O verde que curaÍcone de fechar Fechar

Terapia holística

O verde que cura

Plantas utilizam a energia vital da natureza para trazer o equilíbrio


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

A ciência, não é de hoje, constatou que a energia das plantas pode ajudar na cura das emoções, na cura dos seus sentimentos, das dores da alma e também na abertura dos caminhos em todas as áreas. É o que trata a fitoenergética, um sistema natural de cura e equilíbrio e elevação de consciência e do discernimento que pode fornecer a todas as pessoas uma ferramenta eficiente, simples e acessível contra todas as doenças da alma, tão evidentes no nosso dia a dia.

A fitoenergética é um sistema natural que utiliza as propriedades vibracionais das plantas, ou seja, o campo de energia que circunda a planta, para promover o bem-estar e equilíbrio nas pessoas e também nos ambientes. Atua além dos campos da medicina tradicional que é estruturada apenas na questão orgânica e física, e, na grande maioria dos casos, não pode explicar as verdadeiras origens e causas das doenças. É diferente da fitoterapia, que utiliza o princípio ativo existente em uma planta, ou seja, os componentes químicos existentes no vegetal.

"Quando estamos distantes das plantas, estamos distantes da nossa essência, porque elas são emissárias enviadas para nos ajudar em nosso caminho de evolução, de transformação", explica a professora e escritora Patrícia Cândido. Os estudiosos da fitoenergética se apoiaram em pesquisas sobre a bioeletrografia, que serve para analisar o padrão energético de um indivíduo após a utilização de compostos fitoenergéticos. Eles estudaram e catalogaram 118 plantas que podem ser usadas sozinhas ou de forma combinada que foram descritas no livro "Fitoenergética - A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma".

As características fitoenergéticas estão presentes em ervas, flores, frutos, raízes, caules e sementes. Cada vegetal possui características específicas que atuam em aspectos definidos e, quando trabalham em conjunto, desempenham efeitos rápidos e significativos. Conheça seis plantas e seus benefícios tanto no campo emocional como no físico. Elas podem auxiliar na mudança de comportamento e também no controle dos seus pensamentos.

Alcaçuz: Fixa o conhecimento, ajuda a memorizar o aprendizado, a guardar na memória, a criar uma nova atitude na vida, a ter boa percepção e entendimento de tudo que é novo e a assimilar bem as mudanças que ocorrem na vida;

Centella asiática: Acalma a ansiedade, ajuda a falar devagar, melhora a dicção, gera imunidade e diminui as dores de garganta. Também auxilia a calar-se e a esperar a hora certa para dizer as coisas;

Guaraná: Ajuda a fazer com que as coisas negativas tenham um impacto reduzido sobre as emoções. Causa estabilidade emocional mesmo em momentos de extrema tensão, dúvida ou atrito. Gera tolerância e acalma os instintos do "eu" inferior;

Melissa: Ajuda a superar divórcios complicados, a ser doce, saber viver e amar, cria conduta de honestidade, elimina traumas de maus tratos na infância, discórdia, medo de aranhas e bichos peçonhentos. Traz consciência da infância para melhor entender o presente;

Pitangueira: Ajuda a ter energia para enfrentar a vida, gera vitalidade nas células, cria imunidade física, emocional, mental. Traz clareza mental, ajuda a esclarecer dúvidas, encontrar saídas e caminhos, entrar em acordo, ponderar, entender o próximo e buscar o diálogo nas discussões;

Tomilho: Ativa a glândula tireoide, permite sentir o gosto apurado dos alimentos, a formalizar as coisas e organizar de forma lógica para que todos possam entender seus objetivos e metas. Melhora também a comunicação em trabalhos de equipe e aumenta o entendimento entre as partes.

Fonte: Patrícia Cândido