Torcedor pode reviver os anos de ouro do América no YouTubeÍcone de fechar Fechar

RUBRO EM CASA

Torcedor pode reviver os anos de ouro do América no YouTube

Apaixonados pelo clube que criou o site 'america-rp.com.br' criou a sessão América Tube, onde publica vídeos de gols e jogos marcantes da equipe rio-pretense na época em que ocupava um lugar na elite do futebol estadual


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

Sem o time em campo por conta da suspensão e paralisação geral do futebol no país devido à pandemia do novo coronavírus, o Covid-19, o torcedor do América tem um cantinho para matar a saudade dos tempos áureos do Rubro, na internet. O mesmo grupo de apaixonados pelo clube que criou o site 'america-rp.com.br' criou a sessão América Tube, onde publica vídeos de gols e jogos marcantes da equipe rio-pretense na época em que ocupava um lugar na elite do futebol estadual.

Nas duas últimas semanas, foram publicados dez vídeos de duelos memoráveis contra Corinthians, Palmeiras, Ponte Preta, Mogi Mirim, União São João e São Caetano, além da matéria sobre a final da Copa São Paulo de Juniores de 1988. "A gente sempre foi de guardar matérias antigas, fotos, recortes da revista Placar que mostram que o América era grande. Na década de 90 a gente gravava Globo Esporte, um jogo do América aqui, outro ali. E com o advento do YouTube esse trabalho de pesquisa ficou mais intenso. A gente descobria um cara em Rio Claro, por exemplo, que publicava um jogo do América contra o Velo Clube, e guardava pra nossa coleção e com isso a gente fez um acervo em fitas, had externo e pensamos em divulgar isso ao torcedor do América", disse Evandro Souza Freire, um dos responsáveis pela manutenção do site e da edição dos vídeos.

O site não oficial do clube republica as matérias sobre o clube feitas pela reportagem do Diário da Região há bastante tempo, inclusive possui um acervo das colunas Flash Bola, assinada pelo jornalista Edwellington Villa, com o resgate da história de ídolos do clube publicadas desde 2006.

"Nosso site é basicamente artesanal, tem uma linguagem bem antiga, mas a gente quer disponibilizar a informação. Essa ideia [vídeos] vem de mais de cinco anos, mas tínhamos outras demandas no site antes de começar, é compilar editar e publicar as matérias. Já temos o Flash Bola do Diário, que é um negócio espetacular feito pelo Edwellington Villa. Não é nossa intenção piratear o Diário, mas deixar ali como uma segunda fonte, registrar a história do América", emendou Evandro.

O site foi criado em 28 de janeiro de 1997 pelos amigos americanos Luiz Henrique Rosselli Folchine e Ricardo Polezi, com autorização do então presidente Pedro Batista, e chegou a ser o segundo mais visitado no País, atrás apenas da página do Vasco da Gama. Evandro e Marcelo Polezi entraram no projeto que teve seu ápice de visitas quando o Rubro foi campeão da Copa São Paulo de Juniores, em 2006.

No site tem outras seções, com crônicas, histórias e curiosidades, jogos por época, fotos e agora os vídeos. "O contato com pessoas de todo o estado serviu muito pra guardar um material valioso do América. Por e-mail a gente começou a trocar ideias com torcedores e colecionadores com perfil parecido", contou Evandro. "A gente tentou muitas vezes entrar nos acervos dos canais de TV que tem em Rio Preto, mas não conseguimos sensibilizar o pessoal. É um trabalho que demanda tempo e nós temos afazeres pessoais e profissionais. A gente faz nos fins de semana, madrugadas, nem sempre estamos disponíveis pelo tempo que o trabalho demanda". O site é mantido pelos três, que bancam a manutenção de cerca de R$ 50 por mês.

A ideia era lançar um vídeo por fim de semana, para disciplinar o torcedor a visitar o site. "Não podemos bater o martelo, pois fazemos de forma voluntária, mas queremos criar no Facebook e no site aquele sentimento de: hoje é domingo, vai ter vídeo novo", disse Evandro.

O primeiro vídeo disponibilizado foi com gols do empate de 1 a 1 com o Corinthians, no domingo de Páscoa de 1989, no extinto estádio Mário Alves Mendonça. Também está disponível uma das últimas alegrias do torcedor, as históricas goleadas de 4 a 1 sobre o Palmeiras no Teixeirão, no Paulistão de 2005, e no Parque Antarctica, em 2006. "Queremos perenizar a história do América. Pode parecer coisa de museu, que contam histórias bem e mal sucedidas. A intenção é que alguém, com o mínimo de interesse, aprenda seja através de vídeos, matérias, o que um técnico da década de 1980 tinha da sua metodologia que cabe muito no América de hoje em dia. Hora que um jogador colocar uma camisa, saber que tem uma história por trás", finalizou Evandro.

Tanto ele quanto Polezi estavam ansiosos para o início da Quarta Divisão do Paulista, que seria em 18 de abril, mas foi suspenso devido ao coronavírus, acreditando numa temporada diferente pela chagada do técnico Pinho, especialista em acessos na divisão. "Tudo que é feito com profissionalismo dá certo. O clube trouxe investidor, técnico com nome que vai trazer jogadores, arrumou alojamentos, estádio. A torcida só vai voltar se começar a ganhar, ganhando um, dois três jogos, o pessoal vai assistir e apoiar", disse Polezi.

Agora, no entanto, o torcedor terá de se contentar em acompanhar esses duelos históricos, até que a bola volte a rolar no futebol brasileiro e do interior.