Comércio rio-pretense reduz o expediente Diário da Região - Rio Preto e região

Diário da Região

    • São José do Rio Preto
    • máx 33 min 21
18/03/2020 - 00h30min

CIDADE PARALISADA

Comércio rio-pretense reduz o expediente

Comerciante anuncia estratégia para entrega segura de pizzas nas residências

Guilherme Baffi 17/3/2020 Arquiteto José Villanova, 82 anos, de máscara no Mercadão Municipal de Rio Preto: precaução por ser do grupo de risco
Arquiteto José Villanova, 82 anos, de máscara no Mercadão Municipal de Rio Preto: precaução por ser do grupo de risco

O coronavírus começou a alterar a rotina do rio-pretense em lojas, bares e shoppings. Dois centros de compras de Rio Preto - Shopping Cidade Norte e Iguatemi Rio Preto - anunciaram que vão reduzir seu horário de funcionamento a partir desta quarta-feira, dia 18. Ambos passarão a funcionar das 12h às 20h, por tempo indeterminado.

Os outros centros de compras informaram que o atendimento segue normalmente, por enquanto, mas que estão tomando medidas de limpeza intensiva. "O nosso compromisso é garantir a segurança na circulação de nossos clientes e lojistas e para isso estamos tomando as medidas necessárias", disse Marcos Fernandes, superintendente do Praça Shopping.

No Mercadão de Rio Preto, que passa por obras, os comerciantes já notam redução no número de clientes. "Cada setor sente isso de uma forma, tem alguns que caiu muito as vendas, enquanto outros está mais ou menos", contou o arquiteto José Villanova, de 82 anos, que está no grupo de risco para o coronavírus e já adotou a máscara como prevenção. "Foi uma indicação do meu médico por conta das obras. Agora tem isso do coronavírus também".

Muita gente já tem evitado ir a restaurantes e lanchonetes, o que fez os pedidos em delivery aumentarem. "Percebemos um aumento dos pedidos em delivery depois da confirmação do primeiro caso em Rio Preto. Nessa segunda-feira, por exemplo, tivemos um crescimento de 18% no número de pedidos pelo sistema de delivery", disse o sócio-proprietário da Bella Capri, Guto Covizzi.

A empresa lança nesta quarta-feira, dia 18, um novo sistema de entregas visando evitar o contato entre as pessoas para disseminação do coronavírus. "Você vai comprar pelo aplicativo e paga on-line. Então, não tem necessidade de passar dinheiro ou o cartão com o entregador. No ato de entregar a pizza, vamos pedir para o cliente colocar uma banquetinha na frente de casa, que o entregador vai buzinar, colocar a pizza nessa banquetinha e se afastar por dois metros. O cliente vai retirar a pizza da bolsa e o entregador pega a bolsa quando o cliente entra em casa. Todos os entregadores com álcool em gel também", contou Guto.

Segundo o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto (Acirp), Paulo Sader, a orientação para os empresários da cidade é a de acompanhar as medidas orientativas do Comitê de Saúde da Vigilância Sanitária de Rio Preto. Paulo diz que cada empresário adotará as medidas de acordo com a demanda. "Alguns produtos são mais demandados agora, provavelmente o setor de vestuário será menos demandado, em compensação, o setor de limpeza e alimentação será mais", explicou.

Ainda segundo Paulo, reuniões e projetos com aglomerações de pessoas foram suspensos na sede da Acirp por tempo indeterminado. "Nós tomamos medidas internas para poder prezar a saúde dos trabalhadores, como pessoas e empresários", afirmou.

Bares da cidade também já anunciaram medidas para evitar aglomeração de pessoas. Alguns, inclusive, já divulgaram redução momentânea de 30% da capacidade de público. "Os restaurantes que costumam atender nas mesas talvez tenham que investir em delivery. Algumas empresas conseguem, outras não conseguem. Além disso, vamos ter gente que não comprava pela internet e vai começar", afirmou Paulo.

Atrações de lazer e turismo da cidade também vão ser diferentes neste feriado municipal, dia 19. Parques e o Zoológico Municipal vão fechar.

Aumento nos mercados

Muita gente também já tem buscado ir para o mercado para a compra de produtos de limpeza. Em Rio Preto, sete dos 11 supermercados visitados pela reportagem entre esta segunda e terça-feira estão disponibilizando álcool em gel na recepção do local e nos caixas, para que os clientes usem antes e depois das compras.

Segundo a Associação Paulista de Supermercados (Apas), no último fim de semana houve um aumento de 8,5% na frequência de alguns supermercados do estado de São Paulo, em comparação com o terceiro fim de semana de fevereiro deste ano, dias 14, 15 e 16.

Os produtos mais procurados foram álcool em gel e papel higiênico. "A Apas informa ainda que os supermercados estão preparados para atender à demanda e não há registro de desabastecimento nas lojas do estado de São Paulo", disse em nota.

(Colaborou Leonardo Lino)

Clique Clique aqui para ver o que abre e o que fecha

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos 3 primeiros meses. Após o período R$ 19,00
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo e
ganhe + matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos 3 primeiros meses. Após o período R$ 19,00

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por Você para acessar o Diário da Região.