Decreto fecha todos os núcleos esportivos em Rio Preto Diário da Região - Outros Esportes

Diário da Região

    • São José do Rio Preto
    • máx 33 min 21
18/03/2020 - 00h30min

PANDEMIA

Decreto fecha todos os núcleos esportivos em Rio Preto

Medida afeta rotina da população e de cerca de 400 atletas e técnicos de equipes de competição de Rio Preto para eventos Estaduais e Nacional

Guilherme Baffi 17/3/2020 Judoca Mauro André recomendou treinos em casa aos alunos, como o uso de borracha para aprimorar força e técnica
Judoca Mauro André recomendou treinos em casa aos alunos, como o uso de borracha para aprimorar força e técnica

Em meio à pandemia do coronavírus e aos cuidados para evitar a proliferação do vírus em Rio Preto, os atletas da cidade terão que dar um 'jeitinho' para manter a forma e não perder a temporada. Com a suspensão dos treinamentos por conta do decreto número 18.554, emitido pela Prefeitura na segunda-feira, 16 e válido a partir de terça, 17, a determinação foi fechar os equipamentos e espaços públicos de lazer, esporte, educação e cultura. São cerca de 400 pessoas, entre treinadores e atletas envolvidos impossibilitados temporariamente de seguir com a rotina de treinos.

"Algumas competições estavam para começar e vieram comunicados de que vão parar, como judô, vôlei, atletismo. Como veio o decreto de que vai fechar os núcleos, estamos orientando os técnicos para tentar manter os treinos em casa, fazer algum tipo de atividade sozinhos para manter o condicionamento físico, mas os treinamentos mesmo estão suspensos", disse Robinson Simões Gavassi, coordenador de esportes de competição da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Smel). Os esportes comunitários também tiveram as atividades suspensas.

A equipe com 50 alunos do Judô para Todos/Professor Farath/Smel terá que fazer em casa os exercícios para não prejudicar o restante da temporada. Os alunos do projeto treinam nos núcleos esportivos da cidade e os que se destacam passam a treinar no centro do bairro Ouro Verde.

A saída foi o 'uchikomi', treino de repetição e aperfeiçoamento técnico com a simulação dos golpes, sozinho ou com auxílio de borracha própria para a modalidade. "São exercícios que dão para fazer individualmente. Alguns ajudam na força e técnica e dá para fazer vários tipos de exercícios com a borracha", disse Mauro André Lacerda, coordenador do projeto.

Além da parte técnica, outra preocupação das equipes é com o condicionamento físico, já que a suspensão é por tempo indeterminado e pode prejudicar a volta à rotina, quando devem ser reagendados torneios que foram suspensos.

Os judocas deverão realizar em casa agachamento, flexão, abdominal, polichinelo, burpee (tipo de flexão) e alongamento. Em mensagem aos alunos, a coordenação pediu também para "encarar esse desafio com garra e coragem. Uma coisa que o judô ensina a todos é como manter a garra quando se tem medo".

No vôlei, academia em horário alternativo

Com os treinos do vôlei feminino suspensos no ginásio Antônio Carlos Montanhês, o pedido do técnico Adenilson Ambrozio é para que as 15 jogadoras da equipe rio-pretense mantenham a alimentação adequada e preservem a parte física, além de evitar aglomerações, mesmo que para realizar os treinos. A recomendação segue em linha da Organização Mundial de Saúde (OMS).

"Estão treinando, por enquanto, na academia, em horários alternativos e de pouco fluxo. Assim que avaliarmos que se torne um risco, o treino será em casa, basicamente de fortalecimento muscular e de proteção às articulações", comentou Ambrozio.

A equipe estava jogando a Copa Sesc de vôlei e no próximo mês teria pela frente as Ligas APV (Associação Pró-Voleibol, de Porto Ferreira) e LDR (Liga Desportiva Rio-pretense), além dos Jogos Regionais, em julho.

"Quando retornarmos teremos que partir praticamente do zero, pois o destreino é muito rápido. Mas acredito que por se tratar de uma equipe experiente e que já joga junto há algum tempo, a recuperação técnica e tática não é problema, o maior desafio será a parte física, pois o planejamento já estava em andamento", comentou o treinador. "O estado inteiro está seguindo as mesmas orientações de suspensão das atividades, então estaremos todos no mesmo nível e com os mesmos desafios."

Pela determinação municipal, estão fechados espaços como piscinas públicas e centros esportivos; suspensas as atividades, aulas e eventos promovidos pelo departamento de esportes comunitários; suspensos os treinamentos de atletas e equipes e a 24ª edição dos Jogos Regionais do Idoso (Jori), que seria realizado em abril, em Araçatuba.

Com a piscina do Natalone também fechada, os 30 alunos de treinamento da natação também pararam. "Estamos tentando locar uma piscina durante esse período em um clube da cidade. Alguns atletas conseguem treinar em outros locais, como clube ou academia, mas estou passando o treino para todos", disse o técnico Ronaldo Alvares. (VS)

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos 3 primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos 3 primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por Você para acessar o Diário da Região.