pela alta concentração de alimento. A espera é excitante, e o visitante é incentivado a ajudar, procurando barbatanas pintadas do tubarão no mar.

O momento do encontro beira a magia, principalmente quando o tamanho do animal supera o do barco de onde é observado. Alguns passam dos dez metros de comprimento. O passeio, incluindo uma volta na ilha (com paradas), material de mergulho e a experiência com os tubarões, é vendido a U$ 200, com direito a um ceviche fresco preparado no barco e bebidas não alcoólicas à vontade.

Outra visita imperdível é o parque natural El Garrafón, cercado por um recife de coral, que recebeu este nome por conta de seu formato de gargalo, com uma profundidade mínima que permite observar os peixes no fundo ou simplesmente caminhar pela água.

Já o centro da ilha, uma região mais comercial e hoteleira, tem lojas para todos os gostos e bolsos. Ali é possível encontrar uma infinidade de suvenires e pequenos artesanatos locais. Vale percorrer várias lojinhas antes de decidir o que comprar, porque os preços variam bastante, sobretudo para o turista estrangeiro.

O cenário gastronômico da ilha é vasto, com excelentes opções de frutos do mar. São mais de cem bares e restaurantes espalhados pelo vilarejo. O prato mais típico é o Tikin Xic, um peixe marinado com urucum e laranjas azedas, embrulhado em folha de bananeira e cozido em forno de terra sob fogo a lenha.

O TRS Coral conta também com espaços especiais para quem deseja praticar esportes durante a viagem. Além de uma academia completa, o hóspede tem acesso ao Rafa Nadal Tennis Centre, um espaço de treinamento com oito quadras iluminadas, além de um campo de futebol. O conjunto de quadras para tênis, que recebeu o aval do atleta, é uma dos grandes trunfos do lugar. Foi inaugurado no início do ano passado, na presença da estrela do esporte.

Exclusivo para os hóspedes, oferece aulas de tênis com professores que ensinam a metodologia desenvolvida pelo tenista multicampeão, um dos melhores jogadores do mundo. Outras unidades do mesmo centro de treinamento estão disponíveis na Espanha e na Grécia, sendo a unidade de Costa Mujeres a primeira fora da Europa. Além das quadras, o espaço tem uma galeria para expor os grandes prêmios do tenista - você pode ficar cara a cara com troféus históricos conquistados pelo espanhol. Os preços das aulas variam de US$ 105 a US$ 1,2 mil, de acordo com o tempo e número de aulas semanais - ministradas por professores que seguem a filosofia de treinamento de Toni Nadal, tio do tenista.