Hospital Care assume 60% do Grupo AustaÍcone de fechar Fechar

NEGÓCIO FECHADO

Hospital Care assume 60% do Grupo Austa

Hospital Care compra 60% do grupo Austa, de Rio Preto. Valores só serão divulgados depois da aprovação pelo Cade e pela ANS; representantes afirmam que não haverá demissões de funcionários


    • São José do Rio Preto
    • máx 32 min 18

A Hospital Care, holding de serviços da saúde, comprou 60% do grupo Austa e se tornou acionista majoritária da empresa. A confirmação da parceria de negócios foi feita na tarde desta segunda-feira, depois de meses de especulação. O objetivo é expandir sua atuação do grupo na região de Rio Preto.

Entretanto, nenhum valor ou detalhe da parceria comercial foi divulgado porque o negócio precisa de aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para ser concretizado. O processo deve levar cerca de quatro meses.

De acordo com o presidente do Grupo Austa, o médico Mário Jabur Filho, dos 116 sócios da empresa rio-pretense, entre 80 e 85 permaneceram. "Esse é um negócio que foi pensado e planejado nos dois últimos anos. A parceria está sendo feita com o único grupo médico que concatenou com nossos anseios".

Segundo o médico, o valor do negócio foi considerado adequado, mas não o maior do mercado. O número só será revelado dentro de cerca de quatro meses, período em que o negócio fica sob análise do Cade, órgão ligado ao Ministério da Justiça cujo papel é zelar pela livre concorrência no mercado e pela ANS, agência reguladora de planos de saúde, vinculada ao Ministério da Saúde. "O que podemos adiantar é que existe o objetivo de aprimorar os serviços e melhorar os padrões", afirmou.

Em relação aos funcionários que já atuam no grupo, Jabur Filho reforça que não há perspectiva de demissões, ao contrário, a perspectiva é de contratações. "Nada muda. Não há demissões previstas". O quadro conta com 800 profissionais.

Segundo Rogério Melzi, presidente da Hospital Care, essa parceria entre os grupos tem como foco a expansão da empresa e benfeitorias a trabalhadores, clientes do plano de saúde e usuários do hospital. "A ideia é combinar as forças: o conhecimento local, a reputação das equipes do hospital e do plano com a capacidade que podemos agregar, de investir, de trabalhar bons conceitos de gestão e de trazer mais tecnologia para a cidade", afirmou em entrevista ao Diário.

De acordo com o grupo, a parceria prevê para os próximos anos melhorias internas de infraestrutura, com reforma significativa na hotelaria, implantação de novas tecnologias e inserção do modelo de negócios da Hospital Care, além da aquisição de novos equipamentos. Com isso, o Hospital Austa deve receber casos de maior complexidade, aumentando também sua capacidade no atendimento. Assim que o negócio for aprovado, todos os detalhes serão apresentados à sociedade.

Conheça

O Hospital Care é um dos maiores grupos de saúde da região noroeste paulista, com hospitais e clínicas nas regiões de Campinas, Ribeirão Preto, Florianópolis e Curitiba. Criada em 2017, pertence à gestora Crescera e aos fundos Santa Maria e Abaporu.

O Austa tem origem no hospital, fundado, em 1980 por um grupo de médicos formandos e professores da Faculdade de Medicina de Rio Preto (Famerp). Em 1989, o Grupo ampliou-se com a inauguração da Austa Clínicas, operadora com carteira de 75 mil clientes. O grupo Austa hospital, a operadora de saúde Austa Clínicas e o Austa ocupacional, que oferece o serviço de medicina do trabalho.

Segundo Melzi, a concorrência é bastante benéfica e o grupo gosta de fazê-la sem rivalidade, ao contrário, com posicionamentos que buscam parcerias. "A concorrência eleva o nível, desde que elegante. E desafios, como este momento - do coronavírus -, só são passíveis de serem superados quando se constroem alianças e parcerias", afirmou.